asdasdasdasd

Sobre fiscalização da operação carro pipa, Zé Batista rotula postura de líderes comunitários: 'viúvos do poder'

por Redação Nossa Voz 13 de Novembro de 2017 às 10:41
categoria: Regional

A Prefeitura de Petrolina inicia na quarta-feira (15), o abastecimento de água em diversas localidades da zona rural do município, com a contratação emergencial de 10 caminhões-pipa. Além deles, mais um caminhão que estava em manutenção da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário também estará se somando à tarefa, totalizando 11 veículos, beneficiando assim, mais de 350 famílias que sofrem com a seca.

A iniciativa, coordenada pela Secretaria Municipal, tem como propósito atender às comunidades da zona rural que não são contempladas pela Operação Carro-Pipa e nem outro tipo programa. O secretário da pasta, Zé Batista da Gama, disse que é importante a participação das lideranças comunitárias nesta ação, entretanto rotulou alguns representantes. “Eu quero que vão as lideranças comunitárias que tenham compromisso e respeito com as autoridades. Agora, [tem] os “viúvos do poder” que deixaram de mamar nas tetas da prefeitura e que ficam querendo criar chifre na cabeça de cavalo. A gente tem que ter responsabilidade com as coisas e os “viúvos do poder” ficam criticando. Eles estão míopes sem enxergar o que o governo Novo Tempo tem feito”, disse.

O secretário culpou o Governo de Pernambuco pelo registro da falta de água por conta da longa estiagem e pelas constantes falhas no abastecimento de água. “Você não vê um carro pipa do estado dentro de Petrolina. Ainda tem pipeiro para receber [pagamento] de cinco anos atrás. Paulo Câmara está governando de costas para o nosso município. Petrolina precisa da ação do estado”, criticou Zé Batista.

Da Redação com informações Ascom