Filhos de Zé Neto estavam em carro que acompanhava sertanejo na estrada

0
248

Eduardo Martins/AgNews

Zé Neto, da dupla com Cristiano, permanece se recuperando após acidente de carro. Nesta quinta-feira, 7 de dezembro, surgiu a informação de que os filhos do sertanejo estavam no carro da mãe, Natália Toscano, que seguia o marido na estrada.

A família deixou o rancho em carros separados, e Zé Neto saiu dez minutos antes de Natália. A influenciadora não chegou a ver o acidente, mas chegou a tempo de ajudar no socorro do marido. As informações foram dadas pela própria Natália ao programa “Encontro”, da TV Globo.

Zé Neto sofreu acidente na Rodovia Transbrasiliana (BR-163) ao bater contra uma carreta em Fronteira (MG), na noite de terça-feira, 5 de dezembro. O músico segue internado na UTI do Hospital de Base de São José do Rio Preto.

Zé estava sozinho no carro. Ele sofreu uma lesão pulmonar. Outros dois veículos se envolveram na colisão.

Novo boletim médico

Zé Neto, da dupla com Cristiano, já está se recuperando bem e deve ser transferido da UTI para o quarto ainda nesta quinta-feira (7). Ele teve evolução positiva no quadro clínico, mas ainda não tem data para deixar o hospital.

O cantor teve escoriações e fratura em três costelas, e, na madrugada de quarta-feira (6), foi submetido a procedimento cirúrgico para sutura de corte no braço esquerdo.

“O Hospital de Base de São José do Rio Preto informa que o cantor Zé Neto (José Toscano Martins Neto) será transferido da UTI para quarto de enfermaria na tarde desta quinta-feira (7 de dezembro).

A equipe multidisciplinar do HB de Rio Preto decidiu pela transferência após avaliação clínica criteriosa, com auxílio de exames de imagem e laboratoriais, constatando a evolução positiva do quadro clínico e demais parâmetros.

O paciente segue em observação permitindo a alta para o quarto de enfermaria.

Diante da gravidade do acidente automobilístico, os médicos consideram a evolução clínica de Zé Neto bastante positiva, tendo o paciente colaborado de forma importante com a equipe multidisciplinar que o assistiu nos dois dias de internação na UTI. Durante este período, 10 profissionais atuaram: médicos clínicos, cirurgiões e intensivistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeuta, cirurgiã dentista e nutricionista.

Não há, no momento, previsão de alta hospitalar.

(O Fuxico)