asdasdasdasd

Novo Coordenador da 8ª Ciretran diz que prioridade será o atendimento aos usuários

por Redação Nossa Voz 5 de Outubro de 2017 às 08:23
categoria: Cotidiano

Agora é oficial: a 8ª Ciretran tem uma nova coordenação. Saiu a nomeação do empresário do ramo de propaganda e eventos e também ex assessor parlamentar, com trabalho marcado pela atuação com foco na área de capacitação e gestão de pessoas e organizações, Natan Santana Soares, que assumiu nesta semana, substituindo Pedro Neto.

O coordenador mora há oito anos com esposa e filho em Petrolina. Em entrevista ao Nossa Voz, ele confirmou que a indicação à vaga aconteceu através do Deputado Estadual Lucas Ramos (PSB). “O cargo pertence ao governador Paulo Câmara e ele reconheceu a nossa competência para contribuir. Lucas teve um papel importante porque foi através dele o meu primeiro trabalho com política". Natan Santana e o parlamentar se conheceram durante a campanha de 2014. “Gostei da forma como ele faz política e recebi o convite para participar da equipe, onde fiquei por dois anos e 8 meses”, disse. 

A 8ª Ciretran teve três coordenadores apenas este ano. Inclusive Pedro Neto passou apenas seis meses no cargo. Entretanto, Natan acredita que esta instabilidade não será um problema na coordenação do órgão. “Cada gestor teve a oportunidade de contribuir. Existe uma linha muito clara do Detran, dentre eles é inovar na gestão. Todos os meus antecessores contribuíram muito nesse processo”, destacou. Sobre a transição do cargo, ele explica que assumiu na quarta-feira, dia 04, e que ainda não teve tempo para fazer um diagnóstico completo do funcionamento do órgão.

Entretanto, o coordenador já traçou algumas metas e, segundo ele, a prioridade será o atendimento ao usuário. “O meu foco é o atendimento à população, contornar os problemas, dar o respeito ao usuário. Isso vai ser possível com planejamento a médio e longo prazo. A prioridade será o serviço de excelência. O usuário é o mais importante”, destacou.

Um problema da 8ª Ciretran são as constantes greves e a suspensão dos serviços. Sobre isso, Natan disse que teve um primeiro contato com a equipe e observou que todos estão trabalhando com engajamento. “Estive ontem no Ciretran e pude constatar que tem profissionais capacitados e eles têm o direito constitucional de greve, desde que isso não implique prejuízos à população. Eu já conhecia o Ciretran como usuário e a equipe é preparada”, disse. Um outro problema sério do órgão são as constantes filas para o atendimento dos serviços. Sobre isso, Natan disse que não houve [ainda] essa constatação, mas que se ocorrerem, serão analisados os casos para uma solução urgente.