asdasdasdasd

Prefeito de Bodocó questiona ex gestor sobre uso de dinheiro público

por Redação Nossa Voz 15 de Março de 2017 às 08:29
categoria: Política

O prefeito de Bodocó, Tulio Alves, conversou ontem (14) com a redação do Nossa Voz e fez um balanço dos primeiros três meses em frente à gestão municipal. Ele destacou que tem sido um grande desafio, destacando que segundo a prefeitura foi encontrada em uma situação preocupante no início do governo, totalizando mais de 10 milhões em débitos. “A situação não era das melhores, era preocupante: linhas telefônicas cortadas, creches e escolas, débitos na Celpe, Compesa, Detran e previdência”, destacou.

Ele disse que nas áreas da saúde e educação a situação não era diferente, destacando o gasto de 800 mil reais pela gestão anterior, que segundo ele, não apresentou resultados. Ele deixou o recado ao ex prefeito de Bodocó, questionando o destino dessa verba pública. “Onde foi gasto esse dinheiro? Como ele investe e a gente não vê a finalidade desse investimento?”, questionou o prefeito.

Tulio Alves disse que durante esses três primeiros meses, as prioridades da gestão foram a reforma do Hospital Municipal de Bodocó, o investimento na infraestrutura da cidade através da operação tapa buraco e o pagamento dos salários atrasados dos servidores.

O prefeito falou ainda de uma suposta contratação irregular de 70 servidores municipais, através de um concurso público, o que apertou as contas do município. Ele disse que não pode dar mais detalhes até a concretização dessa investigação, mas que está vendo junto ao poder judiciário o cancelamento dessas contratações.

Com apenas 24 anos de idade na época, Túlio Alves foi eleito prefeito obtendo nas urnas 11.005 votos validos. Filho do ex-prefeito de Bodocó, Brivaldo Alves, Túlio é o prefeito eleito mais jovem do Sertão do Araripe.