asdasdasdasd

Ambulantes aglomeram Câmara de Vereadores pedindo explicações sobre instalações de barracas no São João

por Adriana Rodrigues 16 de Maio de 2017 às 16:55
categoria: Regional

Vários ambulantes de Petrolina aglomeraram a Câmara de Vereadores nesta terça-feira (16), para pedir ao legislativo esclarecimentos a cerca das instalações de barracas no São João.

Segundo Marcos Hilton do José e Maria, a prefeitura terceirizou os espaços onde será realizado o evento nos bairros. "A gente só quer explicações. Não estamos falando de Miguel Coelho. A gente só quer saber. Ano passado a gente já sabia, onde iríamos instalar nossas barracas, esse ano ninguém sabe de nada. A gente está coligado com os vereadores mas estamos avulso, a gente não sabe de nada. Dizem que terceirizaram para a Top Eventos e nós que passamos o ano esperando o São João para poder ganhar um dinheiro para se manter o resto do ano e chega essa época do ano e eles terceirizam", lamentou. De acordo com Marcos, o temor da categoria é ficar sem trabalhar. "A gente não está pedindo nada a ninguém, nada é de graça. Os custos são altos. Já está em cima, eu que moro no José e Maria não vou poder colocar barraca dentro do meu próprio bairro? Ou seja, jogavam a gente em uma cinuca de bico", desabafou.  

Através de nota, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, sobre a concessão de espaços durante o São João dos bairros, informa que foi firmado um termo de cooperação técnica entre a Prefeitura de Petrolina e a Central Única dos Bairros (Cubape), através do qual, a administração municipal disponibiliza as atrações musicais, enquanto a Cubape se responsabiliza pela parte estrutural que compreende palco, som, iluminação e também a comercialização de alimentos e bebidas.

O termo de cooperação técnica garante à Cubape toda a autonomia para que esta possa deliberar sobre qual será a melhor forma de explorar o espaço e assim reaver os investimentos feitos pela entidade com a respectiva estrutura da festa.

Vale ressaltar ainda que a escolha pela Cubape deve-se ao fato da mesma ter apresentado toda a documentação exigida para firmar o termo de cooperação técnica. A Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes informa também que este modelo foi adotado para assegurar que cada bairro fosse contemplado com 2 dias de festa garantindo a democratização dos festejos em todas as regiões da cidade.


Servidores lotam a Câmara de Petrolina para pedir apoio quanto ao reajuste salarial de diversas categorias

por Adriana Rodrigues 16 de Maio de 2017 às 12:47
categoria: Regional

Os servidores que não foram contemplados com o aumento salarial do mês passado, paralisaram suas atividades por 24h, nesta terça-feira (16), em Petrolina. Na sessão da Câmara, na Cassa Plínio Amorim os manifestantes lotaram o plenário, pedindo a intermediação do legislativo com a prefeitura para as negociações, que segundo o presidente do Sindsemp, Walber Lins, não tem tido sucesso.

Ele informa que dos servidores existentes, 1.200 não receberam aumento. Dentre as categorias, estão agentes de endemias, agentes de saúde, médicos, enfermeiros, dentistas, agente de trânsitos, fiscais de transporte, analistas de controle interno e auditor-fiscal da fazenda. “Essas categorias receberam zero de aumento. Durante assembleia teremos deliberação, pra que a gente possa conduzir o processo daqui pra frente e espera que o executivo conduza o que é de direito dos servidores”, destacou Lins.

Edson Freitas, diretor do sindicato dos enfermeiros do Estado de Pernambuco, diz estar insatisfeito com executivo. “Após três reuniões, não tivemos avanço e a gente veio buscar o apoio dos vereadores. A gente espera esse término de ação para que possamos avançar em nossa pauta, já que a data base do município é em janeiro e mais de 70% dos cargos efetivos do município já tiveram seu aumento”,

Romário Rodrigues Nascimento, agente de saúde, também pedie a sensibilidade dos parlamentares. Segundo ele, o salário da categoria está defasado e não é reajustado há três anos.

O projeto de reajuste foi aprovado na Câmara por unanimidade, e viabiliza o reajuste salarial apenas de 75% dos servidores municipal, que inclusive já foi pago em abril. A proposta fez parte das primeiras negociações em relação às reivindicações do sindicato, visava o reajuste de todas as categorias, porém apenas parte dos servidores tiveram os direitos assegurados.

 


Detran-PE faz manutenção em sistema e serviços ficam fora do ar

por Simone Marques 15 de Maio de 2017 às 12:00
categoria: Regional

Os sistemas do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), nas unidades dos Shoppings e nas Ciretrans estão fora do ar nesta segunda-feira (15). Isto porque, desde a última sexta-feira (12), quando computadores do mundo todo foram atingidos por um ciberataque causado pelo ransomware WannaCry, o órgão está realizando uma atualização preventiva no sistema, paralisando os serviços temporariamente.

Segundo a assessoria de imprensa do Detran, os serviços na sede, que fica no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife, estão funcionando normalmente, porque a atualização já havia sido feita na última sexta. Já nas unidades dos Shoppings e Ciretrans, a previsão é de que as atividades sejam normalizadas ainda hoje.

"A gente tomou ações preventivas desde sexta, quando teve o foco do ataque. Para isto, a gente precisou tirar os sistemas do ar. Os servidores mais importantes estão operando normalmente. É uma medida preventiva de cautela. Não houve impactos ou invasão dos sistemas do Detran", explica Dércio Lira, gerente de Informática do órgão. (Com informações do JConline)


Vigilância sanitária apreende 37kg de queijos em panificadora no Centro de Petrolina

por Redação Nossa Voz 15 de Maio de 2017 às 06:49
categoria: Regional

A Agência Municipal de vigilância Sanitária (AMVS) apreendeu na quinta-feira (11) 37 kg de queijos sendo comercializado em indevidamente em uma panificadora no Centro de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com o órgão, o produto tinha o registro da Bahia (SIE-Bahia) e não possuía a autorização para a comércio no estado de Pernambuco.

Segundo a vigilância, o Serviço de Inspeção Estadual (SIE) de outro estado não tem comercialização autorizada em Petrolina. Esse controle adotado pelo município é para garantir a qualidade dos produtos consumidos pela população local.

As fiscalizações sanitárias acontecem rotineiramente. Denúncias de irregularidades podem ser realizadas pelo telefone (87) 3864-2738 ou da Ouvidoria 156. As denúncias são protocoladas e, em seguida, averiguadas.

 


Monumento que promete ser cartão-postal da cidade foi inaugurado em Petrolina

por Adriana Rodrigues 10 de Maio de 2017 às 20:57
categoria: Regional

Quem trafega pela orla de Petrolina, pôde notar que mais um monumento integra o local. Trata-se de uma homenagem à capital da irrigação.                                                                                                   

Às 19h desta quarta-feira (10), foi inaugurada a obra que custou R$ 40 mil e inova com uma hastag seguida de um coração e o nome da cidade, traduzindo o amor por Petrolina (#Eu<3Petrolina). Com as cores branca, azul, vermelho, amarela e verde, a escultura promete ser o cartão-postal da cidade.                                                                                                                                       

O prefeito Miguel Coelho ressaltou a sua felicidade por ser a primeira obra de muitas que ele promete inaugurar. “É uma alegria muito grande inaugurar o primeiro atrativo turístico e o melhor é que a prefeitura não gastou nada. A gente já sabia que a orla era o ponto de encontro de algumas pessoas, mas ninguém via nada com o nome de Petrolina para tirar uma foto, para levar o nome de Petrolina para o mundo. Resolvemos fazer o que as grandes cidades já fazem. Petrolina é grande e tenho certeza que nossa cidade vai ganhar o mundo com fotos nossas e dos nossos turistas”, destacou.

O ex-deputado fez questão de agradecer a parceria do empresário Sérgio Menezes que em sua fala prometeu contribuir para o desenvolvimento econômico de Petrolina. De acordo com ele, esse é só o começo de uma história que será construída com a prefeitura. “É com grande satisfação podermos de alguma forma contribuir para a sociedade de Petrolina, com esse monumento que vai agregar valores.

O empresário anunciou que após o São João, será lançado em Petrolina um empreendimento que vai ajudar a cidade com aproximadamente setecentas vagas de estacionamento. “Precisava ter essa integração da sociedade com o empreendimento e poder público para a gente fomentar mais ainda a economia”, destacou. Menezes garantiu que a aposta trará competitividade e mais viabilidade para o município. “É um momento promissor para Petrolina e eu acredito muito nesse prefeito”, reiterou.

Dentre as autoridades, marcaram presença no evento o presidente da Câmara de Petrolina Osório Siqueira, os vereadores da base aliada e diversos representantes da sociedade civil.

 


Ronaldo Silva diz que vereadores convocam audiências públicas apenas para se aparecerem

por Adriana Rodrigues 9 de Maio de 2017 às 16:22
categoria: Regional

Mais uma audiência pública foi realizada na Câmara de Vereadores de Petrolina, nesta terça-feira (09). Dessa vez para tratar sobre o aumento das tarifas de transporte coletivo que passaram a vigorar a partir das 00h do dia 19/03/2017 – conforme requerimento de nº 0102/2017, de autoria do vereador Gilmar dos Santos (PT).

Antes de começar, o vereador Ronaldo Silva (PSDB), retirou-se do plenário e disse que audiência pública é perda de tempo. Ele critica a forma como são tratados os encaminhamentos após as audiências. Segundo o parlamentar, alguns vereadores convocam audiências para se aparecem perante a comunidade. 

“Eu não participo mais de nenhuma Audiência Pública nessa Casa, pois já participei de diversas audiências e eu nunca vi ninguém resolver nada. Se eu tiver errado, alguém me mostre. É perca de tempo! Alguns vereadores fazem para se aparecer. Então quem convocou que se apareça só. Pelo regimento interno, quem convoca é obrigado a participar, além de um membro da mesa. Os demais vereadores não tem obrigação de participar", alfinetou.


Cabrobó promove Audiência Publica para discutir perenização do Riacho Grande

por Mário Souza 4 de Maio de 2017 às 16:14
categoria: Regional

Agricultores, representantes do Governo do Estado de Pernambuco, Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores de Cabrobó, além de Sindicalistas e entidades ligadas a questões agrícolas, participam nesta sexta-feira (5) de uma Audiência Publica que discutirá projetos que visam resolver as dificuldades hídricas na região

Promovido pela Câmara de Vereadores, o evento será sediado no Ginásio de Esportes Valdemir Jacinto Pereira (O Araujão) em Cabrobó-PE. A abertura dos debates esta prevista para as 8horas da manhã e as discussões devem se estender até o incio da tarde.

Entre os temas a serem discutidos, estão ; a Perenização do Racho Terra Nova (Riacho Grande) e seus benefícios para os pequenos produtores rurais dos municípios de Cabrobó e Terra Nova. Outra pauta da audiência, será a instalação do Perímetro Irrigado do Jatobá, que teria um papel importante no desenvolvimento econômico dos municípios de Cabrobó e Orocó.

O evento contará com as presenças do Vice-Governador Do Estado de Pernambuco, Raul Henry (PMDB), Prefeito de Cabrobó, Marcílio Cavalcante, Deputado Federal Kaio Maniçoba (PMDB), e os Deputados Estaduais Rodrigo Novaes (PSD) e Lucas Ramos (PSB), Secretario Municipal de Agricultura Glênio Rodrigues e Vereadores de Cabrobó.

Além das falas das autoridades, os representantes da sociedade civil organizada, terão oportunidade de expressar seus anseios mediante inscrição prévia.


Compesa cobrança débito de R$ 60 milhões ao governo do Estado

por Karine Paixão 2 de Maio de 2017 às 16:57
categoria: Regional

 

Duas semanas depois de a deputada estadual Priscila Krause (DEM) questionar a dívida do governo de Pernambuco perante a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) – taxas de água e esgoto dos prédios públicos -, a Diretoria de Mercado e Atendimento da Companhia enviou carta ao secretário da Fazenda, Marcelo Barros, cobrando a regularização dos débitos com “a maior brevidade possível”.

Segundo o texto, a manutenção dos débitos compromete os fluxos de caixa da empresa. Assinada pelo diretor de Mercado e Atendimento, Eduardo Cunha Sabino, o comunicado foi enviado ao governo pernambucano no dia oito de março e sua cópia chegou ao gabinete da deputada através de ofício do Ministério Público de Contas (MPCO) – acionado por Krause após seu discurso na Assembleia.

Até janeiro deste ano, conforme o documento oficial, o montante de taxas de água e esgoto em aberto somava R$ 62,0 milhões, considerando boletos em aberto desde 2012.

A maior parcela desse débito, no entanto, se refere a 2016: mais de R$ 40 milhões.

“O maior problema é que as contas deste exercício, 2017, continuam se acumulando e os pagamentos não estão sendo cumpridos. No nosso cálculo, esse valor já soma sessenta e oito milhões de reais. Só das unidades prisionais, de janeiro a março, o débito soma um milhão e seiscentos mil reais”, disse.

Entre as explicações dos possíveis prejuízos da Compesa em consequência das faturas em aberto do governo estadual, Priscila destaca o risco perante os empréstimos com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Na carta-cobrança, a Compesa explica que “os lançamentos contábeis para PDD relacionados ao débito em questão geram um impacto negativo na apuração do lucro contábil, além da diminuição do EBITDA, provocando o descumprimento de cláusulas contratuais associadas a financiamentos obtidos junto ao BNDES, gerando, por conseguinte, uma reclassificação desses empréstimos do longo para o curto prazo”.

Veja os principais débitos até janeiro de 2017:

Secretaria de Saúde: R$ 19,92 milhões

Secretaria de Educação: R$ 19,26 milhões

Secretaria Executiva de Ressocialização: R$ 11,26 milhões

Polícia Militar: R$ 2,83 milhões

Funase: R$ 1,79 milhões

(Com informações do blog do Jamildo)


Rui Costa fala sobre Pacto Pela Vida, Política, Investimentos para Juazeiro, Reformas da Previdência e Trabalhista

por Adriana Rodrigues 2 de Maio de 2017 às 16:48
categoria: Regional

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), participou na manhã desta terça-feira (02), de mais uma reunião regional sobre o Pacto Pela Vida. O encontro aconteceu em Juazeiro, cidade vizinha, na Chácara BouGainVille.

Já foram realizadas reuniões, em Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna e Eunápolis. Juazeiro é a 5º cidade a sediar o encontro. O evento contou com as presenças da Presidente do Tribunal de Justiça, Maria do Socorro Barreto, do Defensor Geral Clériston Calvalcanti, Presidente da Assembleia Ângelo Coronel, da Procuradora-geral de Justiça da Bahia, Ediene Lousado; além dos Secretários Estaduais de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Carlos Martins; de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis e de Administração Penitenciária e Ressocialização, Nestor Duarte.

De acordo com o governador Rui Costa, o objetivo do encontro é somar esforços da Prefeitura, Justiça e Ministério Público, a favor da vida e da segurança das pessoas, para que a integração e o melhor funcionamento das instituições possam dar melhores resultados quanto a segurança pública.

O petista destacou a violência doméstica como propulsora dos altos índices de insegurança no Estado. “É importante que nós consigamos mobilizar, para que os pais possam abraçar os seus filhos, os seus netos, que infelizmente no Brasil tem aumentado os números de criança de até 08 anos de idade com armas, então é preciso que as famílias façam um abraço mais afetuoso e tenham cuidado maior com nossas crianças”, disse.

Na oportunidade, o governador respondeu questionamentos sobre outros assuntos como: Investimentos para o norte do Estado, Reformas da Previdência e Trabalhista, como também, sobre política.

Graer Norte

Sobre a disputa de quem vai sediar o Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer), entre Juazeiro e Paulo Afonso, ele explicou que a primeira unidade já foi inaugurada no interior do Estado, em Barreiras e que a próxima será inaugurada em Irecê no município de Lençóis. “Em função da crise estamos fazemos gradativamente. A crise levou muitos dos investimentos a gente tratar com mingau quente, comendo pelas beiradas, ou seja, a gente não deixa de fazer, mas tivemos que reprogramar os investimentos, assim como estamos fazendo na base aérea da polícia. Os dois primeiros foram o oeste e área central do Estado. Temos outras áreas para trazer que é o norte e o extremo sul, porém só anuncio investimento quando tenho data e recurso encaixado, ainda não temos recursos para o norte e sul”.

Investimentos para Juazeiro

Costa anunciou a inauguração de uma Unidade de Oncologia para Juazeiro, que é chamada de Unacom, para o ano que vem. De acordo com ele, está mobilizando os prefeitos para o consórcio de saúde. “Tá em nosso planejamento construir uma policlínica na região, para que as pessoas possam fazer todos os seus exames aqui. Um investimento de R$ 24 milhões, além disso, temos investimentos em várias estradas, entre elas a BA 210, que nós vamos recuperar. Um trecho urbano que é o nosso compromisso com o prefeito de duplicar de 3 a 4 km, dentro de Juazeiro, para facilitar o tráfego das pessoas em frente ao IF Sertão BA, sai do mercado do produtor até o contorno de Sobradinho passando em frente o IF. Em maio certamente sai a licitação”, garantiu.

Ainda, a cerca da recuperação da rodovia BA-210, trecho que liga Sento Sé a Sobradinho, que tem sido alvo de muitas reclamações de condutores, e é um problema que vem se arrastando, o governador prometeu que essa rodovia, está incluída nesse mesmo empréstimo, e que o Secretário de Infraestrutura do Estado está em Brasília buscando acelerar assinatura para que a obra possa ser licitada. “Essa BA é prioridade pra gente”, disse.

Reformas da Previdência e Trabalhista

O governador se mostrou contra as reformas e disse que estão sendo realizadas com pouco diálogo. “Estão colocando a conta para o mais pobres pagarem. O desiquilíbrio é maior na previdência pública e não na previdência dos trabalhadores. Eu sou a favor que o Brasil deveria tratar da previdência social não como cálculo previdenciário, mas social, em função da falta de assistência, de oferta de serviços de saúde, públicos, ao longo de muitas décadas para a zona rural de nosso país. Então são os trabalhadores mais sofridos que podem pagar a maior conta nessa reforma. Então não acho justo, não acho correto”, opinou.

Eleições 2018

Rui Costa desconversou quando questionado sobre os rumores de uma possível candidatura do prefeito de Salvador ACM Neto ao governo do Estado. “Isso é uma opção de cada um, eu não emito comentário e não dou palpite sobre candidatura. É uma decisão pessoal de cada um, cada um toma a decisão que lhe convier. Até chegar as eleições, vamos trabalhar, tem um ditado que diz, nada supera o trabalho”, argumentou.


Veja quais categorias paralisam atividades na greve geral desta sexta

por Adriana Rodrigues 27 de Abril de 2017 às 12:00
categoria: Regional

A sexta-feira 28 de abril de 2017 não será um dia comum no Brasil, pelo menos no que depender das centrais sindicais. A promessa dos grupos é que várias categorias participem da greve geral em protesto à reforma da Previdência e à reforma trabalhista em discussão na Câmara e propostas pelo governo Temer.

Confira abaixo quais são até o momento:

Rodoviários

Os funcionários vinculados ao Sindicato dos Rodoviários (STTREPE) decidiram aderir à greve geral desta sexta-feira (28). A decisão foi comunicada durante a caminhada realizada no final da tarde desta segunda (24), que protestava contra a retirada de cobradores das linhas de ônibus. De acordo com Genildo Pereira, do STTREPE, a decisão foi unânime entre os sindicalizados. A suspensão dos serviços começará à 0h da sexta, voltando às atividades regulares no dia seguinte.

Bancários

Em assembleia realizada na terça-feira (18), os profissionais decidiram aderir ao movimento nacional, que também protesta contra a Lei da Terceirização, aprovada no final de março.

Metroviários

O setor de transportes também pode ser impactado pela paralisação. Os metroviários vinculados ao Sindmetro-PE também se mostraram favoráveis às atividades do dia 28. Um estado de greve foi decretado no último dia 19 e uma nova assembleia nesta terça (25) define se eles paralisam ou não nesta sexta.

Polícia Civil

Os policiais civis de Pernambuco, na útlima quarta-feira (19), indicaram que também vão cruzar os braços em protesto contra às reformas trabalhista e previdenciária. O ato se estende pelas 24 horas do dia 28. A decisão foi definida duas semanas após o STF determinar inconstitucional a deflagração de greve por policiais e servidores públicos da área de segurança pública.

Trabalhadores dos Correios

Os trabalhadores dos Correios em Pernambuco decidiram entrar em greve por tempo indeterminado durante assembleia realizada na noite desta quarta-feira (26) no Clube Português, Zona Norte do Recife. A decisão reforça o movimento nacional, que é contra as demissões, fechamento de agências e possibilidade de privatização. As atividades começam a ser suspensas já a partir das 22h desta quarta. A estatal afirma que os prejuízos somaram R$ 2 bilhões no ano passado.

Servidores da Alepe

O Sindicato dos Servidores no Poder Legislativo do Estado de Pernambuco (SINDLEGIS) declarou que os servidores da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) se unem ao dia nacional de paralisação, nesta sexta. O grupo fará panfletagem para mobilizar os demais funcionários até o dia da greve geral.

Guardas municipais

Insatisfeitos com o tratamento recebido pela Prefeitura do Recife, os guardas municipais decidiram aderir à paralisação geral que acontece no próximo dia 28. Segundo o presidente do Sindguardas Recife, Ewerson Miranda, nada do que foi prometido e assinado em acordo realizado no início do ano, foi cumprido. 

Aeronautas

Em assembleia realizada nesta segunda-feira (24), os aeronautas decretaram estado de greve e, na próxima quinta-feira (27), decidirão se cruzarão os braços. Segundo o Sindicato Nacional dos Aeronautas, as assembleias foram realizadas em São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre.

Servidores Administrativos Fazendários de Pernambuco

Segundo o Sindicato dos Servidores Administrativos Fazendários de Pernambuco, toda a categoria irá paralisar as atividades em apoio ao movimento de greve geral, nesta sexta-feira (28). De acordo com a classe, o governo vem promovendo grandes ataques aos nossos direitos sociais através das reformas da Previdência e Trabalhista.

Servidores do Ministério Público de Pernambuco (MPPE)

Em assembleia realizada nesta quinta (20) no Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco Sindsemppe), os servidores do MPPE, decidiram aderir a greve geral. A concentração será a partir das 12h na Praça do Derby. Promotores e procuradores vão apoiar a manifestação no Derby.

Federação Nacional dos Petroleiros (FNP)

A federação confirmou que vai paralisar as atividades durante o dia 28 de abril para aderir à greve geral. 

Sindicato dos Correios

O Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos de Pernambuco (SINTECT-PE) vai realizar assembleia na próxima quarta-feira (26), às 18h30, para decidir se deflagra greve por tempo indeterminado em todo o Estado. A categoria informou, entretanto, que independentemente do que for determinado nesta reunião, participará da paralisação geral do dia 28. As reivindicações da categoria incluem críticas à gestão da empresa, como proibição de férias até maio de 2018 e defasagem salarial.

Professores da UFPE

Em assembleia geral extraordinária realizada pela ADUFEPE , os docentes da UFPE decidiram por paralisação no dia 28 de abril em adesão à Greve Geral. A assembleia também aprovou por unanimidade a contrariedade dos docentes às reformas da previdência, trabalhista, às terceirizações e à cobrança de mensalidade em universidades.

Sindsprev

Os servidores públicos federais de Pernambuco irão aderir à paralisação nesta sexta-feira (28). Com a greve da categoria, serviços prestados no Ministério da Saúde e nas agências do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) serão afetados.

Agentes penitenciários

A categoria publicou nota nesta segunda-feira (24) confirmando sua adesão ao movimento grevista.

Auditores Fiscais do Estado e Julgadores Tributários

Filiados ao Sindicato dos auditores fiscais e julgadores tributários do Estado de Pernambuco (Sindfisco) também declararam apoio à greve geral, que é contra a Lei da Terceirização e às reformas trabalhista e previdenciária.

Professores e servidores civis do Colégio Militar do Recife

Outras categorias que participam da paralisação geral do próximo dia 28 é a dos professores e a dos servidores civis do Colégio Militar do Recife (CMR). A decisão foi tomada em uma assembleia da Sinasefe-CMR, sindicato que representa os grupos.

Servidores Municipais do Recife

Os servidores municipais do Recife decidiram, em assembleia, aderir a greve geral. No dia da paralisação, sexta (28), o Sindicato dos Servidores Municipais do Recife (Sindsepre) vai realizar uma nova assembleia da categoria no Pátio da Câmara Municipal às 9h. O SINDSEPRE representa os/as servidores/as de todas as Secretarias da Prefeitura, inclusive o setor de Finanças, Controle Urbano, Fiscalização, as empresas e autarquias municipais: URB, EMLURB, CSURB, CTTU, EMPREL e os serviços das Farmácias, Assistência Social, Creches, CAPS e setores administrativos.

Polícia Rodoviária Federal

Por unanimidade, os PRFs decidiram aderir à paralisação geral que acontece nesta sexta-feira (28). O presidente Frederico França convidou a todos para também apoiarem nos demais atos que devem acontecer relacionados ao tema.

Professores da rede particular

Os professores da rede privada de ensino vão paralisar as atividades e se integrarão às demais que categorias que vão parar nesta sexta (28). O Sinpro, sindicato da categoria, está organizando uma assembleia nesta quarta-feira (26) para definir se aceitam a proposta oferecida pelos donos dos colégios, mas a entidade já confirmou que os profissionais de ensino vão participar da greve geral

Simpere Recife

O Sindicato Municipal dos Professores da Rede de Ensino do Recife determinou que seus profissionais também paralisem as atividades nesta sexta-feira (28).

Servidores do TCE-PE

Os servidores do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) vão apoiar a paralisação nacional geral convocada para o próximo dia 28 contra as reformas propostas pelo presidente Michel Temer. A decisão foi tomada em Assembleia Geral Extraordinária convocada pelo Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (Sindicontas-PE), nesta terça-feira (25), que representa cerca de 700 servidores.

Professores estaduais

 

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) informa à população que todas as unidades de ensino da rede estadual estarão fechadas nesta sexta-feira (28), mediante a participação da categoria na Greve Geral. A decisão dos trabalhadores em Educação de Pernambuco em fortalecer a luta nacional contra as Reformas da Previdência e Trabalhista e parar as suas atividades foi tomada em Assembleia Geral realizada no dia 19 de março, no Teatro Boa Vista.

Professores da UPE

Por conta da paralisação nesta sexta-feira (28), os professores da Universidade de Pernambuco (UPE) irão suspender as atividades.

Procuradores e promotores

A Associação do Ministério Público de Pernambuco, entidade que representa promotores e procuradores de Justiça do Estado, vai apoiar as manifestações desta sexta-feira (28). Promotores e procuradores irão à concentração dos manifestantes, na Praça do Derby, a partir das 15h, e não estarão em atividades nas promotorias.