asdasdasdasd

Petrolina registra 25 homicídios em menos de dois meses

por Redação Nossa Voz 15 de Fevereiro de 2018 às 12:30
categoria: Violência

Os dados são alarmantes em Petrolina. A cidade está entre as 10 cidades mais violentas de Pernambuco. No ano passado, o estado registrou quase 5.500 assassinatos. Ou seja, cerca de 21% de aumento no número de homicídios em relação a 2016. A cidade ribeirinha registrou 131 casos, sendo a oitava cidade no ranking das dez com os maiores números de homicídio. Neste ano, em menos de dois meses, já foram 25 casos.

Para equilibrar o índice, a Polícia Civil gente realiza um trabalho de combate, em parceria com a Polícia Militar da cidade, há cerca de dois anos. “Em 2017 tivemos uma redução, mas os números ainda são elevados”, disse o delegado Marceone Ferreira. Foram registradas 52% de elucidações dos casos no ano passado e os inquéritos encaminhados para a Justiça. A média em Pernambuco é de 32% e, no Brasil, 8% de elucidações dos casos.

O delegado explica que a média imposto pela Secretaria de Defesa Social do estado são 33 homicídios no trimestre e ainda é metade de fevereiro. “A média está apertada. [Já] foram três homicídios em fevereiro, sendo que dois foram elucidados. A maioria relacionada ao tráfico de drogas, cerca de 60% está ligado a isso”, explicou. Em Petrolina, dois delegados são especializados em homicídios. O município aguarda a chegada de novos policiais militares e civis ainda neste ano. 

Gabriela Canário 


Mais de 500 homicídios já foram registrados neste ano em Pernambuco

por Simone Marques 7 de Fevereiro de 2018 às 15:58
categoria: Violência

Apesar da promessa do Governo de Pernambuco de reduzir os homicídios, os números não param de subir. Em menos de 40 dias, mais de 500 pessoas foram vítimas de mortes violentas. Os dados, ainda preliminares, fazem parte de um levantamento da Rádio Jornal.

De 1º de janeiro até a madrugada deste quarta-feira (07), pelo menos 517 homicídios foram registrados em Pernambuco. Destes, 265 foram em cidades do Interior. Somente nas últimas 24 horas, 19 pessoas foram mortas, sendo 12 no Interior.

O número é bem acima da média registrada no ano passado, quando cerca de 13 homicídios eram praticados por dia. Uma preocupação a mais para o Governo do Estado, já que nos dias de Carnaval essas estatísticas tendem a aumentar. Oficialmente, a Secretaria de Defesa Social (SDS) só deve se pronunciar no próximo dia 15 sobre os números da violência já registrados neste ano.

Nesta semana, cerca de 1,2 mil novos policiais civis e científicos que tomaram posse. Uma das primeiras missões será agilizar as investigações de assassinatos. Para isso, parte dos delegados e agentes de polícia foram lotados no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

INQUÉRITOS ATRASADOS

De acordo com a Polícia Civil, somente três em cada dez inquéritos de homicídios abertos em 2017 foram concluídos. Ao todo, 5.093 inquéritos de homicídio foram abertos no ano passado para investigar mortes violentas registradas no Estado. Destes, 1.660 foram remetidos à Justiça. Um total de 32,6% de taxa de resolução. O Ronda JC teve acesso ao levantamento por meio da lei de acesso à informação.

A assessoria da PCPE informou que “a meta é esclarecer todos os Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) e retirar de circulação os homicidas envolvidos. A taxa de resolução de inquéritos, com autoria definida, chega a ser quatro vezes maior que a média nacional”.

Nos três primeiros anos da gestão do governador Paulo Câmara (2015 a 2017), Pernambuco registrou 13.795 assassinatos. Se comparado com o mesmo período do segundo mandato do ex-governador Eduardo Campos (2011 a 2013), quando 9.928 mortes foram contabilizadas, houve aumento de 39%. O ano de 2017 fechou como o mais violento da história.

PERFIL DAS VÍTIMAS

Levantamento da SDS, divulgado pelo Ronda JC na semana passada, apontou que 95% dos homicídios registrados no Estado têm como vítimas negros e pardos. Para especialistas, esse resultado não é surpresa e demonstra a desigualdade, com ausência de políticas públicas, que persiste na sociedade. Confira análise.(JConline)


Jovem é assassinado a tiros em residencial no Bairro Itaberaba, em Juazeiro

por Simone Marques 6 de Fevereiro de 2018 às 10:58
categoria: Violência

O Residencial Juazeiro II, do ‘Minha Casa, Minha Vida’, no Bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA), foi palco de mais um homicídio na noite de ontem (5). De acordo com informações, a vítima é um jovem conhecido como “Galeguinho”.

Ele foi morto com vários disparos de arma de fogo. Não há informações sobre a autoria e e motivação do crime. O corpo foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT). 


Homem sofre tentativa de homicídio no Maria Tereza

por Simone Marques 1 de Fevereiro de 2018 às 10:43
categoria: Violência

No dia 31/01 as 23:30h as Equipes GATI juntamente com Oficial de Supervisão realizavam rondas com abordagens no Projeto Maria Tereza, Zona rural, se depararam com a pessoa de Edmilson Souza Moura Aguiar, 43 anos, pedindo por socorro, informando que tinha sido vítima de arma branca, diante da solicitação o efetivo policial socorreu o mesmo para Petrolina e a central de operações manteve contato com o SAMU, para que as viaturas se encontrassem em determinada parte do deslocamento, fato este ocorrido na BR 407, onde foi repassando a vítima para a VTR do SAMU, onde foi dado os primeiros socorros e logo em seguida conduzido ao Hospital Universitário, segundo o médico plantonista, o mesmo passa bem e não corre risco de morte. Segundo relatos da própria vítima, o fato ocorreu por discursão de dívida de jogos de azar com a pessoa de jabson Carlos Viana, vulgo (NENEN DE ZE CARLOS), e que após esta discursão o acusado foi em sua residência quebrou a porta e lhe desferiu golpes de faca,  A GT GATI  fez incursões no local no intuito de deter o acusado porem sem êxito.    


Homem é preso por mandando de prisão por homicídio é preso em Lagoa Grande

por Simone Marques 1 de Fevereiro de 2018 às 10:32
categoria: Violência

Um homem acusado de homicídio foi preso no Bairro Alto Grande, em Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, ontem (31). De acordo com informações da 7ª Companhia Independente de Polícia Militar CIPM), José Walter Feitosa Siqueira, 46 anos, trafegava num veículo e tentou fugir da equipe policial, mas foi capturado.

No sistema informatizado de consulta do Sinesp, constava um mandado de prisão em aberto contra José Walter por homicídio qualificado. Após ser detido, ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil (DPC) de Petrolina. De acordo com ele, o fato ocorreu em 2005 no Bairro João de Deus, zona oeste da cidade.


Homem que assassinou ex-companheira na frente da filha em Dormentes é preso no Piauí

por Simone Marques 1 de Fevereiro de 2018 às 09:49
categoria: Violência

Após inúmeras diligências e um trabalho investigativo minucioso na manhã de hoje 01/02, com Apoio da Polícia Militar do Estado do Piauí foi dado cumprimento ao mandado de prisão a Marconceles de Souza, que estava foragido desde o mês de Dezembro, o autor do crime bárbaro ocorrido em Dormentes quando matou sua ex companheira com vários golpes de faca. Fernanda Cavalcanti chegava em casa com sua filha de 07 anos, quando foi surpreendida por Marconceles.

O crime revoltou toda população do sertão pernambucano, pois Fernanda foi morta na frente da filha no momento da ação.

Marconceles foi localizado no interior do Piauí, município de Curral Novo. As equipes realizaram uma varredura em um raio 50 km em meio a caatinga, quando localizou e capturou o acusado no assentamento areias, e já foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Dormentes. 

Os familiares de Fernanda realizariam na manhã desta sexta-feira (02), um manifesto pelas ruas da cidade, pedindo justiça para a busca e apreensão de Marconceles e a elucidação do caso.


Homem é morto na porta de sua residência no N-7

por Simone Marques 31 de Janeiro de 2018 às 10:59
categoria: Violência

Nesta terça feira (30), pela manhã, a Central de Operações recebeu ligação anônima que na rua treze, s/n, no P.S.N.C. N 07, tinha ocorrido um homicídio. Ao chegarem os PPMM constataram a veracidade do fato, onde a vítima IVANILDO ARAUJO, 28 anos, já se encontrava sem vida. Os PPMM foram informados pela esposa da vítima que uma pessoa bateu a porta de sua casa e chamou pelo nome de seu companheiro, tendo o mesmo levantado e ido falar com esta pessoa, que ainda escutou a vítima conversando com esta pessoa. Porém logo em seguida escutou 4 (quatro) disparos de arma de fogo e quando chegou até seu esposo o mesmo estava caído, viu ainda um homem saindo em uma moto de cor prata. O acusado pelos disparos tomou destino ignorado, não sendo possível ao efetivo policial capturá-lo, até o momento não se sabe a motivação do crime.

A GT 25.201 isolou o local do crime até a chegada do IC, que após procedimentos periciais removeu o corpo para o IML. O fato foi registrado na 1ª DPC para as devidas providências.


95% das vítimas de homicídio em Pernambuco são pardas ou negras

por Simone Marques 29 de Janeiro de 2018 às 16:31
categoria: Violência



Estudo da Secretaria de Defesa Social (SDS) comprova a desigualdade, principalmente racial, entre as mortes violentas registradas em Pernambuco. Em 2017, de cada 100 homicídios, 95 vítimas foram de cor parda ou negra. O perfil é bastante semelhante: são homens, com idades acima de 18 anos e que vivem na periferia. Entre as motivações, prevalece o envolvimento com a criminalidade ou conflitos na comunidade.

No ano passado, foram registrados 5.427 homicídios no Estado. Desse total, 5.017 vítimas tinham a pele parda – o que representa 92%. Somente 4% foram homens e mulheres de cor branca. Um dado curioso: 33 corpos encontrados pela polícia não tiveram a cor da pele informada. As estatísticas foram obtidas pelo Ronda JC por meio da lei de acesso à informação.

O levantamento da SDS aponta ainda que quase 10% das vítimas de mortes violentas tem idade inferior a 18 anos. No total, 509 homicídios de crianças e adolescentes, de ambos os sexos, foram contabilizados em 2017 no Estado. A maioria são moradores de comunidades pobres, com idades entre 14 e 17 anos, que são cooptados para a criminalidade, principalmente para o tráfico de drogas.

Mas também foram registrados casos de vítimas de bala perdida. Entre eles, o de Sthefanny Vitória da Silva, de apenas 2 anos. A menina foi atingida durante uma troca de tiros entre criminosos e policiais militares. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu. O caso aconteceu na UR-10, no Ibura, em Jaboatão dos Guararapes, em agosto do ano passado.

Do total de homicídios registrados, 6% foram do sexo feminino. Segundo a SDS, 316 mulheres foram mortas de forma violenta. Entre as principais motivações desse tipo de crime, estão o envolvimento na criminalidade (tráfico de drogas) e os feminicídios.

Os assassinatos da fisioterapeuta Tássia Mirella Sena, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, e o da estudante de pedagogia Remís Costa, na Caxangá, Zona Oeste, foram dois crimes que chocaram a sociedade em 2017 e chamaram a atenção para a necessidade de mais empenho da polícia e da Justiça e também de investimentos em políticas públicas para combater os feminicídios. Ambos os acusados seguem presos, mas ainda não foram julgados. (JConline)


Homem é morto a tiros em Afrânio

por Simone Marques 25 de Janeiro de 2018 às 10:27
categoria: Violência

Um homem foi morto a tiros na noite de terça-feira (23) , no Sítio Estanhado, em Afrânio, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar (PM), Antônio Osvaldo de Castro, seguia em uma estrada, por volta das 21h, quando foi abordado por uma pessoa, ainda não identificada, em uma motocicleta e atingido por vários disparos de arma de fogo.

O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal de Petrolina. A necrópsia deve ser feita ainda nesta quarta-feira (24) para identificarem a causa da morte.

A Polícia Civil deve investigar o crime. Ninguém foi preso.


Homem é morto com 16 tiros em plena luz do dia no João de Deus

por Simone Marques 24 de Janeiro de 2018 às 10:34
categoria: Violência



Por volta das 11:40min, a Central de Operações recebeu ligação telefônica do efetivo da GT 25.202, o qual se encontrava de serviço no bairro João de Deus, que quando em rondas ao se aproximar da Av. Terezinha Campos, o efetivo se deparou com um movimento de várias pessoas correndo naquela Avenida.

Ao chegar os PPMM constataram que se tratava de um homicídio, que havia acabdo de acontecer. De imediato foi acionado a GT Operações, Supervisão, NIS-4, que ao chegarem ao local tomaram conhecimento através de populares que a vítima Ailto Ribeiro dos Santos, 47 anos, que era ex presidiário, quando transitava na Avenida foi surpreendido por 02 homens que se aproximaram em 01 veículo de cor branca, provavelmente um Siena, e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra ele, segundo o perito do IC, 16 perfurações de cal. 380, atingindo as costas, cabeça, tórax e membros superiores. A polícia fez o isolamento do local do crime até a chegada do IC, que após procedimentos periciais removeu o corpo para o IML. O fato foi registrado na 1ª DPC para as devidas providências.