asdasdasdasd

Privatização da Chesf é discutida durante audiência publica em Santa Maria

por Neya Gonçalves 11 de Novembro de 2017 às 11:51
categoria: Regional

O deputado estadual Lucas Ramos (PSB), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf na Assembleia Legislativa de Pernambuco, participou de audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira (10) na Câmara de Vereadores de Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do estado. A reunião, proposta pelo vereador Izinho Moura (PT) e que contou com presença de representantes de entidades e movimentos sociais, alertou para os efeitos que a venda da estatal pode acarretar na economia e no desenvolvimento da região.

Lucas Ramos chamou a atenção para a importância da manutenção de políticas públicas que favoreçam o uso múltiplo da água do São Francisco, o que não está garantido com a privatização. “O Projeto Fulgêncio e assentamentos dependem do Velho Chico e sem seus recursos, a principal atividade econômica do município entra em colapso, pois haverá o comprometimento da agricultura familiar e irrigada”, destacou o socialista, que acrescentou: “A Adutora da Redenção, que também será atendida pelo rio e reduzirá em 70% o abastecimento de água através de carros-pipa quando estiver concluída, precisa da Chesf fortalecida para cumprir sua função social atendendo às famílias de Santa Maria da Boa Vista”, disse.

O parlamentar também lembrou a situação das famílias atingidas pelas construções de barragens tocadas pela Chesf. “Estamos atentos à luta destas comunidades, que tratam a questão do reassentamento diretamente com a Companhia. O que a venda da estatal reserva para estas famílias? São temas importantes que precisam da participação popular no debate em torno da privatização e nossa Frente Parlamentar desempenha este papel, ao contrário do governo Michel Temer que insiste em não promover uma discussão ampla com a sociedade”, asseverou.

Participaram da audiência pública o vice-prefeito Valter Firmino (PT); os vereadores Jorge do Futuro (PTB), Guidô (PDT), Gildo Gás (PSD), Edmilson Brito (PT), Carlos Augusto (PSC), Anderson Alves (PDT), Ronaldo Sá Dadinho (PDT), Cícero Manoel (PSB) e Ana Graciliano (PSB), além de representantes de entidades e movimentos sociais como Movimento dos Sem Terra; Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares de Pernambuco; Sindicato dos  Trabalhadores Rurais de Santa Maria da Boa Vista e Federação Regional dos Urbanitários do Nordeste. Nenhum membro do governo federal esteve presente na audiência.