asdasdasdasd

Novo vídeo mostra Tony Salles xingando prefeita antes do show

por Milena Pacheco 4 de Fevereiro de 2020 às 09:47
categoria: Buxixo

Por meio da assessoria, o cantor, que assumiu o atraso, alega ter sido agredido verbalmente pela prefeita antes de sua fala


Um novo vídeo que circula nas redes sociais mostra o início da briga do cantor Tony Salles com a prefeita da cidade de Capela, em Sergipe, Silvany Mamlak e o marido dela, Christiano Cavalcante.Na gravação, Silvany aparece reclamando com o vocalista da banda Parangolé pelo atraso de cerca de 1 hora para o show na Festa da Padroeira Nossa Senhora da Purificação.

Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal


A prefeita afirma que o artista não vai mais se apresentar na festa pela demora, já que o show estava marcado para acontecer às 4h e Tony só chegou ao local às 5h15. “Nunca mais cê toca aqui”, diz Silvany.
Em resposta a fala da prefeita, Tony acaba xingando Silvany.


Por meio da assessoria, o cantor, que assumiu o atraso, alega ter sido agredido verbalmente pela prefeita antes de sua fala. Tony também afirma que por pouco não foi agredido pelo marido de Silvany com um copo de whisky.


Em entrevista ao G1, Silvany Mamlak afirma que irá acionar a Justiça contra a banda e o cantor por quebra de contrato, assinado pelos produtores da banda de R$ 130 mil, e agressão verbal.


“Antes do evento a gente fez um plano de ação com a Secretaria de Segurança Pública, onde os policiais militares só poderiam ficar no evento das 22h às 6h da manhã. Ele chegou na cidade às 5h15. Às 5h25 ele estava subindo ao palco. O show foi de, no máximo 40 minutos. A própria PM já estava na porta do palco para parar a festa”, disse.


Em nota divulgada nas redes sociais, o governo de Capela afirma que a apresentação de Tony colocou a integridade física dos presentes da festa em risco e ressaltou a falta de respeito do artista com a cidade.

Confira na íntegra:
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Na manhã de hoje, 2 de fevereiro, por volta das 5h15, aconteceu um episódio lamentável durante a festa de Capela. Após se atrasar por cerca de uma hora e meia antes de se apresentar, Tony Sales, vocalista da banda Parangolé, foi extremamente desrespeitoso com a Prefeita Silvany, usando palavras de baixo calão, apenas por ter sido questionado sobre o atraso e, consequentemente, sobre, a falta de respeito para com o povo capelense. Diante disso, esclarecemos que a cobrança feita pela gestora pública se deve à preocupação dela com a segurança das pessoas. De acordo com determinação da Polícia Militar, os shows devem ser finalizados até as 6h da manhã, a fim de garantir a tranquilidade e o bem-estar da população. Depois de finalizado o trabalho dos policiais, segundo as regras vigentes, caso houvesse acontecido algum imprevisto que colocasse em risco a integridade física dos participantes da festa, a prefeita seria responsabilizada. Tal preocupação também é compartilhada por Christiano Cavalcante, esposo de Silvany, que, diante das ofensas, prontamente se colocou em defesa da prefeita. (Fonte: Ibahia/Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal)