asdasdasdasd

Usina Fotovoltaica é o ‘futuro’ na produção de energia, diz superintendente

por Milena Pacheco 5 de Agosto de 2019 às 12:26
categoria: Política

Inaugurada nesta segunda-feira (05) com a presença do presidente da república, Jair Bolsonaro, a Usina Solar Flutuante instalada no Reservatório de Sobradinho, na Bahia é um projeto inovador. Trata-se da primeira do país instalada dentro d’água e traz perspectivas inovadoras na produção de energia de forma sustentável. Em entrevista ao Nossa Voz, o superintendente de engenharia de geração da Chesf, Douglas Nobrega, explicou que já há produção no local porém ainda para uso interno da Companhia Hidroelétrica do São Francisco.

(foto: Chesf)

“Trata-se inicialmente de pesquisa e desenvolvimento. A energia gerada na usina está sendo usada para os sistemas auxiliares da Usina de Sobradinho. É um periodo de testes. Aproximadamente em um ano isso estará concluído e a gente vai passar a transferir toda essa energia pra população. Energia suficiente para alimentar em torno de 1800 famílias”, explicou.

Segundo dados repassados pela Chesf, Usina Solar Flutuante,integra o projeto do Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp), que tem possui uma planta fotovoltaica em terra de 2,5 MWp (Mega Watt pico). O Cresp tem uma carteira de projetos a serem implantados que somam cerca de R$ 200 milhões (incluindo a Usina Fotovoltaica Flutuante).

“São plantas de geração limpas, totalmente sustentáveis, ambientalmente sustentáveis e corretas, então não há agressão ao meio ambiente, não há a questão fundiária, não atrapalha as pessoas”, reforçou Nobrega.

A segunda etapa do projeto contemplará uma nova Usina Solar Flutuante, também no Reservatório de Sobradinho, e ao término da conclusão da segunda etapa, a capacidade instalada será de 2,5MWp. O valor do investimento nessas duas antas solares totaliza a R$ 56 milhões.

“As energias renováveis representam hoje 1/5 de toda a energia produzida no Brasil. No Nordeste por exemplo, em alguns momentos a energia eólica e a solar, somando, geraram quase que 100% da energia consumida em alguns momentos. Então é a tendência, futuro, é o que o mundo está fazendo de limpo na geração de energia”, acrescentou. (Fonte: Blog Nossa Voz)