asdasdasdasd

Além de ruas alagadas, duas árvores e um poste caem durante rápida chuva em Petrolina

por Gabriela Canário 3 de Dezembro de 2018 às 11:01
categoria: Cotidiano

Bastou cerca de uma hora de chuva na tarde de domingo, dia 02, para que Petrolina apresentasse ruas alagadas, casas invadidas pela água, dentre outros transtornos. Equipes da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA) estiveram nos pontos mais críticos da cidade para vistoria. De acordo com o secretário-executivo de Serviços Públicos, Alisson Oliveira, duas árvores – uma próxima a Catedral e outra na Avenida Guararapes - e um poste caíram e já foram removidos pela Prefeitura.

Os bairros Dom Avelar, São Joaquim, João de Deus e São Gonçalo estão entre os mais prejudicadosm com a chuva. “Está uma situação crítica. Vi a situação das ruas ilhadas, os moradores sem poder sair. Situação lamentável e desumana”, disse o presidente da Associação dos Moradores do João de Deus. Sobre a comunidade, Alisson Oliveira afirmou que será feita uma vala para a água escorrer porque a previsão é de mais chuvas”.

No bairro São Gonçalo também houve alagamento entre a Avenida 4 com a Rua 19. “Alagou mesmo, entrou nas casas. [Mas] graças a Deus hoje amanheceu sequinho, mas deve chover de novo”, preocupou-se um morador. O Secretário-executivo alertou que o bairro apresenta muito lixo espalhado pelas ruas, o que intensifica o problema. “É impossível limpar a cidade inteira todos os dias e evitar que esse lixo vá para os canais ou para dentro da casa das pessoas”, afirmou.

Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Petrolina, nesta segunda-feira (03), o trabalho de diagnóstico continua. A Defesa Civil está de prontidão para atender à população em caso de emergência. Os telefones de contato são o 153, da Central de Operações da Guarda Civil, o (87) 3983-1044 ou (87) 3983-1773.