asdasdasdasd

Homem é condenado a mais de mil anos de prisão

por Simone Marques 15 de Fevereiro de 2019 às 13:00
categoria: Violência

A menina de 13 anos que foi estuprada pelo padrasto durante cinco anos agora está sob os cuidados da avó. Apesar da condenação dele a mais de mil anos de prisão, após audiência em Fernandópolis (SP), a família ainda está abalada com o ocorrido.

"Ninguém sabia de nada, nem a própria mãe. Ele é monstruoso porque o padrasto criou ela, era para considerar como filha e não fazer uma monstruosidade dessa. Deus vai julgar ele”, desabafa a avó.

Segundo a avó, a menina nunca falou sobre o crime e, quando a família soube, acionou o Conselho Tutelar imediatamente.

De acordo com a sentença, o homem abusou sexualmente da enteada durante cinco anos. A decisão de janeiro é em primeira instância e, segundo o advogado, o réu já recorreu. O condenado não terá o nome publicado para proteger a identidade da menor.

O advogado dele informou à TV TEM que não pode entrar em detalhes sobre a sentença porque o caso está em segredo de Justiça. O caso chegou à Justiça em 2018 e os abusos teriam começado em 2012.

Para chegar a 1.008 anos de prisão, o juiz multiplicou os 16 anos de condenação por cada estupro pelas 63 vezes, número estimado de abuso que a vítima teria sofrido.

“Ficamos aliviados em partes [com a prisão], porque evita dele cometer crimes com outras meninas”, diz a avó.

Segundo o Ministério Público, o condenado morava com a menina e a mãe dela em um sítio em Bálsamo (SP). Os abusos começaram quando ela tinha 6 anos e terminaram somente aos 11 anos, quando a mãe rompeu o relacionamento com o homem.

No Brasil, de acordo com o Código Penal, artigo 75, “o tempo de cumprimento das penas privativas de liberdade não pode ser superior a 30 anos”.

“Uma pena mais alta diante de uma quantidade ou gravidade do crime impede que a progressão ocorra rapidamente ou impede que ocorra a própria progressão”, explica o juiz Vinicius Castrequini Bufulin. “Mas o raciocínio é que este tipo de crime não pode ocorrer. Ele se esgota a cada estupro. Você lesa a pessoa integralmente e o sujeito se beneficia daquilo, por isso a soma da pena”, diz.

Se a sentença for mantida nas instâncias superiores, ele deve cumprir os 30 anos de prisão.(G1)


Homem é morto a tiros no São Gonçalo em Petrolina

por Redação Nossa Voz 14 de Fevereiro de 2019 às 13:12
categoria: Violência

Ontem a noite (13) foi registrado um homicídio no bairro São Gonçalo em Petrolina-PE.  Olavo dos Santos Silva, de 29 anos, foi morto a tiros.

A vítima é um ex-presidiário e ainda não foram divulgadas as circunstâncias do crime.

Foto: Reprodução Internet


75ª CIPM criança de 04 anos é levada para hospital após ser agredida pelo pai em Juazeiro

por Simone Marques 13 de Fevereiro de 2019 às 13:00
categoria: Violência

Nesta terça-feira (12), Policiais Militares do 2ºPel./RP-9.7512 prenderam um homem por agredir seu próprio filho e seu genitor no bairro Dom Tomaz em Juazeiro-BA.

De acordo com a polícia o fato se deu quando Policiais Militares na viatura 9.7512 foram informados pelo CICOM (Centro Integrado de Comunicações), sobre um homem que teria agredido seu próprio filho de 04 anos de idade e seu genitor de 80 anos de idade. Diante do fato, os Policiais chegaram até o local informado e constataram a veracidade do fato.

O agressor foi apresentado à Delegacia de Polícia Civil de Juazeiro para que fossem adotadas as medidas cabíveis, já a criança de 04 anos foi internada no hospital da Criança devido a gravidade das lesões apresentadas.


Dois homens são mortos a tiros e corpos são achados em terreno baldio na Zona Rural de Petrolina

por Simone Marques 11 de Fevereiro de 2019 às 07:30
categoria: Violência

Aconteceu um duplo homicídio na noite de sexta-feira (08) no Assentamento José Arnaldo no Núcleo 04 na Zona Rural de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Segundo a Polícia Civil, as vítimas Ranilo Barbosa Jurema, de 22 anos e Jairo Barbosa Jurema, de 25 anos, caminhavam juntos quando foram seguidas por outras duas pessoas, ainda não identificadas. Em seguida, ouviram-se disparos de arma de fogo. Os corpos foram encontrados em um terreno baldio.

As duas vítimas tinham passagem pela polícia. Ranilo Barbosa Jurema já foi preso por tráfico em Juazeiro, na Bahia e Jairo Barbosa Jurema havia sido preso por tráfico em Petrolina.

Após perícia do Instituto de Criminalística (IC), os corpos, que tinham várias marcas de tiros, foram recolhidos pela equipe do Instituto de Medicina Legal (IML) para serem tomadas as medidas necessárias.

Quatro pessoas foram conduzidas a delegacia para prestar depoimento. O crime está sendo investigado pela Polícia Civil.


Duplo homicídio é registrado no N-4 em Petrolina

por Redação Nossa Voz 9 de Fevereiro de 2019 às 11:02
categoria: Violência

Um duplo homicídio foi registrado ontem (08) à noite no N-4, zona rural de Petrolina-PE. O crime aconteceu perto do campus do IF Sertão-PE.

Dois jovens foram mortos a tiros. Até o momento, um deles foi identificado como Jairo Barbosa. A Polícia Civil está investigando o caso.


Homem é assassinado em Trindade

por Simone Marques 8 de Fevereiro de 2019 às 13:03
categoria: Violência

Um homem foi morto a tiros em Trindade-PE. O crime aconteceu no final da tarde de ontem (7). De acordo com informações da polícia, testemunhas disseram que três homens que chegaram em um carro prata e efetuaram os disparos.

A vítima é o mecânico Emanuel Silva Santos, de 27 anos. A polícia informou que fez buscas, mas até o momento, ninguém foi preso.


Cadaver é encontrado no N-9 em Petrolina

por Simone Marques 8 de Fevereiro de 2019 às 07:53
categoria: Violência

O corpo de um homem foi encontrado na tarde desta quinta-feira (7) em Petrolina.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo estava próximo ao Núcleo 9 do Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, na Zona Rural da cidade. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) para identificação e investigação da causa da morte.


Polícia prende quatro pessoas acusadas de matar funcionário público para roubar par de tênis em Petrolina

por Simone Marques 5 de Fevereiro de 2019 às 13:47
categoria: Violência

Quatro jovens foram identificados e presos na segunda-feira (04), suspeitos de roubar um par de tênis e depois matar um funcionário público municipal de Petrolina. O crime aconteceu na madrugada do sábado (02), na Avenida Barão de Contendas, no bairro Jardim Jatobá, na Zona Leste da cidade. Uma coletiva de Imprensa na manhã de hoje (05), realizada pela Polícia Civil trouxe detalhes sobre as prisões.

De acordo com informações a vítima fazia caminhada quando teria sido abordada pelo grupo Francisco Janderson Santos Sousa, 21 anos, Davi Alves da Silva, 20 anos, Henrique Laurindo de Brito, 21 anos e Alisson Pereira da Silva 23 anos, que seguraram, e agrediram a golpes de pedra Marcos Cesar Zefino de Souza, que não resistiu e morreu no local.

O Delegado Daniel Sapucaia detalhou que os quatro acusados abordaram a vítima com o objetivo de subtrair uma quantia em dinheiro, como não obtiveram êxito eles começaram então a agredir a vítima. "O Davi retirou o tênis da vítima enquanto Jandinho e Henrique começaram  a agredi-lo que desferiram alguns golpes. Nesse momento o Liu e o Davi saíram com o tênis da vítima no carro que os suspeitos estavam em direção ao bar, e Jandinho e Henrique pegaram uma pedra de  paralelepípedo  e golpearam a cabeça de Marcos Cesar", concluindo a policia que a causa da morte foi latrocínio.

Através de investigações, a polícia tomou conhecimento que um dos suspeitos morava em uma das vilas na estrada das Pedrinhas. Na tarde da segunda-feira (04) foi realizada diligências no Povoado Porto da Ilha e encontrada a residência de um dos envolvidos, Henrique Laurindo de Brito, de 21 anos. Ele fugiu antes da chegada da equipe da 25ª Delegacia de Polícia de Homicídios.

Entretanto, em uma garagem da vila foi achado um veículo com as características do utilizado na fuga após o crime. O dono do veículo apontou o filho como a pessoa que teria usado o carro na noite de sexta-feira (01) para o sábado (02). O jovem foi conduzido a prestar depoimentos. A partir disso, foram identificados, localizados e presos todos os envolvidos no crime: Henrique Laurindo de Brito, de 21 anos, Alisson Pereira da Silva “Liu", de 23 anos; Francisco Janderson Santos Souza “Jandinho”, de 24 anos e Davi Alves da Silva, de 20 anos.

Em um matagal, a polícia encontrou o par de tênis, produto do crime do latrocínio. As investigações aconteceram sob a coordenação dos delegados Magno Souza das Neves e Gabriel Carvalho Bahia Sapucaia.

Os jovens foram apresentados na audiência de custódia e consequentemente o encaminhamento de ambos para a Penitenciária Edvaldo Gomes. 

 


Homem é morto a pedradas em Petrolina

por Redação Nossa Voz 2 de Fevereiro de 2019 às 17:19
categoria: Violência


O corpo de homem foi encontrado na manhã deste sábado (02) em um terreno, no bairro Jatobá, em Petrolina-PE. A vítima foi identificada como Marcos César Zefino de Souza. A Polícia Militar acredita que ele tenha sido assassinado a pedradas.

Segundo a esposa da vítima, Marcos saiu de casa às 4h para fazer caminhada. Ele estava usando um tênis de marca, que foi levado após o crime. A prefeitura de Petrolina divulgou nota de pesar por causa da morte de Marcos que era motorista do município.

Confira a nota da prefeitura:

A Prefeitura de Petrolina vem a público manifestar profundo pesar pelo falecimento do servidor, Marcos César Zefino de Souza, na manhã deste sábado (02), após ser vítima de um crime hediondo.

'Marcão', como era carinhosamente chamado pelos colegas, trabalhou na Prefeitura de Petrolina por mais de 25 anos como motorista, contribuindo com o funcionalismo público.

Atualmente, o servidor fazia o transporte social da Secretaria de Saúde.

Em tempo, a prefeitura, e em especial a Secretaria de Saúde, presta condolências aos familiares e amigos enlutados pela perda irreparável.

Foto: G1 Petrolina

Deficiente visual é assassinado no João de Deus em Petrolina

por Redação Nossa Voz 28 de Janeiro de 2019 às 11:59
categoria: Violência

No domingo (27) foi registrado um homicídio no bairro João de Deus em Petrolina-PE. O corpo de um homem foi encontrado em um terreno baldio com marcas de tiros. 

Segundo a Polícia Civil, a vítima era Deusimar Máximo da Silva Barbosa, de 29 anos, que tinha deficiência visual. O caso já está sob investigação.