asdasdasdasd

Prorrogadas: Inscrições do concurso para a Câmara de Petrolina encerram em nova data

por Simone Marques 16 de Abril de 2019 às 12:05
categoria: Cotidiano

As inscrições para o concurso da Câmara Municipal de Petrolina que encerrariam neste domingo (21), foram prorrogadas para o dia 05 de maio, segundo informações repassadas pela assessoria de comunicação da casa. Certame oferta 20 vagas para nível médio e superior nos cargos de agente administrativo, analista de controle interno, analista em informática, assistente legislativo, eletricista, jornalista, procurador legislativo, recepcionista e técnico audiovisual, com salários que variam de R$ 1.400 a R$ 4.700.

Conforme o edital, pulicado no site do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro – organizador do concurso – as provas acontecem no dia 02 de junho, em locais e horários que serão divulgados oportunamente via internet no site do organizador.

Segundo presidente da mesa diretora da Câmara Municipal, Osório Siqueira, o objetivo é proporcionar melhores condições para os candidatos. “As provas serão realizadas na mesma data. As inscrições foram prorrogadas para dar mais oportunidade, até por ser final de mês, para as pessoas fazerem suas inscrições. E houve pedidos de isenção da taxa de inscrição, alguns candidatos ainda aguardavam esse resultado, então nada mais justo do que prorrogar”.


Em protesto nos postos de Juazeiro e Petrolina, motoristas atestam: “A formação de cartel existe”

por Simone Marques 11 de Abril de 2019 às 11:56
categoria: Cotidiano

Já seguindo pelas ruas de Juazeiro e Petrolina, a manifestação contra o aumento abusivo do preço dos combustíveis nas duas cidades pretende não apenas chamar a atenção das autoridades locais sobre a necessidade de intervenção sobre esses reajustes mas também inviabilizar a venda nos postos locais, formando filas nos estabelecimento para abastecer a R$ 1, solicitando a nota fiscal. Um ensaio dessa mobilização foi feito ontem e hoje (11), após cumprirem essa etapa os manifestantes se concentrarão em frente a Prefeitura de Petrolina cobrando ações mais efetivas da gestão municipal e do Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon).

Um dos organizadores do protesto, Jean Santana explicou em entrevista ao Nossa Voz que a forma como implementado o aumento de preços não condiz com uma política justa junto ao consumidor. “Querendo uma resposta já e direta do órgão público e dos órgãos que fiscalizam. Estamos vendo o aumento abusivo, vemos que ontem tiveram aumentos de R$ 0,10, R$ 0,15, R$ 0,20, em alguns postos creio eu, que devido ao feriado. Muitas pessoas se veem obrigadas a abastecer e nós nos sentimos lesados. Vindo de Recife pra cá, na região de Juazeiro e Petrolina, temos os maiores preços de combustível. Vemos isso aumentando a cada dia. Teve baixa (no preço) de combustível nos últimos três meses e aqui nada. Apenas aumento e enganação”.

O manifestante ainda detalha que a justificativa sobre valor do frete é derrubada quando se observa os valores cobrados na região. “Sabemos que nas cidades vizinhas como Campo Formoso, Senhor do Bonfim, praticam preços de combustível a R$ 0,40, R$ 0,50 a menos. Temos vídeos de pessoas que estão nos apoiando e que moram nessas cidades mostrando que a gasolina lá é mais barata”.

Ainda segundo Santana, a uniformização dos preços é causada pelo fato do mesmo empresário é dono dois ou mais postos na mesma cidade. “A formação de cartel existe, a gente tem a comprovação de dois postos que tentaram fazer um preço a menos e se sentiram pressionados por alguns donos de postos de combustível fazendo com que eles voltassem ao preço normal. Se fosse com o preço igual ao deles, pelo menos R$ 0,05 ou R$ 0,07 a menos apenas para estar competindo com os grandes. Os grandes empresários que forçam realmente os outros proprietários de postos a aumentarem o preço e igualar ao nível dos outros aqui da região”.

O protesto segue pelas ruas de Juazeiro e encerra em frente a prefeitura de Petrolina.


Pré-candidato questiona exigência de experiência na Eleição do Conselho Tutelar

por Simone Marques 11 de Abril de 2019 às 11:55
categoria: Cotidiano

A eleição Unificada dos Conselhos Tutelares está movimentando diversos municípios. E em Petrolina-PE não é diferente. No entanto, uma das cláusulas do edital do processo seletivo no município está causando polêmica. Ela trata da comprovação de dois anos de experiência com atividades regidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Em entrevista ao Nossa Voz, o pré-candidato a conselheiro tutelar, Edvaldo Landim, falou sobre a sua insatisfação. “A comprovação de experiência é uma cláusula excludente. A gente sabe que o processo de escolha vem de uma normativa nacional. Mas este ano, veio essa cláusula. É a primeira vez que tem essa exigência”.

“Em Petrolina exige que a pessoa traga uma declaração que comprove dois anos de experiência trabalhando ou envolvido em situações que favorecem o Estatuto da Criança e do Adolescente. E muitas pessoas esperavam por essa oportunidade, visto que é por votação. São as comunidades que escolhem e essa cláusula traz um dano ao sistema democrático de eleição”, reclamou Edvaldo Landim explicando que quem já está no conselho pode ser favorecido.

Quem também participou do debate no Nossa Voz foi o conselheiro tutelar de Petrolina, Evaldo Francisco. Ele disse que essa cláusula só não foi cobrada na última eleição, mas nas anteriores isso fazia parte do edital. Além disso, o conselheiro afirmou ser a favor desse pré-requisito. “Tem que cobrar mesmo. O Ministério Público está acompanhando esse processo e o Conselho Nacional já aponta para esses critérios. (…) É muito prejudicial quando a pessoa entra sem experiência”, declarou.

Processo Seletivo

A inscrição dos candidatos deve ser efetuada pessoalmente na sede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, das 8h às 13h, na Rua das Laranjeiras, nº 67, centro, por trás da antiga ‘Casa da Criança’.

A eleição unificada será realizada no dia 6 de outubro e conta com a fiscalização do Ministério Público de Pernambuco. Outras informações podem ser consultadas no edital publicado no Diário Oficial de Petrolina.

 


Lixo e esgoto tiram a paz dos moradores do São Joaquim em Petrolina

por Simone Marques 5 de Abril de 2019 às 10:32
categoria: Cotidiano

Uma trilha de lixo levou a reportagem do Nossa Voz hoje (05) à comunidade São Joaquim em Petrolina-PE. No bairro, uma das reclamações mais graves é sobre a situação da lagoa que acumula lixo e esgoto.

De acordo com os moradores, a situação é tão grave que na Avenida do Petróleo, que é de mão dupla, agora os carros precisam ter paciência para passar pela via, já que o lixo invadiu uma das pistas. O morador do bairro, Luiz Henrique conta que o problema é antigo. “Moro há 20 anos no bairro e, ao longo desse tempo, a situação da lagoa foi só piorando. De oito anos pra cá piorou bastante. A prefeitura até faz a limpeza e drenagem, mas não resolve. A gente precisa de uma obra que resolva mesmo”, reivindicou.

A situação agrava ainda mais quando o município entra no período chuvoso. “São quatro bocas de lobos que alimentam a lagoa. Quando chove, as águas retornam para dentro das casas”, denunciou Luiz Henrique.

Sempre que a situação agrava, os moradores acionam a Compesa, que informa que ainda não opera no bairro. Já a prefeitura diz aos moradores que é a companhia de águas e esgotos que tem que resolver.

Além do problema ‘eterno’ com os esgotos, no local um matagal toma conta do espaço. “O matagal a gente pode ver que alcança a altura do postes e prejudica a iluminação e a segurança dos moradores”. Além disso, a escuridão, segundo o comunitário, aumenta o risco de ações criminosas como assaltos e violências sexuais.

O apelo que Luiz faz é para que a população pare de descartar lixo no local e que a prefeitura e a Compesa entrem em um acordo para resolver de vez a situação da lagoa do São João. Mas que, até lá, pelo menos ações paliativas sejam feitas para atender a população.


Bairro Pedra Linda fica sem água nesta quinta (04)

por Simone Marques 4 de Abril de 2019 às 09:04
categoria: Cotidiano

Por causa do estouramento da rede de abastecimento, toda região do bairro Pedra Linda de Petrolina-PE ficou sem água nas torneiras.

A Compesa confirmou o problema e disse que os técnicos já iniciaram os trabalhos para avaliar a gravidade do problema e iniciar os devidos reparos.

A previsão é que o abastecimento no Pedra Linda e região, seja restabelecido até o final do dia.


Ammpla prorroga prazo de cadastramento de motoristas de aplicativo em Petrolina

por Simone Marques 2 de Abril de 2019 às 10:19
categoria: Cotidiano

A Ammpla prorrogou o prazo de cadastramento de pessoas que trabalham por aplicativo e empresas de Operadoras de Tecnologia de Transporte (OTT). Os motoristas terão até o dia 26 deste mês para regularização. Só lembrando que a regularização foi um pedido dos motoristas de táxis que inclusive protestaram alegando reclamando de concorrência desleal dos motoristas de aplicativos.

A prefeitura justificou a prorrogação informando que o sistema da inscrição passou uma manutenção. O cadastramento terá validade de 1 ano e quem não estiver de acordo com as regras, tanto empresas quanto motoristas, poderão ser autuados por transporte clandestino, multas e até à suspensão do serviço. Os motoristas precisam apresentar CNH válida com permissão para atividade remunerada, curso de formação especial, certidões negativas criminais e veículo com idade máxima de até oito anos.

A Ammpla fica localizada na Rua Manoel Belo, 148, Caminho do Sol. O órgão atende de segunda a sexta, das 7h às 13h. Outras informações através do telefone (87) 3862-0300. Para mais detalhes sobre a nova Portaria, basta entrar no site do Diário Oficial na publicação do dia 27 de março.


Associação denuncia demora para conclusão do saneamento do Alto do Cocar

por Simone Marques 1 de Abril de 2019 às 13:51
categoria: Cotidiano

A presidente da Associação de Moradores do bairro Alto do Cocar, Brenda Seforah, participou do programa Nossa Voz desta segunda-feira (1º) para denunciar o “para-para” nas obras de saneamento da comunidade. De acordo com a representante dos moradores, a obra é da Compesa em Petrolina-PE.

“É uma obra que vem se arrastando desde outubro de 2018. Hoje, 1º de abril, não é mentira, são mais de sete meses que essa obra para e volta, para e volta”, reclamou Brenda.

Ainda segundo a presidente da associação, a demora acontece porque a companhia não prioriza o bairro. “É uma obra de recursos próprios da Compesa, pegaram os próprios funcionários e colocaram para fazer o saneamento que é um sonho dos moradores. (…) Quando acontece alguma coisa em outro bairro, eles têm que deslocar a equipe daqui, parando a obra”, contou. Inclusive, no momento em que o Nossa Voz esteve no local, não tinha equipe da Compesa trabalhando.

“São mais de 30 anos que a comunidade vem sofrendo com essa falta de saneamento (…) A gente pede mais celeridade, mais compromisso da Compesa para que eles façam a conclusão desse saneamento”, solicitou Brenda Seforah.

Nós entramos em contato com Compesa e estamos aguardando as respostas.

 

 

 

 


Calçada Livre cadastra food trucks e carrinhos de comida em Petrolina

por Milena Pacheco 29 de Março de 2019 às 17:13
categoria: Cotidiano

O mês de abril vai marcar o início de uma nova fase do programa Calçada Livre, da Prefeitura de Petrolina. É que a partir desta terça-feira (02), será aberto o período de cadastramento dos interessados em trabalhar com food trucks e carrinhos de comida no município. O trabalho servirá de base para o ordenamento da atividade na cidade, a exemplo do que foi realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDURBH) com a realocação de comerciantes informais de frutas e verduras que estavam espalhados nas ruas do centro da cidade para uma feirinha devidamente estruturada e organizada.

Foto: Reprodução/Internet

Para fazer o cadastro, os interessados devem comparecer na sede da SEDURBH, de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h. É necessário entregar cópias de documentos que ajudem às equipes da secretaria a identificarem os responsáveis pelos food trucks ou carrinhos de comida, a exemplo de documentos pessoais e comprovante de residência, assim como licenças atuais e certificados de microempreendedor individual, se houver. Também será importante o envio de fotos impressas que mostrem a localização atual da estrutura utilizada por cada comerciante. O cadastramento vai terminar no dia 12 de abril.

Para o titular da SEDURBH, Giovanni Costa, o trabalho junto aos food trucks e carrinhos de comida é mais um passo importante para o ordenamento público de Petrolina. “Nosso trabalho é tornar Petrolina sempre melhor e isso passa pelo ordenamento da cidade. Por isso, aos poucos, estamos agindo junto à determinados segmentos para que possamos estabelecer regras de forma que todos saiam ganhando, desde o empreendedor, passando pelo município, até chegar à população que vai contar com um serviço melhor e com qualidade garantida em um ramo tão importante como o alimentício, já que vamos contar com a parceria da Agência Municipal de Vigilância Sanitária nesse trabalho junto aos food trucks e carrinhos de comida”, destaca Costa. (Ascom PMP/Foto: reprodução internet)


Frei Damião será declarado Venerável

por Milena Pacheco 28 de Março de 2019 às 12:04
categoria: Cotidiano

A comissão de bispos e cardeais deu parecer favorável a continuação do processo de beatificação do religioso e o novo título deve ser decretado pelo papa até maio

Frei Damião de Bozzano está a um passo de ser declarado Venerável pela Santa Sé. A comissão de bispos e cardeais que analisava o dossiê chamado de “Positio”, enviado pela Arquidiocese de Olinda e Recife ao Vaticano, desde 2012, foi favorável ao prosseguimento do processo de beatificação. 

Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

O material, que foi reunido pelo postulador da causa frei Jociel Gomes, conta com relatos da vida e virtudes do frade. Em fevereiro de 2018, a comissão formada por teólogos já havia dado parecer positivo para a continuação do processo. A verificação do “Positio” precisa passar com aprovação pelas duas comissões para amparar as decisões do papa. (folhape/Foto: Eduardo Knapp/Folhapress) 


Gerente da Compesa rebate críticas de José Batista e diz que vereador não foi sensato

por Milena Pacheco 27 de Março de 2019 às 14:53
categoria: Compesa

Nesta quarta-feira (27) os ouvintes do Nossa Voz fizeram vários questionamentos sobre problemas como falta de água e esgotos estourados registrados em diversos bairros de Petrolina-PE. Quem respondeu às perguntas foi o gerente Regional da Compesa, João Raphael Queiroz. Mas ele aproveitou a ocasião também para criticar o vereador José Batista da Gama, que tem puxado a orelha da Compesa.

 

Gerente Regional da Compesa pediu mais sensatez ao vereador José Batista. (fotos: Milena Pacheco/Nossa Voz e Reprodução Internet)

O vereador chegou a declarar que, só em Petrolina, a companhia arrecada cerca de R$ 11 milhões por mês, mas não aplica nem R$ 1 milhão no município. Ao Nossa Voz, João Raphael rebateu as declarações e as classificou como insensatas. “O vereador ao subir numa tribuna, a palavra dele tem uma representatividade muito grande. (…) Ele precisa usar da palavra de forma sensata. No mínimo, ele não foi sensato ao fazer essas declarações porque, pra você ter uma ideia, R$600 mil é, aproximadamente a nossa conta de energia aqui em Petrolina, fora manutenção, operação, investimentos e obras de substituição. Então o gasto aqui é muito maior do que isso”, garantiu o gerente Regional da Compesa.

Questionado sobre os valores exatos arrecadados, investidos e gastos em Petrolina, João Raphael não foi preciso quando aos valores. Mas garantiu que 90% do que é arrecadado no município fica aqui. “A gente fez um levantamento de 2007 até 2017 e cerca de 60% do que a gente arrecada aqui são gastos com manutenção, operação e os investimentos que a gente fez diluídos nos 10 anos, que a gente observou 30% a gente gastou com investimentos”, assegurou.

O gerente da Companhia ainda completou: “A gente arrecada aqui menos de R$ 10 milhões. A média mensal é que 90% por cento do que a gente arrecadou aqui, a gente gastou aqui. E 10% é lucro. Em qualquer empresa, privada ou pública, vai retirar o lucro daqui e esse lucro a gente utiliza para fazer subsídio cruzado”, explicou. (Fonte: blognossavoz/Fotos Milena Pacheco/Nossa Voz e Reprodução Internet)