asdasdasdasd

Gabriel Menezes chora ao agradecer votos, prega eleição limpa, mas não entrega 2020

por Karine Paixão 8 de Outubro de 2018 às 12:03
categoria: Eleições 2018

Emocionado, o vereador Gabriel Menezes participou do Programa Nossa Voz desta segunda-feira (08) para agradecer os votos recebidos pela campanha a deputado estadual. Listando dificuldades em desempenhar uma campanha sem altos recursos financeiros, Menezes relembrou os dias que não conseguiu sair para fazer visitas nos bairros por falta de combustível.

“Estou muito feliz apesar de não ter logrado êxito, não ter conseguido a eleição, a gente precisa se orgulhar, a gente precisa agradecer a Deus e a todas as pessoas que de forma limpa, verdadeira, nos deram quase 15 mil votos. Uma campanha com extremas dificuldades. Quem me conhece de perto sabe que em muitos dias a gente deixou de rodar por não ter o próprio combustível. Mas a gente se orgulha por saber que Petrolina e essas cidades sertanejas que nos deram um pouco mais de 2.134 votos que tivemos fora da cidade, que essas cidades acreditam sim que é possível mudar esse quadro nefasto em que se encontra a política do nosso país”, relatou com a voz embargada.

O vereador de Petrolina foi o quarto mais votado em Petrolina e parabenizou os demais postulantes radicados na cidade, destacando Lucinha Mota (PSOL), que dispunha de uma estrutura de campanha semelhante a sua. “Parabéns aos demais, em especial Lucinha Mota. Foi guerreira, mostrou uma votação expressiva e eu sei que a luta dela é por justiça, não só pela elucidadação desse caso ocorrido com a sua filha Beatriz mas, pelos tantos não elucidados, pleos tantos que infelizmente só vemos o crescimento ocorrendo no Estado, os crimes não elucidados”.

Ao agradecer a confiança do eleitorado, Gabriel destacou ainda as comunidades em que foi majoritário e citou a compra de votos como um dos fatores que atrapalharam a sua eleição. “Estou muito feliz, agradeço a Deus. Dormi pouco essa noite, mas o pouco que dormi com a consciência tranquila de não ter me utilizado da prática suja da compra de votos, não pressionei e tenho certeza de que a nossa luta vai continuar por Petrolina, pelo povo sertanejo. Infelizmente a gente sabe ainda como é lutar contra a força imperiosa do sistema, contra a famigerada compra de voto. Mas quero agradecer, fui líder em várias comunidades como Uruás, que quero agradecer onde fui o mais votado e onde a gente vai ter a oportunidade de pessoalmente agradecer”.

Ainda segundo o parlamentar, faltaram pouco mais de 170 votos para que ele alcançasse a suplência. Questionado se esse cenário desenharia uma oportunidade a concorrer a prefeitura de Petrolina em 2020, Gabriel Menezes desconversou. “A hora é da gente realmente tentar reorganizar a vida, como eu disse há alguns dias aqui mesmo no Nossa Voz, a minha esposa está gestante, estamos preste a receber nosso terceiro filho. Agora dia 20 mais ou menos deve estar chegando o nosso Davi, e cada eleição tem suas particularidades. A gente fica muito feliz com a votação expressiva Petrolina nos concedeu e continuo com meu posicionamento contra a reeleição. Que 2020 seja pensado no momento oportuno. Agora é o momento de agradecer a Deus, agradecer Petrolina, ao povo pernambucano por ter me dado essa alegria tão grande de receber esse 14633 votos”.