asdasdasdasd

MDB confirma nome de Miguel Coelho com palanque unido e nova meta de cuidado com as pessoas

por Milena Pacheco 16 de Setembro de 2020 às 15:59
categoria: Política

Com a família reunida e celebrando o legado de todas as gerações, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho teve o nome confirmado pelo MDB na busca pela reeleição. Ao lado do candidato a vice na sua chapa, Simão Durando, Miguel fez um balanço dos quatro anos de gestão reforçando o olhar para os novos desafios que precisam ser enfrentados.

Mas antes que discursasse, ele foi precedido pelos irmãos, os deputados Antônio Coelho (estadual) e Fernando Filho (federal), que ressaltaram a força política do grupo na atração de obras e destinação de recursos para a cidade.

Em seguida, o ex-deputado federal e presidente da Abrafrutas, Guilherme Coelho, ressaltou as características de liderança e atenção aos anseios da população. “Ele [Miguel] é muito atencioso, presta atenção ao que as pessoas falam com ele. Isso é uma característica importante na política. Ele sabe fazer equipe (…) Tem sensibilidade, sabe se colocar no lugar do outro”, descreveu Guilherme.

O senador, Fernando Bezerra Coelho se mostrou emocionado e ressaltou o compromisso da geração que os antecedeu, composta por nomes como Nilo Coelho, Osvaldo Coelho, Zé Coelho e Geraldo Coelho, com o desenvolvimento de Petrolina, sempre colocando o município como prioridade.

Por fim, Miguel Coelho apresentou para o público que acompanhou a convenção dia redes sociais a sua disposição em continuar administrando a cidade. “Quando começou a campanha, a gente falava para Petrolina que tinha um potencial grande que estava adormecido. O que precisava era circular, ter humildade e vontade de trabalhar. Então foi só pedir ajuda das pessoas certas, priorizar as pessoas e suas demandas . Não dá para achar que há uma solução única para Petrolina, que a demanda do João de Deus é mesma do José e Maria, do Henrique Leite ou do Caititu. A gente chega aqui, quatro anos depois, com um coração tomado de alegria. O sentimento é de dever cumprido, até porque do primeiro mandato entregamos mais de 90% do nosso programa de governo. Assumimos há 4 anos atrás o compromisso de cuidar ainda mais das pessoas”.

Fonte: Blog Nossa Voz