asdasdasdasd

Com homenagem a Osvaldo Coelho e liberação de R$ 30 milhões, ministro da integração exalta atuação da Codevasf em Petrolina

por Karine Paixão 3 de Dezembro de 2018 às 18:20
categoria: Cotidiano

Com recursos orçados em mais de R$ 30 milhões, o ministro da integração nacional, Antônio de Pádua, esteve em Petrolina na manhã desta segunda-feira (03) anunciando várias obras que estarão distribuídas pelo Sertão pernambucano. O valor será investido em sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário de sete municípios (Petrolina, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Tabira, Moreilândia, Floresta e Petrolândia), além de autorização para o lançamento de licitação voltada à execução de serviços de operação e manutenção do Sistema Itaparica. Estas ações beneficiarão quase 90 mil pessoas. 

Também houve a autorização para a construção do prédio anexo à sede da 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf e para a licitação do Abatedouro Frigorífico de Caprinos e Ovinos do município de Dormentes e a entrega dos títulos de posse a 299 colonos e 19 empresas agroindustriais do Projeto de Irrigação do Pontal que, por iniciativa de Fernando Bezerra, deverá ter o nome alterado para Projeto de Irrigação Deputado Osvaldo Coelho. A homenagem consta do Projeto de Lei (PLS) 711/2015, de autoria do senador, aprovado na última terça-feira (27) pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado. 

Contando com a presença da viúva Anamaria Coelho, das filhas Ana Josepha, Ana Carolina, AnaMaria, Ana Amélia e Guilherme Coelho, ainda houve a inauguração do pavilhão Deputado Osvaldo Coelho na sede local da Codevasf. 

Durante a solenidade realizada na Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba, Guilherme Coelho descreveu o pai como um predestinado e relatou a sua atuação como suplente na viabilização do Pontal. “É uma coisa muito interessante dos desígnios de Deus. Fiquei como suplente de deputado e assumi o mandato. Procurei o senador (Fernando Bezerra C oelho) e disse: 'Eu não quero nada seu, só uma coisa: vamos mudar o modo desse Pontal, vamos botar do jeito que era e vamos botar esse pontal para frente’”, relembrou. 

A homenagem feita ao Braço Forte do Sertão na mais nova área irrigada no município partiu do senador Fernando Bezerra Coelho, que fez um resgate da luta de Osvaldo Coelho para a implantação do perímetro. “Não bastava apenas dar o nome ao Projeto Pontal, porque o projeto pontal foi o sonho de Osvaldo. Nasceu em 1992, em 1992 Osvaldo Coelho falava nas caminhadas dele sobre o Projeto Pontal, sobre a sequência da irrigação em Petrolina. Enquanto deputado federal foi ele brigou para viabilizar os recursos  e boa parte do Projeto Pontal foi feito sob a liderança do deputado Osvaldo Coelho”. 

O superintendente da Codevasf em Petrolina, Aurivalter Cordeiro reforça os investimentos feitos em todo o Sertão e a automatização do sistema irrigado no Projeto Senador Nilo Coelho. “Pelo menos R$ 4 milhões foram investidos alí”, destacava. 

Ainda durante o evento, o ministro Antônio de Pádua e o prefeito Miguel Coelho assinaram quatro convênios, no valor de quase R$ 14 milhões, para a abertura de poços artesianos, reforma e revitalização das feiras da Cohab Massangano e da Areia Branca e pavimentação de vias no Projeto de Irrigação Maria Tereza.

Miguel Coelho, além de destacar as ações conquistadas, reforçou o pedido para implantação da água tratada para os colonos residentes nas áreas irrigadas.

O ministro da integração Nacional, Antônio de Pádua, reforçou a importância da Codevasf na fomentação do desenvolvimento sustentável e confirmou a liberação dos recursos já solicitados por Miguel Coelho. 

Além das homenagens feitas pelos políticos presentes, Osvaldo Coelho também foi eternizado através de uma instalação artística montada na entrada da sede da Codevasf. No pavilhão deputado Osvaldo Coelho, a obra de arte está encravada numa parede de 19 metros e representa a prosperidade proporcionada pelo eterno deputado. O autor da escultura, é o artista plástico Ranilson Viana. 

Filha mais nova de Osvaldo Coelho, Ana Amélia Lemos, falou sobre a emoção vivenciada ao se deparar com o reconhecimento do legado deixado pelo parlamentar. “Um momento em que a gente se emociona desde a entrada na Codevasf quando a gente vê essa obra tão bonita aqui que dá nome ao prédio, a um bloco que leva o nome de Deputado Osvaldo Coelho. A gente vê aqui a escultura bonita que leva o riso dele de prosperidade, olhando para o futuro, para os frutos oriundos da irrigação, do Rio São Francisco. E hoje essas entregas dos primeiros lotes do pontal, do Projeto Deputado Osvaldo Coelho, faz um dia de muita alegria”.