asdasdasdasd
Marketing
Por Aléssia Saluára

Qual a fantasia que você usa no seu dia-a-dia?

por Milena Pacheco 23 de Fevereiro de 2017 às 16:22
categoria: Aléssia Saluára

Vou começar essa matéria sendo um pouco presunçosa, esse modismo de “seja você mesmo”, é história para criança. Nós não somos seres lineares, somos contraditórios, adaptáveis. Não, não pense que estou pedindo para que viva uma realidade que não é a sua, ou até mesmo esteja fazendo algum tipo de apologia à falsidade ideológica. Apenas acho tamanha ignorância afirmar que existe dentro de nós um ser totalmente estável e inalterável, pois, até mesmo nossas células, se adaptam de acordo com as condições impostas a elas, porque seria diferente conosco?

A vida e suas diversas nuances, exige que o ser humano, como elemento de um sistema que engloba família, carreira profissional, relacionamentos afetivos, status social, entre tantos outros papeis por ele executado, assuma diferentes personagens no seu dia-a-dia. Para que essas diversas tarefas sejam cumpridas com zelo, é preciso distinguir ambientes, para assim, adaptar nosso comportamento de acordo com as exigências para tal.

É incoerente pensar que o “João” que presidiu a reunião com executivos de uma multinacional, comporte-se de tal forma que o mesmo “João”, que ao sair da importante reunião, juntou-se com os colegas do seu bairro para jogar uma partida de futebol, ou com o mesmo, que ao sair do seu lazer, foi para sua casa, encontrar com a sua esposa e filhos. 

A nossa imagem é muito importante, ela serve de referência para que sejamos reconhecidos. Nós, somos responsáveis por pintarmos as cores das nossas fantasias, entenda essa fantasia, como a imagem que você deixa gravada perante seu chefe, sua esposa, ou seus colegas da faculdade. Adapte seus personagens, e procure atender com o máximo de presteza as exigências dos diferentes meios em que convive. Faça bom uso das antíteses: hora de usar sua seriedade, momentos de expor a criança que habita em você; seja razão, mas também saiba ser emoção; é bem por aí.

Um perfil bem elaborado, uma imagem bem aceita, fundada em ações construtivas, éticas e coerentes, tem mais a dizer sobre você que as suas próprias palavras. Então, cuide do que mostra para a sociedade a seu respeito, sua imagem é o seu cartão de visita, escolha com sabedoria as fantasias que irá usar.

Bruna Rocha.


O objetivo que te move

por Milena Pacheco 15 de Fevereiro de 2017 às 17:25
categoria: Aléssia Saluára

O que você deseja para daqui a dez anos? Aonde quer chegar? Qual a posição que ocupará em meio a sociedade? Tratando-se de você, suas metas e planos, imagino que consegue responder sem pensar muito. Não? Se você não visualiza nenhuma resposta concreta para esses questionamentos, está na hora de começar a dar cor e forma ao seu destino.

Os objetivos são essenciais para nossa evolução, sejam eles de âmbito pessoal, profissional, afetivo, ou qualquer outra área que venhamos a discutir. Não falo sobre objetivos mais abrangentes, tais como: Ser feliz, ter sucesso, viver em paz. Você precisa ser especifico, traçar metas, direcionar as suas habilidades, discutir seus planos e até mesmo reformulá-los, de tal forma que seja possível materializá-lo, leve em conta, que seu objetivo deve ser realista, nada de traçar sonhos que estão além do reino das possibilidades.

Existem várias estratégias para quem quer focar rumo aos seus propósitos, uma delas, é escrevê-los em um papel, dividindo o grande objetivo por fases, assim, sempre que concluir uma delas, sentirá o prazer conquista, que servirá como combustível para a subir os degraus que te levarão ao grande desígnio; Parafraseando Gerhard Boehme, seus obstáculos, desafios, serão apenas etapas, se souber aonde quer chegar.

Comece a se portar como a pessoa que você será quando alcançar seu grande objetivo. Qual sua postura? Como irá se portar no meio social? Quais os adjetivos que as pessoas vão usar em referência a você? Fazendo isso, estará programando a sua mente para que ela entenda que você é capaz de ocupar essa posição, determine a sua vontade, faça do seu desejo o seu maior aliado. Suas metas, exigem esforço da peça principal desse sistema, da pessoa que é capaz de alcançar o sucesso ou admitir fracasso: VOCÊ. Isso, essa responsabilidade é exclusivamente sua. 

Lembrará de quão poderoso é um objetivo, quando em meio a tantas realizações, sucesso, carreira promissora, reputação, reconhecimento, visualizar a quantidade de desafios foi capaz de superar. Talvez, as noites mal dormidas, o sacrifício de abrir mão daquele momento com a família, a saída rotineira com os amigos, não faça sentido enquanto você não entender que coisas fantásticas não acontecem na zona de conforto. Grandes conquistas, exigem sempre um pouco mais de nós, o resultado sempre vem, confie. 

É importante usar o tempo ao seu favor, se ainda não deu o primeiro passo, comece agora! Tenha a ATITUDE de um vencedor, não espere condições favoráveis, crie suas estratégias e vá em busca daquele objetivo que te impulsiona. Se o seu sonho te motiva a acordar todos os dias e batalhar por ele, você está no caminho certo, não desista.

 

 


Invista em seu conhecimento

por Milena Pacheco 1 de Fevereiro de 2017 às 08:56
categoria: Aléssia Saluára

Em tempos de crise no mercado e dificuldade em se conseguir um emprego, é fundamental ter um diferencial que o destaque perante os demais. Conhecimento, capacidade de criar, inovar, disponibilidade e vontade de aprender são características fundamentais para se atingir uma vida extraordinária. É importante investir em você e seu aprendizado, pois quanto maior sua formação, maior será sua produtividade, o que trará ganhos direto para você e a empresa.

Com o avanço da tecnologia e a facilidade de uso da internet e redes sociais, não há mais desculpas para não investir em você e seu conhecimento, visto que há dezenas de cursos, aulas, palestras, filmes e vídeos gratuitos disponíveis, onde você pode procurar as áreas que mais tem identificação, ou onde tem maior déficit, para se especializar. É importante ser o melhor naquilo que se propõe a fazer.

Esse é o século do conhecimento e informação. Não é hora de esperar as coisas caírem do céu. Coloque a cabeça no lugar e procure agir. Para vencer, tem que ser o melhor!


Um Imperador escolhe o seu caminho.

por Milena Pacheco 6 de Janeiro de 2017 às 16:30
categoria: Aléssia Saluára

No mundo onde muitas pessoas sonham e buscam o sucesso, outras o entregam e se esbarram no primeiro grande obstáculo da vida.

Sem a maior preciosidade do ser humano nos dias de hoje, inteligência emocional, Adriano Ribeiro, o imperador, entrega sua vida extraordinária e de muito êxito no futebol  para a mediocridade.

Esta não é uma matéria para julgar  a  atitude dele, nem tão pouco a vida, mas para entendermos que os acontecimentos desafiantes servem para aprendermos e nos tornarmos mais fortes.

Após  anos de luta com afinco e determinação ao lado do seu pai para conseguir destaque no cenário do futebol, Adriano Leite Ribeiro, desfaz seu destino jogando-o ao vento. 

Cabe aqui rememorar o exato instante em que o IMPERADOR escolhe o insucesso. 

Vamos lá, vem comigo.

Em 2004, após inúmeras vitórias e prestigio na mídia, Adriano Leite Ribeiro conquista o seu maior título na sua carreira, a Copa América no Peru, o que para muitos era apenas um sonho, para ele foi uma grande realidade, uma maravilha de título para um atleta renomado, ele dedicou o troféu ao pai Almir Leite Ribeiro e diz: "Esse título vai para o meu pai. Ele é o meu grande amigo desta vida, meu parceiro, sem ele não seria nada." 

Infelizmente, após nove dias desta grande realização, Almir Leite Ribeiro, pai de Adriano falece, tinha uma bala alojada no cérebro de um tiro que tomou em uma festa na Vila Cruzeiro. Este foi o tiro fatal , pois levou consigo, uma pessoa a mais, o próprio filho, Adriano.

Na frase em que ele oferece o título da Copa América no Peru a última sentença é : "sem ele não seria nada."  Tão forte a expressão que tomou conta da vida do jogador, por isso falam tanto que a palavra tem poder, tem mesmo. Cuidado com o que você anda falando.

A dependência emocional de Adriano em relação ao pai era tão grande que ele já decretou seu infortúnio, isso demonstra que não devemos depender emocionalmente de ninguém, seja de um pai, mãe, ou um amor, afinal, podemos não tê-los a vida inteira.

E o que isso traz de lição? 

Adriano tinha dois caminhos, se entregar e realmente assumir a postura de que sem o pai nada seria ou tomar as rédeas da sua trajetória e dizer: Vou honrar tudo que meu pai me ajudou a construir e valorizar o caminho que trilhei. 

Haviam dois caminhos, mas ele escolheu o mais fácil. Para não conviver com a dor e nem com o sofrimento, se entregou as orgia e a bebida, deu-se ao desfrute da vida desregrada e sem limite, mesmo com tantas pessoas querendo que ele reanimasse e não deixasse seu rumo ao léu.

E você? Que escolha tem feito a partir das perdas que teve?

Que caminho tem escolhido? Tem entregado sua vida a bebida?  Drogas? Remédios? Orgias? Internet?

Eu não sei como você está, mas posso te dizer uma coisa: Escolha o melhor caminho e não deixe sua vida sem o rumo certo. As dores te fortalecem, os desafios te tornam mais preparado.

Afie seu machado, doa a quem doer. Se comprometa com você mesmo, assim não há outra colheita, só a colheita do SUCESSO.

A escolha é sua, o conselho é meu, mas o futuro depende disso, escolhas corretas .

Eu escolho VENCER, acredito que você também. Então, nada de vitimização, deixe de mimimi  e vá construir seu futuro.


Conheça o Marketing Direto e Indireto

por Milena Pacheco 2 de Dezembro de 2016 às 10:51
categoria: Aléssia Saluára

Aqui na coluna já comentamos diversas vezes do quão poderosa é a ferramenta do marketing. Você sabia que existem diversos tipos, que podem ser aplicados em situações diferentes, para se atingir o objetivo principal? Hoje vou te apresentar o Marketing Direto e Indireto, bem como onde ele pode ser aplicado, e de que maneira você pode diferenciar um do outro.

Você, ao assistir novela, já observou os personagens usando um produto de determinada marca, sem estar num contexto publicitário? Esse tipo de ação trabalha com a ideia de expor a marca ao consumidor, sem precisar que o mesmo veja um VT nos intervalos da programação. Isso é marketing direto. Outro exemplo é quando alguma empresa patrocina um time de futebol, e a marca do mesmo aparece nas camisas e acessórios dos jogadores. Esse tipo de marketing serve para agir subliminarmente na cabeça do consumidor, gravando a logo da marca e suas características para eles se fixarem na memória do consumidor, quando ele precisar daquele tipo de produto.

Já o marketing direto não trabalha com o conceito de venda e compra indireta, e sim mostrando um logo e esperando a necessidade surgir. O foco é em estratégias mais ativas. Suas ferramentas incluem pesquisas de mercado, investimento e retorno, identificação do perfil de clientes em potencial, e tudo que possa trazer um retorno positivo em curto prazo. Tá aí uma boa maneira de diferenciar um do outro: indireto é longo prazo, e direto é a curto prazo.

Use essas ferramentas com sabedoria a seu favor, para alavancar a sua empresa. Invista naquilo que você acredita, que o retorno sempre vem.


Como vencer a timidez?

por Milena Pacheco 28 de Novembro de 2016 às 09:36
categoria: Aléssia Saluára

Como vencer a timidez?

 

A timidez é uma característica presente em milhares de pessoas pelo mundo afora. Nem todos conseguem se abrir com facilidade para as relações interpessoais, o que acaba atrapalhando os relacionamentos no trabalho e em outros ambientes sociais, o que acaba atrapalhando e interferindo em diversos aspectos do dia a dia.

Boa parte das pessoas que sofrem com a timidez, tem problemas relacionados com a autoestima, podendo ter relação com a aparência física, por se sentir menos inteligente, ou até por ter uma sensibilidade aflorada. É fundamental que essa autoestima seja trabalhada, vendo suas qualidades, e passando a se admirar por tudo aquilo que possui. Enfrentar o mundo de cabeça erguida é importante, seja no trabalho ou na vida pessoal. 

O cérebro precisa ser trabalhado e precisa de exercícios para que você supere a sua timidez. Sendo assim, você deve adquirir um novo olhar sobre o mundo, para perder aquele medo de se sentir mal nas relações com as outras pessoas. Pense nas situações em que você bloqueia e fica tímido, e comece a fazer simulações. Essa é uma atividade simples, mas que pode te ajudar muito a perder a vergonha diante dessas situações. Com o tempo, você irá se acostumar e a sua timidez simplesmente desaparece nesses casos, pois você já vai estar preparado.

É essencial que você tenha autoconfiança para não sofrer com a timidez. Por exemplo, em uma entrevista de emprego, você precisa ter em mente que está se candidatando para uma vaga a qual tem competência para oferecer o seu melhor. Você não precisa mudar quem você é ou se tornar uma pessoa arrogante por ter autoconfiança. No entanto, para perder a vergonha é necessário saber de seu próprio valor e salientar seus aspectos positivos. Mostre ao mundo em que você é bom e não seja tímido ao relatar suas próprias opiniões aos outros.

Acredite em você, e vença seus medos!

 


Marketing Pessoal: saiba vender a sua imagem

por Milena Pacheco 11 de Novembro de 2016 às 16:11
categoria: Aléssia Saluára

Para conseguir um bom emprego, ou destacar-se perante os demais, é fundamental trabalhar a sua imagem, pois sua promoção pessoal deve ser o modo para se alcançar o sucesso. É importante usar estratégias para se vender, influenciando a forma como as outras pessoas olham para você. No mundo moderno, as empresas buscam cada vez mais por profissionais qualificados, mas isso não é o suficiente, pois o mercado está cada vez mais exigente, buscando profissionais que possam exercer a liderança e que possam oferecer soluções inteligentes e criativas para diferentes momentos.

Você sabe como as pessoas lhe enxergam? Existem dicas eficientes que podem te ajudar a vender uma imagem coerente com aquilo que quer transmitir. Fique atento, se auto avalie, e se não estiver satisfeito com aquilo que vê, reposicione sua imagem perante as pessoas.

Seja habilidoso, comunicativo e lógico na resolução de problemas. Ter espírito de liderança vai te dar grande destaque;

Conquiste a confiança das pessoas. Demonstre que você é uma pessoa em que se pode acreditar. Mostre-se solícito;

Tenha um diferencial e seja um especialista naquilo que se propõe a fazer;

Seja um bom mediador. Converse com todas as pessoas que compõem a sua equipe de trabalho ou seu ciclo social. Pense sempre no coletivo;

Evite falar bobagem nas redes sociais. Cuidado para não acabar falando mal da empresa ou colegas de trabalho. Seja sempre discreto e respeitoso;

Seja dedicado, e aproveite as oportunidades que surgirem;

Seja persistente. Para chegar onde se quer, é necessário exigir muito de você.

Pense nisso, e seja cada vez melhor!


A importância do marketing para sua empresa.

por Milena Pacheco 20 de Outubro de 2016 às 16:02
categoria: Aléssia Saluára

O marketing, apesar de ser uma ferramenta fundamental para as empresas, ainda é pouco ou erroneamente explorado pelas mesmas. Todo empreendedor, quando abre um negócio, foca quase que exclusivamente no produto ou serviço prestado. E só vão pensar no Marketing quando veem que os resultados obtidos não são aqueles que eles estavam esperando. Outro equivoco, é pensar que o Marketing irá resolver todos os problemas da sua empresa como, melhorar a conversão, aumentar as vendas, visibilidade da marca, entre outros, em um único dia. Não é bem assim que funciona.

O marketing tem a função de melhorar o relacionamento, analisar comportamento, estudar concorrentes, monitorar marca, otimizar conversão, ser Top of Mind, pesquisar tendências, planejar ações, entre outras coisas. O Marketing não é garantia de sucesso, mas ele facilita a vida da empresa e diminui as chances de erro. Ele facilita a compreensão do mercado e implementação de ações, aumenta vendas e a lucratividade e identifica tendências para rápida adaptação.

Tive a oportunidade de ser a pioneira do Marketing em Petrolina e tenho muito orgulho de contar essa história. Essa é uma esfera apaixonante dentro de um ciclo empresarial, pois ele não gera só vendas, ele traz identidade para sua empresa ou produto. Sua empresa precisa estar bem offline para poder atuar no online, estruture seu negócio na logística, vendas e nos outros processos para daí alavancar mais vendas e manter seus clientes fiéis. Marketing é tudo, marketing é vida!


Atitudes: Tudo ou nada

por Milena Pacheco 29 de Setembro de 2016 às 16:29
categoria: Aléssia Saluára

É notório que as pessoas que decidem transformar suas vidas desenvolvem um tipo especial de atitude. Elas se empenham em cada ação, como se a vida inteira dependesse desse esforço. Muitas vezes, nessas decisões radicais, é importante assumir um comportamento radical, e essa decisão de partir para o tudo ou nada é apenas o primeiro passo, pois após a decisão é a hora de agir.

Há dois tipos de atitude: a “tudo ou nada” e a “mais ou menos”. É importante frisar que uma atitude mais ou menos sempre leva a um resultado medíocre. Durante um processo de transformação radical, a atitude de fazer um pouco de cada vez nos trará resultados muito parecidos aos que teríamos se não fizéssemos nada. Quem quer fazer uma revolução na vida precisa tomar uma atitude radical, e quando se toma uma decisão radical, é preciso continuar caminhando pela estrada que escolhemos com comprometimento, determinação e fé. Nossas atitudes devem ter a mesma intensidade das decisões que tomamos. Uma atitude tudo ou nada é como mergulhar em um novo amor, enfrentando todas as dificuldades e barreiras que essa relação pode trazer. Mas a luta fica ainda mais interessante, afinal de contas, quem não quer ser feliz no final?

É como diz Frank Underwood: “se deseja ter sucesso na vida, tem que aprender a lidar com as dores”. Então enfrente seus maiores fantasmas e saiba lidar com suas dores, mas não deixe de assumir atitudes radicais, pois elas podem transformar sua vida naquilo que você sempre sonhou.


A importância do seu cliente

por Milena Pacheco 16 de Setembro de 2016 às 13:56
categoria: Aléssia Saluára

Na semana em que comemoramos o dia do cliente, vamos abordar a importância que o consumidor tem para o êxito da sua empresa no mercado de trabalho. Eu, enquanto publicitária, dou imenso valor a esse dia, pois cada cliente que conquistei depositou a sua confiança em meu trabalho e em tudo que acredito. Eu sou uma marqueteira multifuncional com mil facetas, onde já me vesti de gari para homenageá-los, entreguei panfletos, montei espaços, animei crianças nos eventos de endomarketing e muito mais.

A construção de um bom relacionamento entre cliente e empresa é fundamental, e para isso acontecer é preciso conhecer bem, saber manter a comunicação, escutar as necessidades e reconhecer a sua fidelidade. Essa proximidade é uma prática extremamente comum nas empresas, pois é de suma importância encantá-lo e fazer com que se sinta especial e único. Esse processo de relacionamento deve ser iniciado com a escolha do cliente, a identificação de suas necessidades, a definição dos serviços prestados e dispor de funcionários motivados e capacitados a atendê-los adequadamente. O diálogo é um dos principais caminhos para fortalecer essa relação, pois o cliente gosta de ser ouvido e dar opinião, logo é necessário criar um canal direto de comunicação, seja por e-mail, telefone, site ou até mesmo redes sociais.

A minha maior motivação sempre será meu cliente, e dar a ele uma atenção exclusiva e personalizada, pois as pessoas gostam de ser tratadas de maneira diferente, procurando novas experiências. É significativo encarar o seu consumidor como um desafio, pois cada pessoa tem a sua bagagem cultural, organizacional e de procedimentos que precisam ser revistas.

Que tipo de imagem seus clientes têm comprado de você? E que tal lembrar que todos nós somos clientes de alguém ou de alguma empresa? Feliz dia para você! Feliz dia para mim! Eu te amo muito, e o meu estudo e dedicação são para atender cada um de vocês com mais profissionalismo e amor.