asdasdasdasd

Paralisação:

por Cidinha Medrado 24 de Abril de 2017 às 15:56
categoria: Sertão do Araripe

A primeira assembleia geral de 2017, foi quinta (20) na sede do Sindicato e levou os servidores a aderirem à greve geral de sexta (28). A reunião contou com maior parte dos servidores, que tinha a expectativa de receber o prefeito Ricardo Ramos para apresentar propostas sobre as pendências com o funcionalismo público municipal. O gestor convidado formalmente pelo sindicato, mas não compareceu, apenas enviou um ofício relatando dificuldades e solicitando um prazo até dia 30 para apresentar a proposta do governo.

Além de prestações de contas e ajustes salariais, os efetivos discutiram também outras necessidades. A diretoria apresentou um plano de lutas para 2017; Calendários, melhorias no PCC e PCC para os novos concursados; Quinquênios e PCC para os Agentes de Endemias e também melhorias nas condições de trabalho dos Agentes de Trânsito.

Alguns servidores estavam eufóricos e pediam greve, mas a diretoria do sindicato não compartilhou a mesma ideia. “A greve é a nossa ferramenta mais forte, não podemos queimá-la logo no início, mas nós vamos dar essa oportunidade para que o governo faça sua proposta, vamos aderir à greve de 28 de abril, sexta-feira. Nós estivemos em uma reunião com o prefeito Ricardo Ramos e ele nos pediu um prazo até 30 de abril, o sindicato não está de brincadeira o que a gente quer é garantir o direito dos servidores, o que o sindicato defende é que seja dado este prazo pra ouvir o governo, porque é prematuro a greve imediata, vamos esgotar as negociações até dia 30 e no início de maio a gente volta a negociar com os servidores o que vai acontecer”, disse um dos diretores Dhone Monteiro.


Grupo Melo pode romper com atual Prefeito Ricardo Ramos

por Cidinha Medrado 19 de Abril de 2017 às 11:26
categoria: Sertão do Araripe

Foi um dos assuntos mais comentados nos últimos dias em Ouricuri, essa informação de uma possível separação dos grupos Ramos, do prefeito Ricardo Ramos e grupo Melo, da vice-prefeita Gildevania Melo. O informe dá conta de uma reunião no domingo de páscoa no Sitio Anjico onde residem alguns da família Melo chamou a atenção, estavam reunidos além da vice-prefeita, o ex-presidente da câmara Vereadores Gildejanio Melo, ex-prefeito Horácio de Melo e o ex-prefeito de Santa Filomena Pedro Gildevan, além de outras pessoas, inclusive vereadores. O motivo seria a falta de atenção de Ramos em relação ao grupo que vinha reclamando de que o gestor sequer atendia o telefone da médica.

Os vereadores irmão Daniel e Iran Severo que foram citados, procuraram a nossa reportagem para garantir que não estavam na reunião e que não existe nenhuma negociação em relação a eles. Não conseguimos conversar com a vice-prefeita Gildevânia, mas o prefeito Ricardo fez questão de frisar que o relacionamento é muito bom e que isso não passa de uma implicância oposicionista como tentativa de prejudicar a união dos grupos, “são picuinhas, acho que não ajuda a nossa cidade, tenho um relacionamento muito bom com Draª Gildevãnia nunca tivemos problemas nenhum com o grupo Melo, ela tem participado do nosso governo, inclusive temos administrado a cidade juntos, uma equipe com a nossa cara, com a cara dos nossas ideias, eu tenho certeza que o grupo Melo tem responsabilidade com o povo de Ouricuri, assim como eu também tenho, e se nesse tempo sair alguma coisa que venha estremecera nossa relação, isso não vai partir de fofoca mais de uma atitude madura dos grupos”, analisou Ramos.


Mais uma reunião de vereadores sem muito avanço e sem projetos executivos

por Adriana Rodrigues 13 de Abril de 2017 às 17:27
categoria: Sertão do Araripe

Mais uma Sessão Ordinária da Câmara Municipal passou sem muito avanço, nessa terça, nem participação de governo com projetos, nem um pedido específico, nenhum diferencial, apenas indicações habituais feitas por vereadores, muitas baseadas em visitas e petições populares e um requerimento. A expectativa era a participação do presidente da AVA (Associação de Vereadores do Araripe), Ubirajara Araripe, isso segurou o público na casa para ouvir o edil que falou sobre segurança pública.

O mais interessante aconteceu na participação do vereador José Silva de Oliveira (Galego) ao sugerir para o governo municipal melhorias na casa de apoio aos pacientes que fica em Recife, como compra de equipamentos, ar condicionado nos quartos dos pós operatórios, ventiladores, mesa para refeição e também a troca colchões, que são velhos e sujos, também troca de portas e outros melhoramentos.

“No caso de doenças é muito confortante para o povo, a distância é complicada, e já viajam desconfortável quando se fala em doenças, é uma indicação importante para garantir um pouco mais de conforto em caso de doenças”, explicou o vereador.

A vereadora Delvania Sobral discutiu com o vereador sobre a indicação e defendeu o atual governo, num tom superior, sustentando em seus argumentos, que as trocas não foram feitas durante o governo passado, no caso, gestão Cezar de Preto, que nenhuma melhorias tinha sido ofertada nos últimos e disse com convicção que o atual prefeito Ricardo Ramos já fez uma visita à casa, inclusive com promessas de realizar estas melhorias.

A vereadora discutiu também a necessidade de Criação de um CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) itinerante na área rural, ela explicou que uma unidade deste porte pode melhorar consideravelmente a situação das pessoas que se encontram em estado vulnerável

“É um projeto onde a equipe vai até o problema, as pessoas em situação de vulnerabilidade muitas vezes não resolvem o problemas porque não tem conhecimento sobre o programa e é um pedido que vem sendo feito há muito tempo pela sociedade”, disse Delvania. (Com informações Cidinha Medrado)


Nesta sexta (14) V Encenação da Morte e Ressurreição de Cristo em Ouricuri

por Adriana Rodrigues 13 de Abril de 2017 às 17:24
categoria: Sertão do Araripe

O evento que tem o apoio da prefeitura municipal através do departamento de cultura começa nesta sexta(14) as 19.30h na calçada da Igreja Matriz de São Sebastião no centro da cidade e contará com iluminação específica, estrutura de som e imagem para o cenário apropriados, de acordo com as descrições bíblicas.

A “V Encenação da Morte e Ressurreição de Cristo” em Ouricuri conta com cerca de 80 pessoas entre intérpretes e produção, a equipe vem se dedicando há um tempo na produção das vestes e cenário que a cada ano marca a sexta-feira da paixão com uma encenação bem realista, arrancando emoção e lágrimas dos espectadores. Este ano, a equipe incrementou o evento com novas cenas e melhorias no trajeto.


Associação de Vereadores do Araripe planeja manifestação em favor da segurança pública

por Adriana Rodrigues 12 de Abril de 2017 às 18:27
categoria: Sertão do Araripe

Durante reunião ordinária dessa terça, 11, na câmara de vereadores de Ouricuri, o presidente da Associação de Vereadores do Araripe, Ubirajara Araripe usou a tribuna para informar que a associação está prevendo a realização de um grande evento sobre segurança pública. Acompanhado de outros vereadores da cidade de Trindade onde reside e atua na Casa de Leis, Ubirajara manifestou repúdio à falta de segurança no estado, disse que é preciso fazer um pedido mais enérgico, ele acredita que as audiências públicas não estão dando frutos, e disse que muitas vezes os governos nem comparecem para ouvir o povo. Sua ideia é que seja feita uma grande manifestação, uma marcha de protesto contra a falta de segurança no estado para exigir que o governo dê uma resposta mais rápida com investimentos.

“É uma preocupação não só no araripe, mas no sertão central também, os vereadores de várias cidades já foram avisados, e estou aqui com a certeza d encontar com o apoio de vocês. Não podemos mais aceitar a violência que está no sertão, não é possível aceitar mais assaltos e explosões em bancos, e não quero fazer esse movimento sem a intervenção de vocês, nós somos os legítimos representantes do povo e não posso fazer nada sem o apoio dos representantes do povo”, disse Ubirajara.

O vereador disse que não se pode mais aceitar o que está acontecendo na região do Araripe e Sertão Central em respeito a violência, segundo ele, são mais de 300 vereadores nas duas regiões e pediu para que fosse formada uma comissão para debater o assunto e tomar as providências necessárias.

“Na minha opinião tem que ser um movimento de parlamentares, juntando as duas reuniões, serão cerca de 300 ou mais vereadores, a verdade é que o governo está lá em Recife e não escuta a população, e continua a insegurança. Não podemos mais aceitar isso, quando juntarmos todos os parlamentares e a imprensa do sertão divulgar, não tem como ele não nos ouvir”, explicou.

O vereador Carlos Nunes, líder do governo, criticou a atuação do governo, disse que ele não está tendo compromisso coma segurança e quando tem concurso muitas vezes as propaganda é enganosa a respeito do salário dos policiais.

“Acho esse governo sem compromisso com toda a população pernambucana, e a aprtir do momento que ele sentou na cadeira como governador, a problemática sobre segurança tem sido constante, quando faz um concurso público para polícia fazem uma propaganda enganosa e isso desde governos passados, com propostas de 5 a 6 mil de salário uma mentira fora do normal, porque na realidade é um salário lá embaixo. Todos os dias defasa o efetivo da polícia que era respeitada como uma das melhores do Brasil isso é ma falta de compromisso,essa situação vem assolando todo o Pernambuco, e um concurso hoje para melhorar a situação tem que ter pelo menos 5 mil homens”, conversou Nunes.

Vários vereadores opinara, sobre o assunto, um novo encontro está previsto para discutir as medidas a serem apresentadas e de como o manifesto será realizado. (Com informações Cidinha Medrado)


Ex prefeito de Bodocó Danilo Rodrigues assume cargo comissionado no governo no estado

por Adriana Rodrigues 12 de Abril de 2017 às 18:24
categoria: Sertão do Araripe



O governador Paulo Câmara deu ao ex-prefeito de Bodocó, Danilo Rodrigues, um cargo comissionado, já é oficial, Danilo já assumiu cargo de Técnico de Articulação na Secretaria Estadual de Agricultura, sob a coordenação do secretário Nilton Mota, com direito a retroativos de 1° de abril. (ou seja, vai receber como se já estivesse trabalhando desde o primeiro dia do mês). 

(Com informações Cidinha Medrado


Fórum de Mulheres avalia resultados e planeja novas estratégias para os próximos anos

por Adriana Rodrigues 12 de Abril de 2017 às 18:21
categoria: Sertão do Araripe

As avaliações de resultados e assuntos atuais relacionados aos direitos e deveres das mulheres foram realizados em Ouricuri durante um encontro de grupos e Fóruns, na sede da ONG Caatinga. Para a coordenadora do Fórum no Sertão do Pajeú, foi uma reunião diferente, onde foi possível mostrar umas às outras as dificuldades que existem em cada região. “A gente conseguiu chegar aqui em uma outra região pra fazer um trabalho legal com um bom número de mulheres, a empolgação que elas têm e a força de vontade de está particiando de uma forma expressiva de falar, de dar opinião e trazer opções de açoes e avaliações para que a gente possa realizar novas estratégias para os próximos anos, isso é muito válido. Muitas vezes a gente é criticada de que não tem o que fazer, deixa casa e marido, mas na verdade, estamos numa luta que não é só nossa, mas de todas as mulheres e nossa esperança é que futuramente tenhamos mais mulheres nessa luta por nossos direitos”, disse Fátima.

Eliane Nascimento coordena o Fórum na Mata Sul ela comenta que mesmo com as críticas, os resultados tem sido proveitosos, que existe uma esperança de conquistar mais mulheres para esse objetivo que existe contra a perca de direitos. “Hoje estamos montando essas novas estratégias, é uma bandeira de luta que a gente não perde nunca, desde quando estruturamos esse movimento que foi baseado na violência contra a mulher, infelizmente isso vem aumentando em nosso estado, queremos estratégias mais agressivas na luta pelo fim da violência e também pensamos em estratégias imediatistas, porque eu espero que essa bandeira de golpe e falta de estrutura politica em nosso páis atualmente e que vem tirando nossos direitos não dure”, lamenta Eliane Nascimento.

As estratégias elaboradas no encontro serão debatidas na próxima reunião, além dos debates, as mulheres participaram de momentos de lazer e cultura. (Com informações Cidinha Medrado/Fotos: Fórum de Mulheres PE)


Comerciantes, Associações e sociedade civil e prefeitura de Araripina, protestam nesta quinta (6) contra violência

por Adriana Rodrigues 5 de Abril de 2017 às 18:23
categoria: Sertão do Araripe

O prefeito de Araripina Raimundo Pimentel anunciou na tarde desta terça (4) após reunião com representantes da Secretaria de Defesa Social do Estado, a necessidade de medidas contra a violência na região, ele lamentou os assassinatos, violência contra mulheres e assaltos, por isso, o município junto com CDL e comércio local vão protestar nas ruas.

“O momento é de tal gravidade, o povo vai expressar todo o sentimento de indignação e revolta e é um pedido de providências em relação a segurança no município, a prefeitura também vai fechar suas portas, nós vamos pra rua, cobrar realmente providências efetivas em relação a essa escalada de crimes que infelizmente anda assolando nossa cidade nas ultimas semanas, Araripina sempre foi uma cidade tranquila e as pessoas podiam circular livremente, mas essa realidade tem sido bastante diferente causando preocupação e angústia aos moradores”, disse o prefeito.

Comercio, Associações de Moradores, Clubes de Serviços e Setores públicos vão fechar as portas nesta quinta (6) para a grande manifestação, o objetivo é de convencer o governo do estado que a região precisa urgente de medidas fortes e efetivas em segurança pública. Só no primeiro trimnestre de 2017 a foram registrados 15 homicídios, 65 crimes violentos contra o patrimônio, 94 roubos e 132 furtos, é preciso considerar também os casos não registrados. (Reportagem, Cidinha Medrado)


Polícia intercepta tráfico de drogas em favela do Bairro Nossa Senhora de Fátima em Ouricuri

por Adriana Rodrigues 5 de Abril de 2017 às 18:19
categoria: Sertão do Araripe

A Grupo Especial GATI de Ouricuri foi acionado por denúncias anônimas e de moradores do Bairro Nossa Senhora de Fátima para apurar as informações de que na Rua das Nações, n° 75 (região do bairro chamada de favela) estava havendo negociações com drogas. Dois jovens foram acusados, o menores infratores Cícero Soares Vieira e Rosângela de Araújo, ambos de 17 anos estavam envolvidos. Em declaração,o Cícero informou que as drogas estavam escondidas em um colchão, a Polícia fez as buscas e encontrou dez (10) pedras de CRACK, uma balança de precisão, um celular Samsung, e a quantia de R$ 312,00 reais.

O jovem confessou à PM que tinha conseguido esse material com a jovem, também foi revelado que a Rosângela que reside no Bairro Santa Maria mantém um relacionamento com uma homem conhecido como Gustavo, o “MACACO LOUCO” que se encontra preso em Petrolina, também a informação de que o presidiário comanda o tráfico de entorpecentes de dentro da prisão.

Diante das declarações, o GATI conduziu os envolvidos junto com o material para a de Ouricuri onde serão tomadas as providências legais, caso registrado como Recolhimento, segundo BO0729/2017. (Reportagem, Cidinha Medrado)


Assalto no Posto do Povoado Jacaré deixa população assustada, proprietária pede ajuda em segurança

por Adriana Rodrigues 4 de Abril de 2017 às 18:07
categoria: Sertão do Araripe

Na tarde dessa segunda-feira (3) proprietária e funcionários do Posto Dois irmãos no Povoado de Jacaré foram vítimas de assalto, eles foram abordados por volta das 16 h por dois homens em uma moto, eles estavam armados com uma espingarda caseira, um revolver e uma faca.

Os homens levaram algum dinheiro, tentaram cortar os fios que achavam que era do telefone mas era de uma TV e agrediram as pessoas que estavam na hora, com puxões de cabelo e empurrões. Em um descuido dos assaltantes, a proprietária do posto conseguiu fugir e gritar para os vizinhos, até que os homens se evadiram do local, ninguém ficou ferido. Sem danos mais graves, foi prestada queixa à delegacia civil que vai investigar o caso.

“O que passamos aqui foi um grande susto, mas nos queremos pedir às autoridades, aos vereadores que olhem para nosso povoado, esse posto é de serventia para muita gente, pagamos impostos altos, não sobra dinheiro, e ai esses homens vem aqui e pensam que temos dinheiro, precisamos de ajuda, de atenção em segurança”, lamentou Maria de Vando, proprietária. (Com informações Cidinha Medrado)