asdasdasdasd

Grupo que estava em caverna perdeu uma média de 2 kg de peso, diz médico

por Gabriela Canário 11 de Julho de 2018 às 08:38
categoria: Internacional

Os 12 meninos e o seu técnico que foram resgatados da caverna Tham Luang, no norte da Tailândia, perderam uma média de dois quilos durante as mais de duas semanas que permaneceram presos, informaram os médicos nesta quarta-feira (11).

Alguns dos jovens têm quadros leves de pneumonia, mas nenhum deles registra problemas graves de saúde, apontou em entrevista coletiva, um dos médicos encarregados por avaliar o estado de saúde do grupo, segundo a Efe. Todos passarão pelo menos sete dias no hospital provincial de Chiang Rai.

Nove dias de jejum

O inspetor do Ministério da Saúde Dr. Tongchai Lertvirairatanapong disse que os meninos estão em "boas condições" apesar de ter pedido peso durante o período que ficaram na cavidade subterrânea.

Ele atribuiu sua relativa boa saúde ao seu treinador, Ekkapol Ake Chantawong, de 25 anos, um ex-monge, que foi o último a deixar a caverna. "Tenho de elogiar o treinador que cuidou muito bem dos futebolistas", afirmou, segundo a CNN.

O time de futebol Javalis Selvagens, que entrou na caverna no dia 23 de junho, ficou nove dias sem comer antes de serem encontrados por dois mergulhadores britânicos no dia 2 de julho. Lertvirairatanapong contou que eles beberam apenas água turva, que foi o que os salvou.

A operação de resgate, que mobilizou mais de 1000 pessoas, durou três dias. Os primeiros quatro meninos chegaram ao hospital domingo (8). O restante do time foi dividido em dois grupos: um de quatro - retirado na segunda (9) - e um último na que só veio à superfície na terça (10).

G1