asdasdasdasd

Petrolina comemora aumento no número de empreendedores formalizados pelo MEI

por Gabriela Canário 9 de Julho de 2018 às 10:10
categoria: Cotidiano

As ações da Prefeitura de Petrolina em prol do microempreendedor individual surtiram efeito positivo.  O município registrou um aumento no número das formalizações de trabalhadores nesta categoria e hoje, Petrolina é o oitavo município do Estado de Pernambuco com o maior número de trabalhadores formalizados pelo MEI.

De acordo com dados do SEBRAE Pernambuco, Petrolina fechou em 2017, 12.149 cadastros do MEI, e este ano, mais de 610 novos microempreendedores já foram formalizados.

Fazendo um comparativo, no Sertão do São Francisco foram contabilizados um total de 13.183 MEI’s, sendo que o município de Petrolina corresponde a 96,7% deste valor garantindo a oitava colocação em relação ao Estado de Pernambuco, ficando atrás apenas de: Recife, Jaboatão, Olinda, Paulista, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho e Caruaru. 

De acordo com o diretor- presidente da AGE, Sebastião Amorim, a gestão municipal através do projeto AGE Itinerante também veio para aumentar o número de formalizações, fortalecendo e descentralizando os serviços da Agência, levando para os bairros capacitações, consultorias e linhas de créditos orientadas que fez com que os números ficassem ainda mais positivos.

“Em parceria com o SEBRAE e outras instituições parceiras procuramos a cada ano avançar e fortalecer os pequenos e micorempreendedores da nossa cidade. Já podemos comemorar este resultado e constatar a grande adesão de empreendedores ao MEI neste ano, o que fortalece a nossa economia. Quero destacar também o trabalho da Prefeitura em direcionar ações itinerantes para que o público-alvo que são os empreendedores formais e informais pudessem conhecer as atividades desenvolvidas pela Agência”, destacou Sebastião.

MEI

O Microempreendedor Individual – MEI, é a forma de regularização para quem trabalha por conta própria, que permite o trabalhador possuir CNPJ, emitir notas ficais, fazer a contratação de funcionários e contribuir para o INSS. O faturamento anual máximo de um MEI deve ser de R$ 81 mil.