asdasdasdasd

Missa em homenagem a Eduardo Campos é celebrada no Recife

por Adriana Rodrigues 14 de Agosto de 2018 às 08:25
categoria: Religião

Uma missa em homenagem ao ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos está sendo celebrada na noite desta segunda-feira (13) na Igreja Matriz de Casa Forte, na Zona Norte do Recife. Campos morreu há quatro anos em um acidente aéreo em Santos, em São Paulo, em plena campanha presidencial, que também vitimou seus assessores.

Na celebração, estão presentes os familiares do ex-governador; o prefeito do Recife, Geraldo Julio; e secretários estaduais e municipais, entre eles Fred Amâncio, Pedro Eurico, Sileno Guedes e Antônio Figueira. O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), Marcos Loreto, também está presente. A missa é celebrada pelo Monsenhor Luciano Brito, vigário-geral da Arquidiocese Olinda e Recife. "Essa frase marcou para sempre todos nós: 'não vamos desistir do Brasil'. Parafraseando Eduardo Campos, em entrevista ao Jornal Nacional, não vamos desistir da família", disse o religioso.


Bispo convoca fiéis a colaborar com restauro do Palácio e evita comentar sobre shopping popular

por Karine Paixão 23 de Março de 2018 às 12:23
categoria: Religião

Contando com a presença dos representantes das paróquias que pertencem a Diocese de Petrolina, integrantes da comunidade leiga da Igreja Católica, órgãos de imprensa e vários colaboradores, foi lançada na manhã desta sexta-feira (23) a Campanha de Restauro do Palácio Diocesano. Apresentada pelo bispo Dom Francisco Canindé Palhano, a mobilização envolve a captação de recursos através da venda de bilhetes de sorteio do cinco motocicletas de diversos modelos. As cartelas já começaram a ser distribuídas entre os presentes que prometeram se empenhar para a obra seja iniciada. Três arquitetos se voluntariaram a elaborar e executar o projeto, com a promessa de manter toda a estrutura original. 

“Na verdade, tudo já foi iniciado quando os arquitetos se colocaram a disposição para gratuitamente dar os passos necessários para fazerem os pré-projetos e os projetos serem aprovados e o começo de verdade já aconteceu e agora de maneira oficial com esse lançamento que nós fizemos”, revelou Dom Francisco em entrevista ao Nossa Voz.

Questionado sobre a construção de um shopping popular no terreno do Palácio Diocesano, o bispo de Petrolina limitou-se numa breve resposta. “Nós agora estamos falando do restauro”. A equipe que vai elaborar o projeto assumiu a missão de preservar a arquitetura original. “Esse é um novo grupo que vai pensar e pensar com muito critério para fazer efetivamente o melhor. O projeto, a propósito se chama restauro. E o que é um restauro? É aquilo que nos volta para o original. Claro que nós vimos a situação como é que está e nós queremos a janela no mesmo lugar, uma janela tratada, enfim, que possa preservar aquilo que é de verdade essa beleza arquitetônica”. 

Sobre a possibilidade de abrir o Palácio Diocesano para visitação após o término da obra, Dom Francisco explica que isso ainda não foi definino. “Ainda não foi pensado nada disso. Estamos cuidando do restauro do Palácio que é uma residência. Então como é que nas nossas residências acontecem as visitas? De forma muito restrita porque tem a intimidade da família, como no Palácio tem a intimidade de todos que vão morar aqui como o bispo, seus assessores, secretário, entendeu? Funciona desse jeito. Por enquanto nós estamos preocupados em dar esse primeiro passo que é pensar que é construir esse restauro. Isso para nós é o mais importante”, destacou. 

Integrante da equipe de restauro, o arquiteto Sílvio Maniçoba explica que antes de iniciar a parte prática do projeto é necessário catalogar toda a estrutura. “Essa é a segunda vez que nós nos reunimos. Mas já temos uma linha inicial que seria fazer o cadastro de todo o prédio, de toda área externa e em cima desse cadastro, através de pesquisas, documentos, fotos, conversar com as pessoas antigas, a gente montar ou traçar como começaremos essa obra física. Já sabemos mais ou menos o que tem que ser feito”. 

Mesmo estando na parte embrionária, Maniçoba revela os pontos que já foram definidos. “Pensamos, por exemplo, os aposentos do bispo, dos padres que virão morar no Palácio, já pensamos   na implantação de um elevador que não choque com a fachada, com o exterior. Embutir toda essa parte de ar condicionado e instalações elétricas que foram feitas durante os anos. Tudo tem que ser muito bem cuidado. Talvez a grade lateral que antigamente existia no Palácio para ter uma visão melhor da esquina na Pacífico da Luz. Tudo é preliminar, é o segundo encontro nosso, mas a gente já está com uma linha bastante definida quanto a isso”. 

Os custos, segundo o arquiteto, ainda não podem ser repassados. “É muito difícil prever um orçamento porque cada ação a gente vai descobrindo coisas e fica muito difícil definir de quanto seria esse custo”. 

Mas o profissional reforça o empenho em realizar a obra de forma atisfatória. “É uma nova equipe. Fomos convocados por Dom Francisco e aí nos colocamos nós três, Estênio Nune e Doroteia, então estamos abertos. Somos uma comissão e teremos que convocar engenheiros porque vai mexer com estrutura, temos que envolver as pessoas de um modo geral que possa contribuir, colaborar de maneira geral. É um trabalho de doação e é muito orgulho da gente poder participar desse restauro do Palácio”, reforçou. 


Renovação de alvarás do serviço de transporte público pode ser feito online em Petrolina

por Adriana Rodrigues 14 de Março de 2018 às 15:25
categoria: Religião

Desde janeiro, a Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla) está renovando os alvarás de transporte público complementar e individual de passageiros de Petrolina. O documento concedido ao permissionário do serviço legaliza o exercício da profissão e é emitido anualmente e segue o calendário do órgão. Este ano, a novidade é que o agendamento para renovação do Alvará pode ser feito online, através do link https://ammpla.interage.in/publico. Em seguida, basta o motorista informar o número do Termo de Permissão (TP) e o CPF ou CNPJ do proprietário do veículo.

Após preencher essas informações, o motorista vai enviar os seguintes documentos digitalizados: cópias dos documentos pessoais, comprovante de residência, Certificado de Registro de Veículo (CRV), certidão negativa de antecedentes criminais dos estados da Bahia e Pernambuco, certidão de nada consta da habilitação, e a comprovação dos cursos de especialização. Poderão ser requisitados outros documentos dependendo da categoria do veículo. Após isso, ele receberá o boleto para pagamento das taxas e saberá a data para comparecer no Sest/Senat, no bairro KM 2, para fazer as vistorias.

O cronograma de vistorias é o seguinte:

– Para transportes complementares, táxi, fretamento e turismos, a primeira vistoria vai até 16 de abril, e a segunda, de 2 de julho a 1º de agosto;

– Para mototaxistas, a vistoria acontece até 30 de abril;

– Para a categoria escolar, a primeira vistoria vai até 30 de março; a segunda, de 15 de junho a 16 de julho; e a terceira, de 1º a 30 de outubro.


Petrolina se prepara para festa de acolhida ao novo bispo diocesano

por Adriana Rodrigues 2 de Março de 2018 às 14:15
categoria: Religião

Petrolina se prepara para dar as boas vindas ao novo bispo diocesano Dom Francisco Canindé Palhano. Um momento de alegrias para todos os que aguardaram ansiosos por um novo pastor. Com o lema “É necessário que ele reine”, dom Francisco Canindé chega na diocese de Petrolina para pastorear as ovelhas cristãs católicas que o aguardam desejosos de renovações para tantos leigos e leigas que vivem o Ano do Laicato, trabalhando diariamente em ser Sal da terra e Luz no mundo.

Ás 16h está programada a concentração dos fiéis, para o acolhimento cristão. A chegada do reverendo está prevista para as 17h. Como virá de Senhor do Bom Fim, ele atravessará o Rio São Francisco de barquinho, como simbolismo as dioceses que tem suas sedes banhadas pelo Rico Chico e como apelo a preservação do Rio. Em seguida ele será conduzido até a igreja matriz, onde acontecerá o primeiro cerimonial com a acolhida do prefeito Miguel Coelho, logo após será acompanhado pelo cortejo de fiéis até a praça Dom Malam depositar flores e se dirige a Catedral para o ritual católico. Para o Padre Augusto a figura do bispo representa a unidade. O indicado para conduzir o rebanho de Deus mundo a fora. "O sentido para a diocese é aquele que chega para ocupa a cadeira que estava vazia. É um momento que desperta o chamamento para a vivência da prática do bem", ressalta.

Sobre o Bispo

Natural de São José de Mipibu (RN), Dom Francisco nasceu em primeiro de fevereiro de 1949. Foi ordenado sacerdote, na Igreja de Sant’Ana e São Joaquim, em São José de Mipibu, em 2 de fevereiro de 1975, pelo então arcebispo de Natal, Dom Nivaldo Monte. Dom Francisco é mestre em Teologia Moral, pela Academia Alfonsiana da Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma. Dom Francisco, chama atenção um detalhe, pois seu nome é Francisco, nomeado pelo Santo Padre o papa Francisco e chega na nova diocese atravessando o Rio São Francisco, o Velho Chico e toma posse no Ano diocesano do Rio São Francisco.


Prefeitura e Diocese discutem esquema para chegada do novo bispo de Petrolina

por Simone Marques 16 de Fevereiro de 2018 às 15:53
categoria: Religião

Uma equipe da Prefeitura de Petrolina se reuniu, nesta sexta-feira (16), com os representantes da Diocese, Vital Maurilo e Paulo César Gomes, para discutir um esquema para a chegada do novo bispo da cidade, Dom Francisco Canindé Palhano. A ideia é articular a melhor logística para a recepção marcada para às 17h do dia 03 de março. 

Durante o encontro, realizado na sede da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS), foram apresentados 11 ítens para discussão, desde solicitações de limpeza, reforço de iluminação, poda de árvores até intervenções no trânsito e logística de segurança pública. 

O secretário da SEDURBS, Eduardo Carvalho, já colocou as equipes de limpeza e manutenção à disposição, assim como a Guarda Civil Municipal e a diretoria de Disciplinamento Urbano. “Este será um momento histórico para Petrolina, o prefeito Miguel Coelho orientou dar toda a atenção possível para que o evento seja organizado e seguro como deve ser. Vamos continuar conversando com todos os envolvidos para garantir o sucesso da recepção ao novo bispo”, destaca Carvalho. 

Contando também com a presença dos secretários-executivos de Serviços Públicos, Fred Machado e Segurança Pública, José Silvestre e da engenheira de tráfego da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), Paula Lopes, este foi o primeiro encontro para discutir a proposta apresentada pela Diocese. Outros devem ser marcados, inclusive com o Exército Brasileiro e as polícias Civil e Militar, para definir toda a logística necessária para a realização do receptivo.

 


Diocese de Juazeiro lança Campanha da Fraternidade 2018 com dados sobre violência no campo e contra a mulher

por Simone Marques 15 de Fevereiro de 2018 às 09:53
categoria: Religião

Com o tema “Fraternidade e superação da violência” e lema “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8), o lançamento da Campanha da Fraternidade 2018 apresentou histórias de pessoas que lutam pela superação da violência durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (14).

Com esta iniciativa, a Diocese de Juazeiro e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) convidam todos os homens e mulheres de boa vontade para percorrer o caminho da superação da violência crescente em todos os níveis. Violência de morte, de abuso de poder, de descarte da pessoa, de quebra de relações de confiança, de degradação da família, de ganância e corrupção, de marginalização da infância e da adolescência.

"Sabemos que a violência assusta e tem crescido. Só no interior da Bahia foram assassinadas mais de 3.300 pessoas, um número que assusta. Um sistema que gera a exclusão social, que gera a miséria no povo e nos coloca um desafio, um esforço de toda a sociedade para a realização de um mutirão", enfatiza o bispo diocesano Dom Beto Breis.

A coordenadora da Pastoral da Mulher em Juazeiro Fernanda Lins apresentou dados relevantes sobre a violência, fruto da sociedade, principalmente nos casos de prostituição na cidade.

"A pastoral atua a favor das mulheres, a exemplo da prostituição, que são muito mais violentas por exercerem essa profissão, pois a sociedade julga e aponta. Nós atuamos em 23 espaços de prostituição em Juazeiro como mulheres entre 18 e 29 anos, uma boa parte apresenta apenas o ensino fundamental II, equivalente a 42%. A maioria dos agressores são os maridos (companheiros) e detectamos que elas não conseguem enxergar os calotes que sofrem dos homens e nossa luta continua com os trabalhos de assistência”, disse.

A realidade dos conflitos nos campos são inúmeras na região. Desde 1995 a Comissão Pastoral da Terra começou a publicar dados da violência dos últimos anos, que tem piorado, principalmente nos municípios de Casa Nova e Campo Alegre de Lourdes na Bahia.

"O ano passado foi um dos mais sangrentos, o tempo do terror, pois temos uma realidade de teimosia e resistência das comunidades, a lei diz que o governo deveria regularizar as terras em nome dos que habitam na localidade. Muitas pessoas foram ameaçadas de mortes e ainda são assassinadas. Mais de 13.500 pessoas na Bahia participaram de conflitos de terra só em 2016, em ocupações, o trabalho escravo aumentou. Na nossa região, a prática tem se dado com os grileiros, só em Casa Nova mais de mil famílias sofrem porque em fazendas estão realizando a plantação de eucaliptos e muitos empresários tiram o direito à terra das pessoas que sofrem violência", ressaltou a coordenadora da Comissão Pastoral da Terra, Marina Rocha.

Ainda de acordo com a CPT, as comunidades persistem em permanecer nos territórios. Em 2017, foram assassinadas 65 pessoas, vítimas da violência no campo e o nível de crueldade aumentou com a retomada dos massacres. As áreas de pesquisas de minério na região também contribuem com a prática dos conflitos.

O pároco da Paróquia Nossa Senhora das Grotas Josemar Mota, enfatizou o tempo favorável, a quaresma, como um momento de reflexão, oração, partilha e humildade levando o amor ao próximo.

"Esse é o tempo em que todas as comunidades da Diocese realizam momentos de reflexão, celebrações e motivam os fiéis a seguir o exemplo de Jesus de amar ao próximo. Esses momentos são marcados durante os 40 dias, onde apresentamos a tradicional Caminhada da Penitência e Semana Santa", concluiu o padre.


Campanha da fraternidade 2018 discute como superar a violência

por Adriana Rodrigues 14 de Fevereiro de 2018 às 11:20
categoria: Religião

Tudo pronto para campanha da fraternidade (CF) 2018. A edição deste ano será lançada em uma cerimônia no auditório da sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília (DF). O evento acontecerá logo mais 14  às 10h.

Com o tema “Fraternidade e superação da violência” e lema “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8), a solenidade de lançamento da CF 2018 apresentará histórias de pessoas que lutam pela superação da violência. Um videodocumentário da CF, trabalho do padre Vilson Groh, e a mensagem do Papa Francisco para o período da Quaresma serão apresentados no dia do evento. Ao final da cerimônia de lançamento, a CNBB realizará uma coletiva de imprensa.

Sobre a importância do tema e da vivência dele por toda a sociedade, Padre Emanuel, disse que o tema será abordado "através das celebrações, da conscientização, de reflexões, nos grupos e movimentos. Segundo ele, é uma chamada de consciência para superação da violência, que pode começar no coração de cada um.  Para o padre, sem a justiça social não haverá superação.


Festa da Padroeira de Juazeiro terá início nesta quarta (30)

por Redação Nossa Voz 29 de Agosto de 2017 às 07:51
categoria: Religião

Fé e devoção são marcas do novenário de Nossa Senhora das Grotas, padroeira de Juazeiro (BA), que terá início nesta quarta-feira (30), com missa presidida pelo bispo emérito Dom José Geraldo da Cruz.

Neste ano, as celebrações serão realizadas na frente da Catedral-Santuário, devido o número de fiéis nos últimos anos, que já não comportava na Igreja.

A programação ainda contará com quermesse todas as noites, cobertura e entrevistas ao vivo na página da Diocese e Catedral e no dia 03 (domingo), noite da juventude, haverá o show "Canções Divinas" de Targino Gondim, onde ele apresentará músicas religiosas em estilo regional.

Todas as celebrações serão temáticas com a participação das paróquias da Diocese que são: Cosme e Damião, Santo Antônio, Santa Terezinha, São Francisco, Nossa Senhora de Fátima, Santo Afonso e Nossa Senhora Aparecida; juntas com as pastorais: Familiar, Sociais, Dízimo, Movimentos Marianos e Confrarias; e o Setor da Juventude, além das comunidades: Shalon, Mãe Imaculada e Renovação Carismática Católica.

A Festa da Padroeira tem como tema a frase bíblica: "Fazei tudo o que Ele vos disser" (Jo 2,5), em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem de N. Sra. Aparecida, padroeira do Brasil.

Esse ano, a procissão sairá às 17h da comunidade Nossa Senhora de Nazaré, no bairro Quidé e será animada por três ministérios de música da Diocese em minitrios. 

Confira a programação completa da Festa da Padroeira:

30/08 à 07/09 – Novenário na praça da Catedral (sempre ás 19h30)

Celebrações especiais:

29/08 – Celebração da Misericórdia – (19h30)

02/09 – Missa para as crianças (9h) e Missa da Saúde (16h)

03/09 -  Show "Canções Divinas" de Targino Gondim (21h)

07/09 - Envio da imagem de Nossa Senhora das Grotas para a igreja do Quidé (21h)

Durante a semana: Novena na Catedral, sempre às 12h

08/09 – Dia da Festa:

7h – Missa presidida pelo Pároco

10h – Missa solene presidida pelo Bispo diocesano (Dom Beto)

17h – Solene Procissão (saída da Igreja Nossa Senhora de Nazaré – bairro Quidé


MP recebe processo para tomar conhecimento do Shopping Popular Dom Malan

por Redação Nossa Voz 26 de Agosto de 2017 às 08:19
categoria: Religião

Nesta sexta-feira (25), a Vereadora Cristina Costa foi convidada  por uma comissão de católicos, para uma audiência com a promotora de Justiça Ana Rúbia Torres, das Promotorias de Cidadania e Patrimônio. A comissão levou documentos fundamentando que o Palácio Diocesano só deve ser usado como residência do Bispo ou Seminário para a formação de novos padres. A polêmica é que no entorno do palácio deverá ser construído o Shopping Popular Dom Malan, como contrato de aluguel do terreno por parte da Igreja Católica, que está incomodando os católicos, a partir da  carta do bispo emérito de Petrolina Dom Paulo Cardoso à sociedade, ao Ministério Público, à Câmara de Vereadores e ao prefeito Miguel Coelho, contestando o empreendimento.

O Ministério Público vai instaurar um procedimento e avaliar se a negociação comercial do Palácio Diocesano fere direitos do cidadão petrolinense. Para a Vereadora Cristina Costa, que solicitou informações de todos os atores envolvidos no processo, é preciso abrir um diálogo para saber se a comercialização do entorno do prédio não fere o patrimônio cultural e histórico de Petrolina. “É preciso respeitar o Estatuto das Cidades, já que o empreendimento terá impacto de vizinhança, pode comprometer o trânsito e a vida das pessoas que circulam naquela área”, declarou Cristina.

A comissão formada por católicos também está recolhendo assinaturas em documento online para juntar ao processo do Ministério Público, ao mesmo tempo vai encaminhar processo à Nunciatura Apostólica no Brasil, pedindo a apuração dos trâmites da comercialização do Palácio Diocesano, e vai pedir ao Governo do Estado o tombamento do prédio.


Procissão com mais de 70 mil pessoas homenageia Padroeira de Petrolina

por Redação Nossa Voz 15 de Agosto de 2017 às 20:43
categoria: Religião

Momentos de devoção, fé e homenagens. Nesta terça-feira, dia 15, Petrolina recebeu uma programação ampla em homenagem à padroeira da cidade, Nossa Senhora Rainha dos Anjos. Pela manhã, os fiéis participaram de missas na Igreja Matriz e na Catedral da cidade, celebradas pelo Monsenhor Porfírio dos Santos e pelo Bispo emérito de Petrolina, Dom Manoel dos Reis de Farias, respectivamente. 

No final da tarde, cerca de 70 mil pessoas, segundo a organização, percorreram as ruas do centro em reverência à padroeira. Entretanto, a previsão para este ano era que a presença de devotos na procissão superassem os 110 mil que participaram em 2016.

Os fiéis sairam da igreja Matriz da cidade e entoaram cantos e orações durante o percurso. Por causa da procissão, algumas vias do centro da cidade foram interditadas. Após a procissão foi celebrada uma missa, na praça da Catedral.

Autoridades políticas também fizeram o trajeto em homenagem à padroeira. O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, enfatizou sobre a reflexão dos valores e da vida. "É um momento para a gente refletir sobre os valores da família, do pertencimento, de solidariedade e de ser mais humano. É isso que Nossa Senhora rainha dos Anjos ensina. Petrolina tem uma devoção por nossa padroeira e isso nos faz refletir sobre a vida", destacou. 

O senador Fernando Bezerra coelho também esteve presente. "É um compromisso todos os anos. Tive que sacrificar a minha presebça no senado federal para honrar esse compromisso com a igreja e com Petrolina", disse. 

Dom Frei Paulo Cardoso, que ficou a frente da Diócese de Petrolina por mais de 27 anos também se fez presente na procissão e falou sobre o trabalho que desenvolve, atualmente, em Missão de Paz, na África e também sobre a saída do Bispo Dom Manoel dos Reis Farias. "Não é um trabalho fácil, mas por outro lado vale a pena", disse. Sobre a saída de Dom Manoel, ele disse ter ficado surpreso, mas sabe que foi uma decisão humilde. "Foi uma supresa muito grande. Foi uma decisão dificil e humilde e virá outro para continuar porque nós passamos, mas a igreja continua", destacou.