asdasdasdasd

Preso, vereador Gildejânio Melo solicita licença de 30 dias à Câmara de Vereadores

por Neya Gonçalves 6 de Outubro de 2017 às 13:17
categoria: Sertão do Araripe

Na manhã desta sexta-feira aconteceu uma reunião extraordinária na câmara de vereadores com uma pauta bastante inesperada, foi um pedido de afastamento enviado pelo vereador Gildejânio Melo, preso desde 19 de setembro.

De acordo com a lei orgânica do município, artigo 14, inciso 4°, o vereador tem direito a uma licença de 30 a 120 dias, no caso de ser só 30 dias, como o parlamentar solicita, ele não será afastado e nem terá substituo, o direito lhe cabe pois ainda não foi julgado e mesmo se for condenado não perderá o mandato antes de passar pelo plenário para aprovação da Câmara./ Com informações  Cidinha Medrado