asdasdasdasd

Pernambucana Etiene Medeiros faz história no Mundial

por Mário Souza 6 de Agosto de 2015 às 18:21
categoria: Natação

Fonte : COB

Primeira nadadora brasileira campeã dos Jogos Pan-americanos, em Toronto 2015, a pernambucana Etiene Medeiros voltou a fazer história nesta quinta-feira. Menos de um mês após o ouro no Canadá, a pernambucana conquistou a medalha de prata nos 50m costas do Mundial de Kazan, Rússia, com o tempo de 27s26, e se tornou a primeira atleta do país a subir ao pódio de um mundial em piscina longa. O ouro ficou com a chinesa Yuanhui Fu (27s11) e o bronze com sua compatriota Xiang Liu (27s58). Mais cedo, Thiago Pereira havia ganho a prata nos 200m medley (1m56s65).

Com a marca, Etiene, que também foi a primeira brasileira medalhista no Mundial em piscina curta, estabeleceu novo recorde sul-americano da prova.

"Antes de nadar eu até chorei, falei: 'que sensação louca'. Um vulcão. Só quem está aqui sabe o controle emocional que você tem que ter. Estou muito feliz. É a terceira medalha pra o Brasil aqui na piscina. Eu sabia que ia chegar perto do recorde mundial. Até eu estava pensando nisso. Uma das coisas que eu mudei da semifinal para a final foi o início de prova. Foi bom porque consegui baixar meu tempo e o suficiente para ganhar uma medalha", disse Etiene.

Filha do autônomo Jamison Medeiros e a funcionária pública Etiene Pires, teve seu primeiro contato com as piscinas aos dois anos, por motivo de saúde. Também praticou balé e basquetebol.

Em 2000, aos 8 anos, iniciou sua carreira de atleta no Sport Club do Recife Posteriormente, 2003, nadou pelo Nikita Natação – SESI, onde permaneceu durante nove anos, período que conseguiu superar várias marcas nacionais, como também integrar a seleção brasileira. Em 2012, decidiu deixar a cidade natal e mudou-se para o Rio de Janeiro, dando continuidade aos treinamentos no Clube de Regatas do Flamengo. No ano de 2013, transferiu-se para o clube SESI-SP, onde continua até o determinado momento, ao lado do técnico Fernando Vanzella.