asdasdasdasd

Reitor da UFBA quer que ministro se explique após fazer acusações às universidades

por Milena Pacheco 25 de Novembro de 2019 às 11:56
categoria: Educação

Weintraub falou que as universidades possuem "plantações extensivas de maconha" e utilizam laboratórios para produção de drogas sintéticas

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) quer que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, se explique após fazer acusações contra instituições de ensino.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Weintraub falou que as universidades possuem “plantações extensivas de maconha” e utilizam laboratórios para produção de drogas sintéticas.

Presidente da instituição, o reitor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), João Salles, defendeu que o ministro preste esclarecimentos.

“Se ele descobre que tem um crime sendo praticado, ele como autoridade tem obrigação de comunicar ao Ministério Público. Ele ultrapassou a mera opinião política que poderia ter e indicou como se tivesse ocorrendo crime nas universidades”, disse.

“Ele já não respeitava certos limites, mas essa declaração não tem precedentes. Ele indica de uma maneira precisa como se um crime estivesse sendo praticado e que só não é punido porque a polícia não entraria nos campi. Diante disso temos que tomar uma providência”, acrescentou. (Fonte: Bahia.Ba)