asdasdasdasd

Assaltantes explodem carro-forte e usam fuzis calibre ponto 50 em Petrolina

por Karine Paixão 25 de Abril de 2017 às 18:02
categoria: Violência



Um verdadeiro faroeste se formou nas proximidades do Hospital HGU em Petrolina. Na tarde desta terça-feira (25), por volta das 14h30, bandidos fortemente armados emboscaram dois carros-fortes de uma empresa de transporte de valores e levaram todo o dinheiro acondicionado em um dos veículos. Segundo testemunhas, a quadrilha chegou em dois carros de luxo, abordou os condutores, explodiu exatamente o carro-forte que continha o dinheiro e em seguida disparou contra os seguranças que revidaram numa intensa troca de tiros. Depois de retirar a quantia liberada os assaltantes fugiram. Mesmo com o terror instalado no local, ninguém ficou ferido. Apenas um dos funcionários da empresa disparou acidentalmente uma arma de fogo e atingiu seu pé. 

Com o impacto da explosão, os fios de alta-tensão foram rompidos e fornecimento de energia elétrica foi interrompido naquela região. O prédio do HGU teve janelas quebradas e uma porta do carro-forte atingiu a entrada de um depósito do hospital. Além disso, as marcas de tiro ficaram nas paredes. 

Michel Oliveira, morador daquela região, relatou à reportagem o que passou ao testemunhar a ação criminosa. “Eu vinha passando aqui do lado da Tyresoles quando houve a explosão em seguida a troca de tiros. Muitas pessoas que estavam aqui trabalhando e que moram aqui também se viram no meio da troca de tiros. Os seguranças estavam no início da rua e os assaltantes aqui próximo ao carro-forte. Mas eles estavam fortemente armados, porque estavam com um fuzil em duas caminhonetes e os seguranças não tiveram como enfrentar eles. Foi uma cena meio guerra da Síria, naquele momento”, associou.

De acordo com o delegado regional, Marceone Ferreira, além dos relatos dos funcionários atacados, as imagens colhidas junto as câmeras de monitoramento do hospital já forneceu informações importantes para os investigadores do caso. “Usavam armamento de grosso calibre, há alguns indícios de ponto 50, que é um armamento próprio das forças armadas. Ainda estamos no início das investigações, essa situação de emboscada, se houve ou não, estamos verificando ainda. Estamos apurando, não é apenas uma quadrilha específica que atua no Sertão, são várias que vem atuando, a Polícia vem combatendo. As diligências estão se iniciando, uma equipe especializada com delegado e reforço de policiais militares já estão chegando em petrolina, para dar continuidade das investigações. O sistema de monitoramento mostra entre cinco e seis assaltantes no momento da explosão, foram os elementos que se aproximaram do carro-forte, mas certamente havia outros assaltantes nas imediações dando cobertura e na hora da fuga dando todo esse suporte”. 

Questionado se há suspeitas de que o grupo poderia ter informações privilegiadas, Marceone acredita que antes de agir, os bandidos teriam estudado a movimentação da empresa. “Nesse tipo ação, os assaltantes não vem fazer isso no dia ou na véspera. Então eles fazem um levantamento prévio, provavelmente uma semana, duas para que eles possam praticar a ação. Não necessariamente que tenha alguém envolvido de dentro, alguém que tenha passado algum tipo de informação. Na verdade essas quadrilhas atuam previamente observando o movimento das empresas”. 


Papa envia carta a Temer e pede para que ele olhe para a população mais carente

por Redação Nossa Voz 18 de Abril de 2017 às 12:21
categoria: Violência

Em uma carta enviada recentemente a Michel Temer, o Papa Francisco pede ao presidente que olhe para a população mais carente e evite medidas que agravem a situação social do país. 

O texto foi uma resposta a outra carta enviada por Temer no fim de 2016, na qual ele convidava formalmente a Igreja Católica a participar das celebrações dos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida em 2017. 

Devido a agenda intensa, Fracisco afirmou não poder vir ao Brasil, mas fez questão de dizer que o Brasil está de forma especial em suas orações. "Sei bem que a crise que o país enfrenta não é de simples solução, uma vez que tem raízes sócio-político-econômicas, e não corresponde à Igreja nem ao Papa dar uma receita concreta para resolver algo tão complexo”, escreveu ele, segundo o que o jornalista da Globo News, Gerson Camarotti publicou em seu blog.

O papa ainda disse que acompanha com atenção os acontecimentos brasileiros e lembra que o crescimento equitativo exige mais que o crescimento econômico.

Diario de Pernambuco


Quinze cidades pernambucanas registraram aumento significativo de mortes

por Redação Nossa Voz 18 de Abril de 2017 às 12:20
categoria: Violência

Quinze municípios pernambucanos apresentaram aumento no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) no primeiro trimestre deste ano. Desses, quatro estão na Região Metropolitana do Recife. As demais cidades estão no interior do estado. Em Bezerros, no Agreste, somente em março, 11 pessoas foram assassinadas. Em fevereiro, a cidade havia registrado apenas um homicídio e dois em janeiro. No Recife, o mês de março fechou com 96 assassinatos contra 74 em fevereiro e 70 em janeiro. O secretário de Defesa Social, Angelo Gioia, reconhece que os números são altos e diz que o governo tem realizado ações para reverter esse quadro. Na contramão da escalada da violência, 25 cidades do estado não tiveram nenhum registro de homicídio no primeiro trimestre deste ano, também segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS).



O titular da pasta de Defesa Social anunciou ontem que 528 homicidas foram presos em Pernambuco entre os meses de janeiro e março deste ano. “Precisamos reduzir a criminalidade. Para esse mês de abril, esperamos uma redução, mas os números só serão divulgados no dia 15 de maio. No entanto, é preciso dizer que 194 homicidas foram presos em flagrante nos três primeiros meses deste ano. Além disso, 334 mandados de prisão contra homicidas foram cumpridos nesse mesmo período. Estamos trabalhando com foco no combate a crimes de homicídios, que é uma grande chaga, uma grande preocupação. Embora os números de mortes ainda sejam altos, conseguimos redução em outros crimes como em assaltos a ônibus, por exemplo”, pontuou o secretário.



De janeiro a março deste ano, Pernambuco soma um total de 1.522 assassinatos. Os números divulgados neste final de semana deixaram a população apreensiva. “Pernambuco tem mais pessoas mortas que uma guerra. Estamos no meio do fogo cruzado e sem ter a quem recorrer”, desabafou um metalúrgico de 38 anos que preferiu não ter o nome publicado. A bancada de oposição da Assembleia Legislativa afirma que até o dia 10 deste mês foram contabilizados 1.650 homicídios no estado. “Desde 2014, os números de CVLIs caminham numa crescente e eu atribuo isso à desestruturação dos aparatos policiais. No entanto, estamos devolvendo a formação dos nossos policiais às academias de polícia. Isso é um ganho que a médio e longo prazos trará resultados satisfatórios”, declarou Angelo Gioia.



O secretário ressaltou ainda que existe um planejamento para combater os crimes de homicídios no interior do estado. “Os policiais estão atuando em Cupira, Gravatá, Itambé, Santa Cruz do Capabaribe e Araripina. Em breve estaremos divulgando outras ações com foco nos assassinatos para o interior do estado. Também estamos combatendo os grupos de extermínios e as pessoas que matam devido à disputa pelo comando do tráfico de drogas”, ressaltou Gioia. O chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Amaral, ressaltou que com as delegacias dos distritos investigando assassinatos, o que estava concentrado apenas no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o total de delegacias apurando crimes de assassinatos passou de 15 para 58 na capital e na Região Metropolitana. “Isso faz com que a Polícia Civil tenha uma resposta mais rápida para as investigações dos crimes de homicídios”, destacou Joselito.



Estupros

Um total de 497 casos de estupro foi registrado no estado de janeiro a março deste ano. Foram 165 em março, 155 em fevereiro e 177 no mês de janeiro. Na RMR, a polícia soma 160 crimes do tipo, sendo 54 em março, 49 em fevereiro e 66 em janeiro. A capital, Recife, teve os maiores registros: 82 nos três primeiros meses do ano, 22 em março, 26 em fevereiro e 34 em janeiro. As demais cidades do Grande Recife que tiveram destaque neste ranking foram Olinda, com 38 estupros; Jaboatão dos Guararapes, com 37 casos; Paulista com 29 crimes; Cabo de Santo Agostinho, com 19 e Itamaracá, com 11 estupros.

Diario de Pernambuco


Pernambuco soma 497 casos de estupro de janeiro a março deste ano

por Adriana Rodrigues 17 de Abril de 2017 às 17:29
categoria: Violência

Um total de 497 casos de estupro foram registrados em Pernambuco de janeiro a  março deste ano. Foram 165 casos em março, outros 155 em fevereiro e 177 em janeiro.

Na Região Metropolitana do Recife (RMR) a polícia soma 160 crimes do tipo, sendo 54 em março, 49 em fevereiro e 66  em janeiro. A capital, Recife, teve os maiores registros: 82 nos três primeiros meses do ano, 22 em março, 26 em fevereiro e 34 em janeiro.

As demais cidades do Grande Recife que tiveram destaque neste ranking foram Olinda, com 38 estupros; Jaboatão dos Guararapes, com 37 casos; Paulista com 29 crimes; Cabo de Santo Agostinho, com 19 e Itamaracá, com 11 estupros.

Um total de 246 estupros aconteceram no interior do estado, sendo 89 em março, 80 em fevereiro e 77 em janeiro. Caruaru, no Agrestem foi o município com maior registro: 17 crimes. Em segundo ficou Ipojuca, na Zona da Mata Sul, com 12 casos e em terceiro, Garanhuns, no Agreste, com 11 estupros.

Os números foram divulgados pelo governo do estado por meio da Secretaria de Defesa Social (SDS). (Com informações do DP)


Quase 500 estupros registrados em apenas três meses em Pernambuco

por Simone Marques 17 de Abril de 2017 às 09:58
categoria: Violência

Em apenas três meses, Pernambuco já registrou 497 estupros. Somente no Recife, são 82 casos sob investigação da polícia. As estatísticas são da Secretaria de Defesa Social (SDS). Isso significa que, em média, 5 a 6 estupros são registrados por dia no Estado.

Além da capital pernambucana, outros municípios do Grande Recife lideram o número de casos, entre eles Olinda (38), Jaboatão dos Guararapes (37), Paulista (29), Cabo de Santo Agostinho (19). Caruaru, no Agreste do Estado, também se destaca. Foram 17 casos.

Os números fazem parte do balanço da SDS divulgado no último fim de semana. Vale lembrar que os casos de estupros contabilizados são referentes a vítimas de ambos os sexos. Em 2016, no Estado, foram registrados 2.196 casos, sendo 428 na capital.

Pelo quarto mês consecutivo, os números de homicídios atingem recordes históricos. Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), 548 assassinatos foram registrados em Pernambuco no mês de março (média de 18 por dia). Um resultado nunca visto na história do Pacto pela Vida. Em mais de dez anos, os resultados ainda não haviam se aproximado de uma marca tão negativa. Até então, o recorde era de 498 homicídios – contabilizados em fevereiro deste ano.

Em apenas três meses, Pernambuco já registrou 1.522 assassinatos. O Interior do Estado é a região que apresenta dados mais preocupantes. No total, 828 mortes, sendo 295 somente no mês de março. Na capital pernambucana, 240 homicídios no primeiro trimestre deste ano. No último mês, 96. Nos outros municípios que compõem o Grande Recife, houve o registro de 545 homicídios, sendo 157 em março.

Em entrevista o secretário de Defesa Social, Angelo Gioia, afirmou que vê os números com preocupação e considerou “um patamar alto” a média de 18 homicídios por dia. “Minha esperança é que ocorra uma redução em abril”, afirmou. Ainda segundo ele, as polícias Civil e Militar estão atuando com mais força em áreas com maior número de mortes no Estado.

Para tentar diminuir os homicídios no Estado, a SDS também criou um novo esquema para investigação de crimes contra a vida. Não são apenas as delegacias especializadas em homicídios que apuram esse tipo de crime. Até a Delegacia de Polícia do Meio Ambiente recebeu inquéritos de assassinatos.

As delegacias especializadas em homicídios ficarão apenas com os casos mais complexos e registrados entre 2016 e 2017. Mortes relacionadas a crimes de proximidades (aqueles que envolvem familiares, amigos, vizinhos) devem ser distribuídos para as delegacias dos distritos (antes responsáveis apenas por investigar crimes como roubos, furtos e outros delitos de menor gravidade).

Já outras especializadas, como a Delegacia do Idoso e a Delegacia do Meio Ambiente, apuram inquéritos de homicídios mais antigos e ainda não esclarecidos pela polícia.(Com informações do JConline)


Em 100 dias, mais de 1.600 assassinatos, denuncia Oposição

por Redação Nossa Voz 17 de Abril de 2017 às 08:19
categoria: Violência

Pernambuco registrou mais de 1.600 assassinatos nos primeiros 100 dias de 2017, num crescimento de mais de 35% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram contabilizadas 1.181 mortes. Até o último dia 10 de abril, foram registrados 1.650 homicídios em todo o Estado. Nos próximos dias, a Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco deve apresentar o balanço da criminalidade do mês de março – que, segundo dados disponíveis no próprio site da secretaria, bateu novo recorde como o mês mais violento de todo o Pacto pela Vida, com 548 mortes, o que representa uma média de 17,7 crimes por dia.

Segundo os dados oficiais da SDS, entre janeiro e março deste ano foram cometidos 1.522 crimes violentos letais intencionais (CVLIs) em Pernambuco – além de 130 casos nos primeiros dez dias de abril, segundo registro dos plantões das policias. Em relação aos crimes contra o patrimônio, que inclui casos de roubos e assaltos à população, inclusive de veículos e assaltos a ônibus, foram registradas 10.321 ocorrências no mês passado, elevando a conta no ano para 31.570 crimes violentos contra o patrimônio no ano. Os números representam uma média de um caso de roubo ou assalto a cada quatro minutos.

Para o deputado Silvio Costa Filho, líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, a estratégia do governo do Estado, que se restringe a trocar o secretário de Defesa Social e os comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil vem se mostrando inócua no combate à violência. “Infelizmente, essa é a realidade enfrentada pelos pernambucanos hoje. Entra secretário, sai secretário; entra comandante, sai comandante e a violência continua aumentando. Há seis meses no cargo, o secretário Angelo Gioia não conseguiu reduzir os índices de criminalidade. Muito pelo contrário, sob o seu comando a SDS registrou mais de 2.900 assassinatos em Pernambuco, uma média de quase 500 mortes por mês”, comparou.

O parlamentar cobra do governo do Estado ações efetivas para tirar Pernambuco dessa situação de guerra, citando exemplos de Estados como o Ceará, a Paraíba e Goiás, que reduziram os índices de criminalidade apesar de viver o mesmo quadro de crise de Pernambuco. Hoje, segundo as entidades ligadas aos agentes de segurança, a Polícia Militar opera com metade do efetivo que seria necessário e a Polícia Civil tem um efetivo menor que há 30 anos. “Chega de troca de secretário e de comandantes. Chega de trocar viatura e não ter combustível para rodar. Os princípios do Pacto pela Vida precisam ser resgatados, e isso passa pela transparência e pelo diálogo com os agentes de segurança e com toda a sociedade”, defendeu.


Corpo é encontrado com perfurações de arma branca no N-9 em Petrolina

por Simone Marques 17 de Abril de 2017 às 06:48
categoria: Violência

Nesta quinta-feira (13), o corpo de um homem foi encontrado no Projeto Senador Nilo Coelho, no N9, Zona Rural de Petrolina. De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), o corpo deu entrada às 22h20 da quinta-feira (13).

O IML informou que o homem foi vítima de golpes de arma branca. A vítima foi identificada como Marcos Paulo.

A Policia investiga o caso.


Jovem é assassinado no distrito de Vermelhos, em Lagoa Grande

por Adriana Rodrigues 14 de Abril de 2017 às 21:20
categoria: Violência

Nesta sexta-feira (14) um jovem de 24 anos, foi assassinado no distrito de Vermelhos, em Lagoa Grande. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo informações, o crime foi motivado por uma discussão envolvendo um celular, que supostamente foi furtado pelo o acusado de cometer o crime. O jovem foi esfaqueado e chegou a ser socorrido para Hospital Central de Lagoa Grande, mas não resistiu aos ferimentos. Não há informações sobre o assassino.

O Instituto Médico Legal (IML) de Petrolina esteve no local para recolher o corpo que já foi periciado e liberado. A Polícia Civil está investigando o crime.


Operação Acervo Proibido: PF prende dois homens em operação contra pornografia infantil e pedofilia em PE

por Adriana Rodrigues 13 de Abril de 2017 às 17:38
categoria: Violência

A ‘Operação Acervo Proibido’ foi Iniciada em abril de 2015, pela Polícia Federal (PF) prendeu dois homens em Pernambuco e em outros nove estados e no Distrito Federal. Em Cabrobó um homem foi preso suspeito de estuprar a filha de oito anos.

Segundo a PF, foi preso, em Cabrobó, um vendedor autônomo de 28 anos, que negou ter envolvimento com os crimes investigados pela operação, mas é suspeito de abusar sexualmente da filha, de 8 anos. Não foi encontrado nenhum arquivo de pornografia infantil na casa do suspeito e o homem foi preso preventivamente, mas o crime de estupro ainda não foi comprovado, porque as alegações foram ditas por ele, por meio de mensagens de celular. Ele foi levado para a Cadeia Pública de Salgueiro e, se condenado, pode receber pena de oito a 15 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável.

Em Pernambuco, oito policiais foram distribuídos nas duas equipes. No Recife, o alvo da operação foi um encarregado de almoxarife, de 35 anos, que admitiu armazenar fotos e vídeos de pornografia infantil, mas negou ter compartilhado o material. Ele foi encaminhado ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.

Caso seja condenado, pode receber pena de quatro a oito anos de reclusão por produzir, filmar ou registrar cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, além de penalidade que varia entre três e seis anos de prisão por oferecer, trocar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar fotografia ou vídeo de cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, assim como possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.


Mais é morto a tiros após parar no semaforo em Juazeiro

por Redação Nossa Voz 13 de Abril de 2017 às 09:57
categoria: Violência



Por volta das 16h30min dessa quarta-feira (12), um homem é morto a tiros na Rodovia Lomanto Junior, na altura do semáforo do bairro Alto do Cruzeiro em Juazeiro.

Segundo informações de pessoas que estavam no local, a vítima estava parada no semáforo em uma motocicleta 'cinquentinha', quando foi surpreendida por dois elementos em outra motocicleta. A vitima foi identificado como Cleidson Guimarães Matos e é conhecido socialmente por "Pantera do Alto da Maravilha" não resistiu aos diversos disparos de arma de fogo sofridos e foi a óbito no local.

O SAMU foi até o local e constatou o óbito, prepostos do IML fizeram a remoção do corpo.