asdasdasdasd

Lucas Ramos destaca passagem de Roberto Tavares pela Compesa

por Milena Pacheco 20 de Agosto de 2019 às 09:57
categoria: Política

O deputado estadual Lucas Ramos (PSB) foi à tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco para destacar a passagem do fazendário e administrador Roberto Tavares à frente da Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa. Por decisão do governador Paulo Câmara, o comando da empresa estatal passou nesta segunda-feira (19) para a engenheira civil Manuela Marinho.

Foto: Reprodução

Lucas ressaltou a dedicação de Tavares ao longo dos mais de oito anos à frente da presidência da Compesa destacando avanços em diversas áreas do abastecimento de água e no serviço de esgotamento sanitário por todo o estado. “Com coragem, Roberto Tavares enfrentou o enorme desafio de buscar a universalização do acesso e uso da água e do saneamento de Pernambuco em todos os 184 municípios mais o arquipélago de Fernando de Noronha, colocando sempre em primeiro lugar o interesse da população”, afirmou.

O parlamentar enumerou as principais realizações do ex-presidente, em especial as que atendem à população do Semiárido. “Roberto Tavares aumentou a capacidade de vazão da Adutora do Araripe, beneficiando dez municípios da região. Também trabalhou muito pelo saneamento de Petrolina, melhorando a distribuição de água na sede e nas áreas rurais do município”, disse. “Ainda no Sertão do São Francisco, ampliou a adutora de Rajada, Afrânio e Dormentes, bem como os sistemas de abastecimento de água de Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Cabrobó”, completou.

A atuação de Roberto Tavares na melhoria da rede de adutoras foi elogiada pelo deputado. “Tenho caminhado pelo estado inteiro e encontro as ações de Roberto Tavares no Pajeú, como por exemplo a implantação da adutora daquela região, que retira água do São Francisco no município de Floresta para abastecer cidades como Serra Talhada, Carnaíba, Afogados da Ingazeira, Tuparetama e São José do Egito”, enumerou. 

O trabalho pela Adutora do Agreste, obra de mais de R$ 2,5 bilhões feita em conjunto com o Governo Federal, também foi lembrado pelo socialista. “Ainda junto com Eduardo Campos, Roberto liderou o maior investimento hídrico da América Latina: a Adutora do Agreste, que quando estiver concluída vai levar água a partir da transposição do São Francisco para mais de 2 milhões de pernambucanos em 68 municípios”, cravou. “Por determinação do governador Paulo Câmara, a obra se encontra em execução. Um pouco mais lenta por conta dos atrasos das transferências do Governo Federal, ainda assim a água do Velho Chico já se encontra em fase de testes no município de São Caetano. Isso mostra a determinação de Tavares, um gestor que fez desta obra o maior desafio da sua carreira”, acrescentou.

Lucas fez questão de salientar a atenção do ex-presidente com as barragens do estado: “Uma área delicada, pois se tratam de estruturas essenciais para o acúmulo de água e contenção de enchentes como a barragem de Serro Azul, localizada em Palmares e denominada Barragem Governador Eduardo Campos por iniciativa nossa. Ela é fundamental para evitar tragédias como as ocorridas no início desta década em cidades da Mata Sul. Mais uma prova da atuação plural que a Compesa desenvolveu sob a liderança de Roberto Tavares”, finalizou o deputado.

Na Compesa desde 2007, Roberto Tavares assumiu a presidência da Companhia em janeiro de 2011. Continuará contribuindo com o Governo do Estado, agora atuando como assessor especial do secretário de Fazenda, Décio Padilha. (Ascom)