asdasdasdasd

Prefeito não antecipa escolha de aliado para Estadual, mas confirma apoio a Guilherme Coelho

por Karine Paixão 6 de Dezembro de 2017 às 13:21


Para evitar rusgas e até rompimentos precoces na sua base o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho vem administrando uma disputa velada entre membros do seu secretariado, assessores e até vereadores da bancada de situação. Na lista nomes como Orlando Tolentino, Coronel Leite, Maria Elena, Osório Siqueira, Ruy Wanderley, Zé Coelho Neto e até o recém-empossado César Durando estão colocando o nome a disposição. Durante entrevista ao programa Nossa Voz, Miguel não dá pistas sobre suas escolhas e aproveita para afagar os aliados. 

“Eu fico feliz de no nosso grupo político ter bons nomes que almejam e sonham ter um voo mais alto como é o caso dos que são vereadores e alçam a Casa Joaquim Nabuco ou até de novos nomes estarem surgindo e a gente percebe que essa renovação não é só de Petrolina, no Brasil inteiro  a gente tem visto novos quadros postularem uma vaga”, disfarçou. 

Mesmo assumindo ainda ser cedo para tomar tal decisão, o prefeito de Petrolina dá um prazo para anunciar quem contará com seu apoio caso confirme a candidatura a deputado estadual.  “Não vou tomar nenhuma posição e não vou fazer nenhum anuncio até antes do Carnaval porque os nossos candidatos a deputado estadual vamos basear depois que tivermos uma candidatura majoritária já definida e isso deve ser no final de janeiro, começo de fevereiro”, determinou.

Sobre a disputa para deputado federal, Migue Coelho confirma seu apoio a quem o ajudou à chegar a Prefeitura de Petrolina. “Nosso compromisso hoje com os nossos candidatos a deputados federais são com os deputados Fernando Filho e o deputado Guilherme Coelho. São os dois que nos ajudaram na campanha a chegar a Prefeitura. Se serão só esses dois, se terão novos candidatos a federais só o tempo vai dizer, mas o momento agora é de focar no trabalho e deixar que a política vem como resultado dele”.