asdasdasdasd

Sesc oferece passeio virtual pela Galeria Ana das Carrancas

por Milena Pacheco 16 de Setembro de 2020 às 16:00
categoria: Cultura e Arte

Amplitudes Visuais garante visitação online e gratuita à exposição “Estratégias para o Contorno”

Com o distanciamento social, mas com o objetivo de manter o público próximo às atividades culturais, o Sesc Pernambuco criou o projeto “Amplitudes Visuais”, um passeio virtual que leva a arte para a casa dos expectadores. É através dele que é possível visitar virtualmente a Galeria Ana das Carrancas, em Petrolina, que está sediando a exposição “Estratégias para o Contorno”, tema do 11º Salão Universitário de Arte Contemporânea, por meio de mediações filmadas disponíveis no canal do Sesc Pernambuco no YouTube (http://bit.ly/sescgalerias).

Foto: Divulgação

Cinco vídeos compõem a exposição. No primeiro, o instrutor de atividades artísticas do Sesc Petrolina, André Brandão, comenta sobre as questões curatoriais que envolvem a exposição e apresenta um pouco mais sobre a Galeria de Artes Ana das Carrancas, assim como sobre a artista que dá nome ao espaço. “São cinco vídeos curtos para que o público tenha uma experiência de mediação artística sem sair de casa”, reforça Brandão.

Nos demais, as obras são apresentadas por mediadores educativos. No vídeo de “Corpos em Contorno”, a mediadora educativa Diana Dandara comenta sobre as ideias de corpo presentes na exposição e apresenta as obras.  Em “Videografias em Contorno”, a mediadora Dida Maria comenta sobre o vídeo enquanto mídia conceitual e poética na arte contemporânea, assim como, apresenta as obras: “Lastros de Família do Mangueio Coletivo” e “Kosi ewé - kosi Orìsà (Sem folha não tem orisá)”, do artista visual Luiz Marcelo.

No quarto vídeo, “Políticas do contorno”, o mediador João Victor aborda algumas problemáticas sobre a invisibilidade dos povos indígenas, os discursos de gênero, questões que atravessam o corpo feminino e a xenofobia discussões que estão presentes nas obras: “Brasis”, de Karkará Tunga Tarairiú, “Sementes Clandestinas” de Ana Flávia Mendonça, “Pisar em ovos” de Marcos Haas e “Pior que a seca é a cerca”, de Humberto Botão.

O quinto vídeo é um bônus, onde o artista Luiz Marcelo comenta sobre a obra “Kosi ewé - kosi Orìsà (Sem folha não tem orisá)” e a mediadora Dida Maria propõe uma atividade educativa a partir das questões que estão presentes na exposição utilizando a técnica da monotipia. Além da Galeria de Artes Ana das Carrancas, a lista de vídeos do projeto “Amplitudes Visuais” no YouTube do Sesc também oferece passeios virtuais por outras galerias da instituição em Pernambuco.

Com informações Assessoria/Fotos: Divulgação

 


Pernambuco entra na programação do Arte da Palavra 2020

por Milena Pacheco 15 de Setembro de 2020 às 08:26
categoria: Cultura e Arte

Projeto do Sesc de incentivo à literatura brasileira ganha nova versão, circula com programação online e conta com a produção de artistas de diversas regiões

O Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras chega à 4ª edição com uma versão inédita. Por conta das mudanças provocadas pela pandemia do novo coronavírus,o projeto contará com uma programação online, reunindo performances artísticas e oficinas de criação. O maior circuito literário do país tem a participação de representantes de 24 estados e um total de 186 atividades entre setembro e dezembro. São 40 escritores, poetas, rappers, slammers, contadores de histórias e outros artistas da palavra em apresentações virtuais gratuitas. O público poderá conferir a iniciativa pela página oficial do Arte da Palavra no Facebook (www.facebook.com/artedapalavrasesc).

Foto: Divulgação

Em Pernambuco, o projetotraz, no Circuito de Oralidades, de 14 a 17 de setembro,o Tapetes Contadores de Histórias (RJ),que narra histórias com tapetes, painéis, malas, aventais, roupas, caixas e livros de pano, para despertar o imaginário das pessoas. No Circuito de Autores,uma conversaentre os autores Cristiano Baldi (RS) e Eduardo Pereira (RJ), no dia 21, às 19h, mediadapor Luana Beatriz (PE); e no dia 22, às 17h, com Tony Borba Melo (PE). No Circuito de Criação Literária, o curso “Escrita Criativa – o processo e o resultado na Literatura”, com Bruno Ribeiro (PB), de 21 a 25 de setembro, das 19h às 21h; e a oficina “Criação de Minilivros”, com Cláudia Gonçalves (RS), de 28 de setembro a 2 de outubro, das 18h às 20h. Para estas duas atividades, é preciso fazer a inscrição pelo e-mail inscricoesculturagsescpe@gmail.com, indicando qual delas deseja participar.

O Arte da Palavra sempre realiza três circuitos: autores, oralidades e criação literária. O primeiro reúne duplas de escritores de localidades distintas para troca de experiências e ideias com o público sobre temas comuns às suas obras. O segundo tem como foco expressões verbais da palavra, como narração de histórias, saraus, performances, slams e repentes. E o terceiro oferece oficinas com temas variados, como incentivo à prática do exercício das manifestações artísticas. A programação segue no ar até dezembro. Ao promover o intercâmbio de artistas e o incentivo à leitura, o Arte da Palavra alcança toda a cadeia da literatura, valorizando as diversas formas de produção e fruição literária.

Para o analista de Cultura do Sesc, Henrique Rodrigues, o projeto evidencia a produção literária nacional e representa uma importante oportunidade de valorização dos profissionais da área em um momento de forte impacto nas atividades culturais. "A seleção de artistas para o Arte da Palavra é realizada em curadoria coletiva, com representantes do Sesc de todo o país, de modo a contemplar todas as diversidades possíveis, seja de gênero, geográfica, étnica, etária e estética. Desse modo, o projeto acaba se tornando um retrato da pluralidade literária do Brasil. Não será possível percorrer as cidades, mas queremos reproduzir o formato presencial das edições anteriores nas plataformas digitais", garante Henrique Rodrigues.

Com informações Assessoria


Sábado (5) tem Banda Erva Doce em live com música, teatro e poesia

por Milena Pacheco 4 de Setembro de 2020 às 08:36
categoria: Cultura e Arte

A noite do próximo sábado (5), promete um surpreendente encontro das linguagens, música, teatro e poesia. É o que propõe a banda Erva Doce com a live/show 'Coloridos Sonhos' que será transmitida a partir das 20h pelo www.youtube.com/sincroniafilmes4k.

Foto: Divulgação

Durante o evento, que faz parte do projeto Vale Apresentar, o vocalista Elder Ferrari, Vitor Aurélio (violonista), Marcos Brasil (baixo) e Fernando Nunes (percussionista), vão mostrar o repertório do EP Coloridos Sonhos, que está sendo finalizado e será lançado no próximo mês de dezembro, mesclado de sucessos que marcaram gerações a exemplo de ‘A Novidade’, ‘Que País É Este’ e ‘Pro Dia Nascer Feliz'.

Formada em 2015, com a proposta de criar um novo som, representando a diversidade e o sentimento musical de Juazeiro, a banda Erva Doce faz um passeio pela Música Popular Brasileira (MPB) e é claramente influenciada por artistas da região como Luiz Galvão, Manuca Almeida e João Gilberto.

O Vale Apresentar é uma realização da Sincronia Filmes com apoio da Clas Comunicação e Marketing e patrocínio exclusivo da Agrovale. O projeto, apresentado pela jornalista e cantora Mirielle Cajuhy, sempre aos sábados às 20h, já mostrou em duas lives o talento e a arte de Tico Seixas e Mariano Carvalho e de Sibelle Fonseca e Roberto Possidio, além de participações especiais de músicos e poetas da região.

Em função da pandemia do novo coronavírus a renda dos encontros é destinada aos artistas e técnicos de som e os alimentos arrecadados serão doados às entidades filantrópicas de Petrolina e Juazeiro.

Com informações Assessoria


É hoje: Andrezza Santos celebra as mulheres compositoras em live

por Milena Pacheco 3 de Setembro de 2020 às 17:59
categoria: Cultura e Arte

Foto: Divulgação

A música brasileira é repleta de talentos femininos, como as já reconhecidas cantoras, mas também muitas compositoras que contribuíram e contribuem para a cena musical do país. Muitas dessas artistas são invisibilizadas pela sociedade e o grupo acaba representando apenas 10% dos compositores que mais ganham com direitos autorais no Brasil, segundo a União Brasileira de Compositores. Celebrando tais talentos, Andrezza Santos realiza hoje uma live show com um repertório composto apenas por criações feitas por mulheres. A transmissão será no canal oficial da cantora no Youtube, às 21h. 

A artista denominou a live de ‘Benza Deusas: Tributo por nós’, fazendo referência ao álbum Benzadeusa (1993) da cantora Rita Lee, mas o repertório reúne músicas de várias outras compositoras nacionais e também aqui da região. "Pensei que esta live poderia ser uma forma de homenagear todas elas, que me inspiram a ser quem eu sou e fazer o que faço. Além de motivar todes a criarem e a consumirem mais trabalhos dessas mulheres incríveis. Podem esperar uma salada de fruta musical, de bossa Nova à rock n’ roll, do brega à ciranda. Tudo o que me inspira musicalmente estará presente nesta live de alguma forma", adianta Andrezza Santos.

Nessa apresentação, a artista canta acompanhada de seu violão e investiga loopings - efeitos eletrônicos - ao vivo com percussão e vocais. O show intimista será transmitido de um estúdio em Juazeiro-BA pela internet (youtube.com/AndrezzaSantosOficial), permitindo que o público acompanhe a apresentação de casa, cumprindo com o distanciamento social necessário neste período de pandemia. A live também conta com a participação da cantora, compositora e comunicadora Mirielle Cajuhy na apresentação.

Paulista com raízes no Vale do São Francisco, não é a primeira vez que Andrezza Santos traz a mulher como inspiração principal para o palco. Seu primeiro álbum autoral Alto Lá (2019) aborda o empoderamento feminino, tema recorrente em suas propostas artísticas. “Desde quando lancei o disco Alto Lá no ano passado, tenho pesquisado e conversado com mulheres sobre representatividade no cenário na música. Sempre vou cantar algo que estou vivendo, sentindo ou que considero importante para ser dito, dentro do lugar que me cabe”, afirma a cantora e compositora.

Com informações da Asssessoria


Coletivo Trippé realiza versão online de espetáculo para crianças

por Milena Pacheco 28 de Agosto de 2020 às 08:47
categoria: Cultura e Arte

Live Debaixo D'Água Dentro da Rede será realizada pelo #TUDOEMCASAFECOMERCIO do Sesc CE

Um espetáculo de dança para crianças do Coletivo Trippé ganhará o mundo digital nesta sexta (28), adaptando o trabalho cênico em uma live no Instagram, mantendo o distanciamento social necessário nesse momento de pandemia. A obra traz discussões ambientais de forma lúdica, 'Debaixo D'Água Dentro da Rede' incentiva a imaginação das crianças brincando com materiais reciclados. A transmissão será feita hoje (28), às 18h30, pelo perfil @trippecoletivo na rede social.

Foto/Divulgação

Chamada de uma “aventura flutuante” por seus criadores, o espetáculo cria coreografias com temas do mundo da água, pensando em discutir com as crianças sobre sua importância e preservação. O que antes era feito no palco, agora será encenado na internet com cada um dos bailarinos dentro de suas casas. "É uma nova forma de brincar com nosso espetáculo, vamos navegar novamente, mas agora na internet", comenta Rafaedna Brito, uma das bailarinas.

A apresentação integra a campanha “Tudo Em Casa” do Sistema Fecomércio, Sesc Ceará, pela unidade de Juazeiro do Norte. O projeto conta com uma programação cultural online em diferentes linguagens artísticas, como artes cênicas (teatro, circo, dança), audiovisual, artes visuais, literatura, música, dentre outras. A iniciativa tem o objetivo de colaborar com o setor artístico-cultural, além de contribuir para a garantia do direito de acesso à cultura, frente à pandemia do COVID-19. Toda a programação pode ser conferida no site https://tudoemcasa.sesc-ce.com.br/.

Durante a pandemia, o coletivo tem realizado várias atividades, como uma mostra de videodanças virtual, uma transmissão online de um espetáculo gravado e lives com conversas entre artistas. Essa é a primeira vez que um espetáculo está sendo adaptado para esse novo formato. "Estamos nos aventurando mais uma vez, agora adaptando nosso espetáculo para as redes sociais, em um convite super especial do Sesc Ceará", explica Adriano Alves, diretor do espetáculo.

A participação na live é totalmente gratuita. Mais informações estão nas redes sociais do coletivo (fb.com/coletivotrippe / @trippecoletivo) e também podem ser solicitadas por e-mail (coletivotrippe@gmail.com).

Com informações Assessoria


Festival Virtual de Arte e Cultura anuncia programação e abre inscrições nas atividades

por Milena Pacheco 26 de Agosto de 2020 às 17:14
categoria: Cultura e Arte

Uma ampla e diversificada programação vai movimentar, entre quarta (2) e sexta-feira (4), os canais de videochamadas e compartilhamento de vídeos administrados pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE). É o I Festival Virtual de Arte e Cultura, evento aberto a estudantes, professores, artistas e pessoas de qualquer lugar do mundo interessadas em contemplar apresentações artísticas e participar de atividades educativas. As inscrições nas atividades são gratuitas e podem ser feitas até o dia do evento em https://ifeventos.ifsertao-pe.edu.br/public/event/289.

Para realizar a sua inscrição, o participante deverá acessar a plataforma IFEventos (https://ifeventos.ifsertao-pe.edu.br/public/), clicar em “cadastre-se” na aba superior e preencher as informações solicitadas. O cadastro servirá para emissão do certificado. O evento é promovido pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura do IF Sertão-PE, com o apoio dos Institutos Federais de Pernambuco (IFPE), Bahia (IFBA), Maranhão (IFMA), Paraíba (IFPB) e Rio Grande do Norte (IFRN), além da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e do Serviço Social do Comércio (Sesc).

A abertura do I Festival Virtual de Arte e Cultura do IF Sertão-PE será na manhã do dia 2 de setembro e até o encerramento, na noite do dia 4, diversas atividades artísticas, como música, dança, literatura, artes visuais, audiovisual e teatro, além de minicursos e palestras sobre múltiplas temáticas, poderão ser acompanhadas de forma on-line pelos canais de videochamadas do Instituto no Google Meet e de compartilhamento de vídeos no Youtube.

O objetivo da iniciativa é fomentar o desenvolvimento de ações culturais e artísticas, de forma a envolver toda a comunidade, proporcionando a divulgação e a valorização de atividades que expressem a diversidade e multiplicidade de linguagens artístico-culturais.

Com informações Assessoria/Foto: Divulgação


Orquestra Sinfônica Brasileira celebra 80 anos de existência

por Milena Pacheco 17 de Agosto de 2020 às 08:23
categoria: Cultura e Arte



Inovações e concertos virtuais celebram os 80 anos da instituição

A Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) comemora nesta segunda-feira (17) 80 anos de existência. Por causa da pandemia de covid-19, a celebração será feita por meio de concertos em vídeo divulgados nas redes sociais.

O plano inicial para comemoração das oito décadas de existência da OSB se baseava em uma Temporada 2020 festiva, com destaque para a música brasileira e os artistas nacionais, tendo a história da instituição como fio condutor das atividades. Em função da pandemia, o projeto precisou ser alterado.

“O isolamento nos proporcionou a possibilidade de inovarmos – o que já é uma tradição da OSB. Adaptamos nossa programação para o formato digital, pois acreditamos que o cenário ainda não oferece a segurança sanitária necessária para voltarmos à rotina de ensaios e concertos presenciais”, disse, em nota, a diretora geral da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira, Ana Flavia Cabral Souza Leite.

“Sabemos que nada substitui a experiência de estar em uma sala de concerto, mas estamos trabalhando no sentido de oferecer em nossos canais digitais um produto de qualidade e que transmita ao público a emoção presente em todas as nossas apresentações”, acrescentou.

Todos os programas serão gravados pelos músicos individualmente a partir de suas casas e os concertos serão exibidos nas páginas da OSB no Facebook e YouTube semanalmente. Amanhã, dia do aniversário, terá início a “Série OSB 80 Anos”. Serão seis vídeos publicados diariamente até o dia 22 de agosto.

O primeiro terá “Música para fogos de artifício reais”, de Haendel. Nos quatro vídeos seguintes serão homenageadas as famílias de instrumentos da orquestra: a percussão, interpretando Bach e Ernesto Nazareth; as cordas, executando uma obra de Alberto Nepomuceno; Mozart sob os cuidados das Madeiras; e Giovanni Gabrieli ao som dos metais. Encerrando a série, a orquestra se une novamente para interpretar o célebre trecho do quarto movimento da 9ª Sinfonia de Beethoven, a “Ode à Alegria”.

A Série Beethoven, em homenagem aos 250 anos do compositor alemão, contará com cinco concertos virtuais, e o primeiro deles será exibido no dia 25 de setembro. Ao longo do ciclo, será apresentado um panorama com algumas das suas principais obras.

Já a Série Clássica Brasileira também ganhará espaço no novo cenário, com dez concertos. No ciclo serão apresentadas obras de compositores nacionais desde Carlos Gomes e Villa-Lobos até artistas contemporâneos como Rodrigo Cicchelli e João Guilherme Ripper. O primeiro programa ganha as plataformas no dia 1º de outubro, e os concertos vão se revezar com a Série Beethoven até o final do ano.

Responsável por revelar talentos como Nelson Freire, Arnaldo Cohen e Antônio Menezes, a OSB promoveu a popularização da música de concerto com projetos relevantes como os Concertos da Juventude e o Aquarius.

Fonte: Agência Brasil/Foto divulgação FOSB


Cia de Dança do Sesc celebra 25 anos com série de lives

por Milena Pacheco 5 de Agosto de 2020 às 08:41
categoria: Cultura e Arte

Projeto “Live 5x5-Vinte e Cinco Histórias Dançantes” será  transmitido pelo canal do Youtube do Sesc Pernambuco 

De 4 a 8 de agosto a Cia de Dança do Sesc Petrolina retomará as celebrações dos seus 25 anos de existência. Desta vez, as estrelas da programação serão as memórias dos bailarinos que participaram ou ainda fazem parte do corpo de baile do grupo. A série “Live 5x5 – Vinte e Cinco Histórias Dançantes”, que será transmitida diariamente, sempre às 18h30, no canal do YouTube do Sesc Pernambuco (sescpernambuco), vai reunir cinco desses artistas por dia, com depoimentos sobre a história do grupo.

Foto: Lizandra Martins

“As lives serão uma oportunidade para o público conhecer um pouco mais sobre a história da Cia de Dança do Sesc a partir do olhar daqueles que fizeram e fazem parte dessa trajetória”, destaca o fundador e diretor do grupo, Jailson Lima.

A primeira live do projeto será na terça-feira (4/8), quando a bailarina Leidy Costa media a conversa com os bailarinos Gracy Marcus, Kleber Candido, Thianny Alves e Paulo Melo. Na quarta (5/8), Thom Galiano conversará com Djma D’Arc, João Rafael Neto, Ítalo Zazu e Leila Santos.

No dia 6/8, André Vitor Brandão reúne os bailarinos Carol Andrade, Mel Nascimento, Cristiano Santana e Osvaldo Júnior para um bate-papo sobre as vivências na Cia de Dança. Sexta-feira (7/8), a conversa será mediada por Clara Ísis, com as participações de Julia Gondim, Cleybson Lima, Rafaedna Brito e Rafael Sisant. A programação de lives será encerrada no sábado (8/8), com os bailarinos Alexandre Santos, Pedro Lacerda, Eliza Oliver, Alan Gerard e Tássio Tavares.

Trajetória – A Cia de Dança do Sesc Petrolina firma-se definitivamente como um espaço de formação em dança na região do Vale do São Francisco, desenvolvendo um trabalho sistemático e ininterrupto em dança contemporânea. Também tem sido responsável pela formação de instrutores, bailarinos e coreógrafos, possibilitando a inserção desses profissionais no mercado de trabalho e contribuindo para formação de novos grupos de dança na região.

Em 25 anos, o grupo alcançou o reconhecimento do público e prêmios, levando para os palcos de vários Estados os espetáculos “Labirintos”, “Chamas”, “Fábrica Mix”, “Ondas Cardiocerebrais”, “Fuá na Casa de Zé Mané”, “Riscos”, “Viva Seu Lua”, “Bailantes, Brincantes Dançantes”,  “Ao Amor e à Dor”, “Esbórnia” , “Eu Vim da Ilha”, “Tatudobrega” e “Rio de Contas”. No início do ano, para celebrar as bodas de prata, o grupo estreou o espetáculo “Aterrágua”, que utiliza como matéria de criação narrativas e imaginários construídos a partir do encontro da água e da terra. Assim como, a importância simbólica desses elementos para nossa cultura.

Com informações Assessoria/Fotos Divulgação


Sesc: Mostra virtual de dança acontece todos os sábados do mês de julho

por Milena Pacheco 4 de Julho de 2020 às 09:49
categoria: Cultura e Arte

Durante todos os sábados do mês de julho, o Sesc vai realizar uma mostra virtual de dança com artistas da região. Dentro da programação, criações de dança desenvolvidas durante o período de isolamento social. O evento será realizado sempre às 17h.

Neste sábado (4) será realizada a performance "Fabulações Cotidianas". O desempenho foi desenvolvido por Alan Barbosa, André Vitor Brandão e será mediado por Flávia Pinheiro. A live será transmitida através de uma rede social.

No dia 11, o bailarino, Marcos Aurélio Soares, comanda a live com o tema ‘Frevo na Rede’. O artista vai apresentar a performance que utiliza do elemento da rede e do ambiente doméstico como mote para criação em dança. A transmissão será feita através de um perfil em uma rede social.

A performance 'Revoada', de Julia Gondim com direção e filmagem de Pollyana Mattana, será a atração da live no sábado (18). A desempenho será mediado por Ana Paula Maich e será transmitido em uma rede social.

O encerramento acontece no dia 25 de julho com a perfomance 'Tá Ok?" de Fernando Barros, com técnica de Edilene Souza e mediação de Paulo de Melo. A apresentação reflete nas reações ao novo normal impostas pela pandemia. A transmissão será feita através de um perfil em uma rede social. (Com informações G1/Petrolina/Foto: Chico Egídio / Arquivo pessoal)


Produção audiovisual é tema de live realizada pelo Sesc

por Milena Pacheco 2 de Julho de 2020 às 09:31
categoria: Cultura e Arte

Bate-papo integra a programação realizada pelo Sesc Petrolina no mês de julho

Nesta quinta-feira, 2 de julho, às 19h, o Sesc Petrolina realiza no canal do Sesc Pernambuco no Youtube (sescpernambuco) um bate-papo sobre “A elaboração e a execução de uma produção audiovisual”. A live terá como convidado o jornalista, produtor e cineasta Wllyssys Wolfgang e mediação do instrutor de atividades artísticas do Sesc Petrolina, Fernando Pereira. Voltado para o público interessado no tema, a live integra a programação realizada pelo Sesc em suas plataformas digitais durante o período de distanciamento social imposto pelo novo coronavírus.

Com informações da Assessoria/Foto: Divulgação