asdasdasdasd

Brasil perde para o Uruguai

por Mário Souza 3 de Fevereiro de 2017 às 16:15

Fonte : CBF

A Seleção Brasileira Sub-20 entrou em campo na noite desta quinta-feira (2) para a segunda rodada do hexagonal final do Sul-Americano da categoria, disputado no Equador. O Brasil enfrentou o Uruguai no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, capital do país sede, e saiu na frente, ainda no primeiro tempo, com gol de Guilherme Arana. Na etapa final, a canarinho acabou sofrendo a virada e o placar final em 2 a 1.

Com o resultado, o Brasil fica na quinta colocação, com um ponto. O próximo duelo do time de Rogério Micale no Sul-Americano Sub-20 será no domingo (5), novamente no Olímpico Atahualpa, diante da Venezuela. 

O jogo

O Brasil começou melhor e chegou bem ao ataque logo aos seis minutos, com Guilherme Arana levando perigo ao goleiro uruguaio em finalização de longa distância. Dois minutos depois, David Neres ficou com a sobra após bobeada da defesa adversária e tocou por cima da meta. A resposta celeste veio aos dez. De La Cruz cobrou falta direito para o gol e obrigou Lucas Perri a dar uma tapa para evitar o gol. Aos 16 minutos, Rodrigo Amaral cobrou escanteio, Rogel subiu bem e tocou de cabeça para carimbar a trave. Oito minutos mais tarde, enfim, a rede balançou. E pelo Brasil. David Neres deu ótimo passe para Guilherme Arana que, apareceu livre na área, e tocou na saída do goleiro. Em vantagem, a Seleção Brasileira controlou bem o duelo até o intervalo.

Na etapa final, o Brasil teve a primeira boa chegada, aos cinco minutos. David Neres rolou para trás e Matheus Sávio bateu para fora. Dois minutos depois, Vizeu enfiou para David Neres, que bateu por cima da meta. Aos 14, o Uruguai arriscou de longe e teve sucesso. Rodrigo Amaral, da intermediária, acertou um chute muito forte e deixou tudo igual no placar. Sete minutos depois, Lucas Cunha recebeu o segundo cartão amarelo ao cometer falta em Schiappacase e acabou sendo expulso. Em superioridade numérica, o time celeste passou a arriscar mais. A equipe brasileira, porém, conseguiu puxar um contra-ataque e, aos 33, quase marcou. Lucas Paquetá enfiou para Léo Jabá, que bateu na saída do goleiro, mas mandou para fora. Aos 40, grande chance uruguaia, quando De La Cruz acertou a trave em cobrança de falta. Cinco minutos depois, Lyanco cometeu falta em De La Cruz, o árbitro deu o segundo amarelo ao zagueiro e deixou a Seleção Brasileira com dois a menos. Em seguida, após a cobrança da falta, Viña recebeu na área e marcou o segundo do Uruguai.  

Brasil: Lucas Perri; Dodô, Lucas Cunha, Lyanco e Guilherme Arana; Maycon, Caio e Matheus Sávio (Lucas Paquetá); Richarlison (Léo Santos), David Neres e Felipe Vizeu (Léo Jabá).