asdasdasdasd

Aeroporto de Petrolina recebe certificação para maior capacidade operacional

por Redação Nossa Voz 25 de Setembro de 2017 às 08:51
categoria: Cotidiano

Além do anúncio sobre o início das obras de mobilidade terrestre, na última sexta-feira, dia 22, o ministro Mauricio Quintella Lessa, junto ao prefeito Miguel Coelho, formalizou a nova certificação do Aeroporto Nilo Coelho. O aeródromo terá o status ampliado para receber aeronaves de maior porte, o que favorecerá a médio e longo prazo, principalmente, o transporte de cargas como os produtos da fruticultura para exportação.

“Petrolina é hoje o segundo maior PIB de Petrolina e agora teremos um avião maior, carregando mais frutas [para exportação], gerando mais emprego e mais renda. Vai fazer que a economia de Petrolina aqueça”, enfatizou o prefeito. A certificação atesta a capacidade operacional do terminal e seu funcionamento de acordo com os ditames de segurança e excelência estabelecidos pelos órgãos da aviação civil nacional e internacional.

De acordo com o senador Fernando Bezerra Coelho, a publicação do documento também viabiliza em Petrolina a continuidade e ampliações das operações da maior aeronave cargueira em atividade no Brasil, utilizado pela empresa Cargolux em sua frequência cargueira regular no terminal. “Petrolina e região que exportava em média de cinco a seis mil toneladas de frutas via área [para a exportação]... que vai poder transportar 45 toneladas de frutas a mais, o que vai significar maior frete, o que significa mais emprego e renda”, enfatizou o senador.

De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), este novo contexto poderá, no médio e longo prazo, estimular o aumento dos números de exportação de frutas como manga, mamão papaya, uva e outros produtos agrícolas da região, aquecendo a economia no submédio do São do Francisco em Pernambuco. As mudanças entram em vigor a partir desta segunda-feira, dia 25.

Gabriela Canário