asdasdasdasd

Hospital da Unimed é inaugurado em Petrolina-PE

por Redação Nossa Voz 15 de Dezembro de 2018 às 00:19
categoria: Saúde

Na noite desta sexta-feira (14), foi inaugurado o Hospital da Unimed Petrolina. Os convidados foram recepcionados ao som da Philarmônica 21 de Setembro e conheceram as instalações. São quase 11 mil metros quadrados de área construída, 84 leitos de internamento, salas de pequenos procedimentos, curativos, sala vermelha, de redução de fraturas e gesso, centro cirúrgico com cinco salas, SRPA com seis leitos, dez leitos de UTI, laboratório 24 horas, Centro Diagnóstico Unimed e RNM, US, RX e UHD com quatro leitos de observação.

Diversas autoridades prestigiaram o evento. O deputado federal Fernando Filho (DEM), destacou a importância do empreendimento para a região. “Isso reforça a posição de Petrolina como polo médico. Na verdade, com a chegada das universidades de medicina consolidou ainda mais os hospitais que nós já tínhamos. E agora, com esse belíssimo equipamento que a Unimed entrega, não só a Petrolina, mas ao Vale, reforça essa posição”, afirmou o deputado.

O médico e ex-prefeito de Petrolina, Julio Lossio, também participou da solenidade e comemorou a inauguração do hospital. “Ele representa um marco novo na saúde da nossa cidade e da nossa região. Esse hospital foi muito bem planejado, muito bem executada a obra. É um hospital que nasce com a vocação de servir. No momento em que o Brasil passa por uma crise, Petrolina mostra sua pujança inaugurando um hospital desse”, comentou Lossio.

O diretor executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrolina, Valdivo Carvalho, disse que a construção do hospital ajudou e continua ajudando na geração de empregos. “Teve emprego pra construir e agora tem emprego para operar. Vai gerar, entre diretos e indiretos, em torno de 500 empregos”, comemorou.

Para o diretor presidente da Unimed Vale do São Francisco, Francisco Otaviano de Amorim Viana, o hospital oferece o que há de melhor para a população da região. “A construção extremamente moderna, muito bem equipado. Instalações de primeira linha, equipamentos do que existe de melhor para a prática médica”, afirmou. O hospital, que deve entrar em operação em 2019, vai oferecer serviço de hemodinâmica, com cardiologista plantonista para atendimentos urgência, centro de diagnóstico e ressonância.