asdasdasdasd

Perfil Parlamentar de Osvaldo Coelho mostra como é “fazer a boa política”, destaca autor

por Simone Marques 24 de Abril de 2019 às 12:31
categoria: Política

Foi lançado na manhã desta quarta-feira (24), no Espaço do Servidor, no Anexo II da Câmara dos Deputados, o Perfil Parlamentar de Osvaldo Coelho. O livro faz parte de uma série exclusiva reservada a políticos que, através da prática no Congresso Nacional, se destacaram na história do país. A publicação é de autoria do consultor legislativo, Ricardo José Pereira Rodrigues, foi editada pela Edições Câmara e pode ser adquirida na livraria da Câmara e pela internet no endereço livraria.camara.leg.br . No endereço eletrônico ainda há uma versão para download gratuito.

Várias autoridades prestigiaram o evento, a exemplo do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, o senador e ex-governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos, os deputados federais Fernando Filho, André de Paula, dentre outros.

Representando a família de Osvaldo Coelho estavam Ana Josepha (filha), acompanhada do marido Gercino e os filhos do casal, Gercino Filho e Felipe; Guilherme Coelho (filho), acompanhado da esposa Lila e dos filhos Arthur e Bruno; o genro Silvo Medeiros, a neta Ana Helena Medeiros ; o irmão Adalberto Coelho e o sobrinho e ex-governador da Bahia , Nilo Coelho.

O presidente do Instituto Liberdade e Cidadania, parceiro da Câmara dos Deputados neste lançamento, José Carlos Aleluia, ao discursar na cerimônia não poupou elogios ao trabalho desempenhado por Osvaldo Coelho e sua disposição para melhorar a transformar a vida população. “Ler a biografia significa aprender um pouco do que foi feito pela pessoa. Eu conheci os Coelhos na Bahia e pude perceber o quanto eles eram persistentes e o quanto eles defendiam as suas regiões. Osvaldo apareceu na Chesf com a ideia de que a Companhia poderia ajudar na construção de uma escola técnica. Era uma semente. Essa escola técnica em que ele levou o pleito ao presidente da Chesf e nós aprovamos, virou a Universidade Federal do Submédio São Francisco. (…) Osvaldo é uma forma de trabalhar, é um jeito de exercer a vida pública, é um exemplo para todos nós, para todos aqueles que trabalham como deputados. Para mim, Osvaldo foi sempre uma inspiração e o seu livro vai ficar sempre na minha cabeceira”, confessou.

O ex-deputado federal Guilherme Coelho, agradeceu ao autor e a editora do Perfil e destacou a missão assumida pelo pai. “Quero cumprimentar a editora da Câmara e ao Ricardo pela dedicação para que esse livro pudesse sair. Nilo morre, foi operado em um Hospital de São Paulo, mas não resiste. Ficamos órfãos, sem saber para onde ir. Mas Osvaldo Coelho teve a tenacidade, teve a vontade de não deixar aquilo morrer, de continuar aquele trabalho. (…) E ele dizia uma coisa importante: que os mais fortes existiam para cuidar dos mais fracos. E foi por isso que no túmulo dele está escrito: quero ser lembrado como o homem que cuidou dos mais fracos do Sertão brasileiro”.