asdasdasdasd

Polícia nega que corpo de homem absolvido do assassinato de jovens tenha sido encontrado

por Redação Nossa Voz 20 de Abril de 2017 às 09:23
categoria: Cotidiano

As policias de Casa Nova e Sobradinho, ambas na Bahia, negam que tenham encontrado o corpo de Lindolfo Nunes da Silva – o Dolfinho – absolvido do assassinato das jovens Taiane de Souza e Bruna Torres, no Distrito Industrial, em Petrolina, em setembro de 2016. O contato foi feito por telefone no início da manhã de hoje (20) pela produção do Nossa Voz. O boato foi disseminado nas redes sociais depois do homem ter sido sequestradona tarde de ontem. Lindolfo estava em liberdade desde o dia 13 de dezembro do ano passado.

O sequestro - Segundo informações, Lindolfo foi levado em um carro de luxo, no bairro Jardim Amazonas, por alguns homens, mas ninguém foi identificado até o momento. Um boletim de ocorrência foi aberto na Delegacia de Polícia Civil do Ouro Preto, em Petrolina, pelos familiares de Lindolfo.

Sobre o crime - Taiane de Souza e Bruna Torres, ambas de 19 anos, foram mortas no dia 05 de setembro do ano passado,  no Distrito Industrial de Petrolina, quando estavam a caminho do trabalho, por volta das 06h30. Os corpos foram encontradas pelo tio de uma das vítimas, com as mãos e os pés amarrados, além de lesões provocadas por arma branca na altura do pescoço. Lucas Conceição Santos e Lindolfo Nunes da Silva, suspeitos de terem cometido o crime, foram presos na mesma semana do ocorrido.