asdasdasdasd

Bodocó: Prefeito Tulio Alves é advertido sobre uso da propaganda institucional para promoção pessoal

por Redação Nossa Voz 15 de Março de 2019 às 09:29
categoria: Política

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito de Bodocó-PE, Túlio Alves, que não use na propaganda institucional qualquer ato publicitário que vincule ou associe alguém ou grupo de pessoas à marca da administração pública ou caracterize promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos. A recomendação, emitida pelo promotor de Justiça Bruno Pereira de Lima, vale também para a propaganda institucional veiculada no site oficial da Prefeitura e redes sociais.

Segundo o promotor, esses espaços não devem conter nada que faça promoção pessoal da pessoa física de gestores, ex-gestores e servidores públicos. O ato de promoção pessoal pode caracterizar ato de improbidade administrativa.

O MPPE recomendou ainda ao prefeito de Bodocó que, em shows realizados na cidade que envolvam recursos públicos de qualquer origem, dados referentes à realização devem ser colocados em uma placa. Os dados que deverão constar na placa são os nomes de cada atração contratada e o respectivo valor; nome da empresa responsável pela estrutura de palco e valor; nome da empresa responsável pelo equipamento de som e o valor; e a origem dos recursos para as contratações. A placa deverá ser instalada em local visível e ser retirada apenas após o período de realização do evento. (foto: Reprodução TV Grande Rio)