asdasdasdasd

Sheron Menezzes fala sobre sua fama de antipática: “Eu sou direta, e daí?”

por Milena Pacheco 17 de Julho de 2019 às 09:36
categoria: Novelas

Foto: TV Globo

Na festa de lançamento da próxima novela das 19h, Bom Sucesso, a atriz Sheron Menezzes, que interpretará a vilã da trama, rebateu os comentários negativos a respeito de sua simpatia com a imprensa e terceiros. Ao Blog do Leo Dias, do UOL, ela falou: “Ué, eu sou direta. Não estou entendendo essa pergunta. Eu sou direta, e daí?”, questionou.

“Eu só acho que sou direta, e acho isso ótimo. Não tenho rodeios. Se eu gosto, eu gosto. Se eu não gosto, não gosto. E falo e pronto. Eu falo na lata, isso é ruim?”, disparou a artista, que viverá Gisele na trama de Rosane Svartman e Paulo Halm. Bom Sucesso estreia no próximo dia 29 de julho. (Fonte: social1/foto: TV Globo)


Justiça determina mudança da classificação indicativa da novela 'Por Amor'

por Milena Pacheco 17 de Julho de 2019 às 09:26
categoria: Novelas

O Ministério da Justiça, conforme decisão do Coordenador de Classificação Indicativa - Substituto, Eduardo de Araujo Nepomuceno, determinou a mudança da classificação indicativa da novela “Por Amor” de “Livre” para "não recomendado para menores de 12 (doze) anos". A trama de autoria de Manoel Carlos é atualmente exibida nas tardes da Rede Globo no “Vale a Pena Ver de Novo”. 

Foto: Reprodução / TV Globo

No despacho de 12 de julho de 2019, publicado nesta terça-feira (16), consta que “com o advento da Portaria nº 1.189, de 03 de agosto de 2018, novos critérios de classificação indicativa forma estabelecidos, de tal forma que surgiram questões quanto às inadequações possivelmente presentes na obra em apreço, tendo em vista a temática voltada ao público adulto empregada quando de sua primeira exibição”. A trama foi ao ar pela primeira vez entre outubro de 1997 e maio de 1998. 

Conforme análise de monitoramento, realizada durante a atual exibição da novela, foram registradas cenas “contendo as tendências de ato violento, consumo de droga lícita, lesão corporal, apelo sexual, insinuação sexual, nudez velada, estigma/preconceito, dentre outras, que são indicativos de classificação mais elevada”.  

Por fim, o documento determina que a Rede Globo realize a mudança da classificação indicativa de “Livre” para "não recomendado para menores de 12 (doze) anos" dentro do prazo estabelecido de cinco dias, considerando toda e qualquer exibição da trama. (Fonte: bahianoticias/holofotes/Foto: Reprodução / TV Globo)


Lá vem a Globo com uma novela que fará a gente chorar

por Milena Pacheco 5 de Julho de 2019 às 09:31
categoria: Novelas

'Bom Sucesso' destaca a importância de viver intensamente o agora diante da possibilidade de morrer a qualquer momento

O que você faria se descobrisse ter apenas seis meses de vida? Dessa premissa parte a trama principal da nova novela das 19h30 da Globo, Bom Sucesso, de Rosane Svartman e Paulo Halm. Estreia marcada para o próximo dia 29.

Paloma (Grazi Massafera) é uma costureira que cria sozinha os três filhos no subúrbio carioca. Uma vida de sacrifícios, renúncias e poucos momentos felizes. O único alento são os livros — e as fantasias que despertam.

Uma troca de exames faz a batalhadora mãe de família acreditar que vai morrer em pouco tempo. Brota uma urgência em viver intensamente o agora.

Ela para de fazer mil concessões e passa a agir conforme suas crenças e desejos. Sem tempo a perder, sorve da vida tudo o que é possível.

Após algum tempo de ‘piração’, Paloma descobre o erro do laboratório. Mas agora não tem volta: quer continuar a viver sem máscara, sem medo.

Solidária, a costureira decide procurar a verdadeira pessoa que está condenada à morte. Então surge em seu caminho o empresário Alberto (Antônio Fagundes), dono de uma editora de livros. Um homem que perdeu o encanto pela vida.

Entre os dois nasce forte amizade baseada nas pequenas alegrias do dia a dia e no conforto terapêutico gerado pelos bons livros. Juntos, redescobrem o valor da existência.

Bom Sucesso promete se diferenciar das novelas repetitivas dos últimos tempos. O enredo está baseado nas emoções que muitos de nós nem se permitem mais sentir.

Foto: João Cotta/TV Globo / Divulgação

Sua mensagem humanista contrapõe a banalidade da morte no Brasil. Afinal, a melhor maneira de combater o medo e a violência aos quais estamos expostos é viver intensamente como se não houvesse amanhã.

Pode ser interpretada ainda como uma crítica a quem passa tanto tempo nas redes sociais — monitorando famosos, conhecidos e anônimos — que esquece de aproveitar a própria vida.

“O maior sucesso da vida é ter sucesso em viver”, diz o locutor da chamada da novela. Tomara que Bom Sucesso consiga suscitar a autoanálise capaz de tirar muita gente da letargia cotidiana. A teledramaturgia possui esse poder, mas o tem usado pouco. (Fonte: terra/Foto: João Cotta/TV Globo / Divulgação) 


Fora das novelas há 4 anos, Victor Fasano revela: “Saudade não tenho"

por Milena Pacheco 28 de Junho de 2019 às 09:41
categoria: Novelas

Victor Fasano, de 60 anos, disse que sente saudade de trabalhar e ainda falou sobre envio de imagens nu

Conhecido por seus personagens sedutores na televisão, Victor Fasano contou à apresentadora Dani Albuquerque não sentir falta de fazer novelas. "Saudade não tenho. Tenho de trabalhar, de estar em cena. Tudo o que está em volta disso não sei se tenho muita vontade [de retornar]. Se for personagem de galã, esquece.”

Foto: TV Globo/Divulgação e Reprodução/Instagram

Modelo internacional na juventude, Victor ganhou notoriedade na televisão ao retornar ao Brasil e ser escalado para a novela Barriga de Aluguel, sucesso em 1990, atuando ao lado de Cássia Kis e Cláudia Abreu. "Na hora de fechar o contrato eu falei: 'Quero que vocês tenham certeza que estou dizendo que sou modelo, não ator. Não quero que, em algum momento durante o processo, vocês venham me dizer que não sei isso ou aquilo, porque já estou dizendo que não sei e assim mesmo vocês quiseram me contratar'", diz ele, revelando ter alertado a autora e diretor da trama, Glória Perez e Wolf Maya, de suas possíveis limitações para viver seu primeiro personagem na dramaturgia.

Fasano também recorda o papel de Juca na novela de 'De corpo e Alma (1992), um garoto de programa que trabalhava no clube das mulheres. "Era desconfortável. Achavam que eu era aquilo e não o ator. Na rua, em todos os lugares, o pessoal passava a mão. Na gravação, às vezes, tinha que tirar a roupa e os figurantes ficavam passando a mão também. Abusavam", comenta ele, recordando as recorrentes cenas vividas na ficção.

Ele também relembra a tragédia que marcou o país no mesmo ano, quando a filha da escritora Gloria Perez foi assassinada por Guilherme de Pádua, seu par romântico em De Corpo e Alma."Um drama. Não entendemos como pode ter acontecido aquilo. Um ator que convivia com a gente o tempo todo. Inexplicável. E a Glória, no momento seguinte, continuou escrevendo a novela. Ela foi uma fortaleza”, pondera.

Victor conta ainda de seu relacionamento com Maitê Proença quando contracenaram em Cara e Coroa (1995). "Ela é linda e bacana. Uma mulher que tem posição, postura, viajada, um mulherão mesmo, apesar de ser baixinha", brinca. Questionado se a atriz precisava de uma ajuda extra para alcançá-lo no momento do beijo, já que ele mede 1,96m de altura, Vitor é direto ao afirmar que não faltava química entre o casal: "Tudo funcionava perfeitamente bem”.

Hoje amiga do ator, Maitê gravou um recado carinhoso para o ex-companheiro: “Gostei do Victor porque ele não tinha uma personalidade armada, pessoas públicas normalmente tem. Ele era puro e genuíno, achei aquilo um descanso no meio de toda aquela coisa rígida, de todo um comportamento meio previsível, e que ele não tinha. Amo o Victor e vou amá-lo a vida inteira”, diz.

Aos 60 anos, o  eterno galã segue chamando a atenção por sua boa forma. Questionado se recebe propostas indecentes nas redes sociais, ele surpreende ao confessar já ter compartilhado ‘nudes’. "Claro! Do pescoço para baixo", confirma, aos risos. (Fonte: Revista Quem)


Guilherme Fontes relembra no Encontro o Alexandre de A Viagem e declara: “Devia ser refeito”

por Milena Pacheco 3 de Junho de 2019 às 09:19
categoria: Novelas

No ar como o Norberto de Órfãos da Terra, trama das 18h de Duca Rachid e Thelma Guedes, Guilherme Fontes participou nesta quinta-feira (30) do Encontro com Fátima Bernardes e o formato relembrou o Alexandre de A Viagem (1994).

“[A novela] repetiu umas quatro vezes. Até hoje em ando na rua, todos os dias, não há como eu sair na rua e não ser chamado de Alexandre. Um personagem incrível e que está muito próximo dos brasileiros, tem muita gente espírita”, disse o famoso.

Miguel Falabella, que atuou com o astro no folhetim, enviou um depoimento. “Nosso encontro foi muito bonito. A gente fazia cenas lindas na novela antes de o personagem morrer. Sempre que vejo reprises de A Viagem, meu coração sorri”, declarou o artista. Antonio Fagundes também se manifestou.

“Que novela deliciosa. Foi através dela que entrei em contato com a doutrina espírita, é uma coisa muito bonita. Guilherme fazendo um vilão além vida. Lembro de uma coisa bastante engraçada, que era a única novela que o público torcia pra mocinha morrer, porque acabava encontrando o Otávio no céu”, recordou o astro.

“Esse personagem é incrível. Eu tenho dito que ele devia ser refeito. Eu já penso há algum tempo em vários atores que estão por aí. Daria um ótimo filme, um especial ou alguma coisa. A fascinação sobre o personagem ficou muito grande”, declarou Fontes. (Fonte: observatoriodatelevisao/foto: Reprodução/TV Globo)


Cleo Pires é reprovada em teste e perde vaga em 'Éramos Seis'

por Simone Marques 23 de Abril de 2019 às 10:09
categoria: Novelas

Recentemente repercutiu em toda a imprensa a decisão da Globo em escalar Cleo Pires para compor o elenco do remake da novela 'Éramos Seis', no qual trabalharia com a mãe, Gloria Pires, que vai protagonizar a trama.

No entanto, de acordo com informações publicadas no site 'Notícias da TV', a direção da novela acabou reprovando a estrela em um teste de elenco e decidiu colocar outra atriz no lugar. Cleo perdeu a vaga para a atriz Giullia Buscacio, que será a nova intérprete da personagem Maria Isabel, filha de Dona Lola (Gloria Pires).

No mais, vale ressaltar que, assim que terminar 'O Sétimo Guardião', Giullia já começará sua preparação em 'Éramos Seis', onde também atuará ao lado de Nicolas Prattes, que será seu irmão na ficção. Enquanto isso, Cleo ficará na espera de um novo trabalho.(Msn/novelas)

 


Autoras alteram roteiro de “Verão” para saída de Humberto Martins

por Simone Marques 5 de Abril de 2019 às 10:01
categoria: Novelas

O roteiro de “Verão 90” – trama das 19h da TV Globo – teria sido alterado para que Humberto Martins possa deixar o elenco da novela. O ator teria interesse em se afastar definitivamente da novela.

Segundo o colunista Leo Dias, apesar de as autoras Izabel Oliveira e Paula Amaral já terem deixado tudo pronto para que o personagem do veterano saia do ar, o artista negou a informação.

Nos capítulos recebidos pelo elenco na última quarta-feira (4), inclusive, Madá (Fabiana Karla) prevê que Herculano vai morar em Hollywood e rodará um filme sobre o Titanic.(Msn/novelas)


"Malhação" terá primeiro protagonista homossexual

por Simone Marques 3 de Abril de 2019 às 18:08
categoria: Novelas

Após mais de 20 temporadas, a novela “Malhação” trará o personagem Guga (Pedro Alves) que entra em conflito com sua sexualidade depois de terminar o namoro com Meg (Giulia Bertolli).

Ao se descobrir homossexual, o menino precisará enfrentar a necessidade da família rica de manter uma imagem impecável. O pai, Max (Roberto Bomtempo) acha que o filho está querendo curtir a vida. Já a mãe, Regina (Karine Teles), percebe a situação, mas não encara da maneira certa, por estar preocupada com o que os outros vão pensar.

A nova temporada, intitulada “Malhação: Toda Forma de Amar”, deve estrear em abril de 2019. Essa será o primeiro folhetim de Pedro Novaes, herdeiro de Marcello Novaes e Letícia Spiller. Além dele, o elenco com nomes conhecidos como Paloma Duarte, Joaquim Lopes, Henri Castelli, Roger Gobeth, Hugo Moura, Tato Gabus Mendes, Rosanne Muholland, entre outros.

Na história da novela “Malhação”, a orientação sexual foi tema em várias ocasiões. Na mais recente, “Malhação: Vidas Brasileiras”, Michael (Pedro Vinícius) e Santiago (Giovanni Dopico) protagonizaram o primeiro beijo gay entre homens. Em 2018, ocorreu um beijo entre duas meninas, Lica (Manuela Aliperti) e Samantha (Giovanna Grigio). (Msn/novelas)


Danielle Winits comemora retorno à Globo após três anos

por Simone Marques 3 de Abril de 2019 às 09:05
categoria: Novelas

A atriz Daniellw Winits vai voltar para as telinhas. Mas não em uma novela, ao menos por enquanto. A loira vai fazer parte do elenco do Show dos Famosos, quadro do 'Domingão do Faustão'. Ao ser anunciada no programa, no último fim de semana, Danielle comemorou seu retorno à emissora após três anos afastada.

"A gente está sempre começando e eu sou muito grata por isso, por esse meu recomeço. Estou muito feliz com o convite. Já me sinto uma vitoriosa por estar aqui", disse ela.

Além do quadro, Danielle vai fazer parte da série de Miguel Falabella, intitulada de 'Eu, Minha Avó e a Boi', que começa a ser gravada neste ano, mas ainda não tem previsão para estrear.(Ibahia)


Fê Paes Leme e Cláudio Lins são os vilões da vez em 'Malhação'

por Simone Marques 2 de Abril de 2019 às 12:00
categoria: Novelas

Claudio Lins está de volta à 'Malhação - Vidas Brasileiras'. Na trama o ator dá vida a Osvaldo, personagem que se une a Solange (Fernanda Paes Leme) para acabar com o casamento de Gabriela (Camila Morgado) e Rafael (Carmo Dalla Vecchia). No episódio que vai ao ar hoje, a vilã Solange não se conforma em ver o amado novamente com a rival e conta com a ajuda do pai de Hugo (Leonardo Bittencourt) para colocar um plano audacioso em prática.(O Dia)