asdasdasdasd

Cremepe reúne diretoria de unidades de saúde de Petrolina e região

por Adriana Rodrigues 22 de Março de 2017 às 18:00
categoria: Saúde

O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) realizará na próxima sexta-feira (24/03) uma reunião com os diretores médicos das unidades de saúde de Petrolina e municípios próximos: Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista, Ouricuri, Araripina, Terra nova e Salgueiro. O encontro acontecerá no auditório do Hotel JB, Travessa Gregório Ramos, 88 - Centro, a partir das 9h.

A entidade convocou os representantes médicos das unidades com o objetivo de apresentar a resolução do CFM Nº 2.147/2016 que estabelece normas sobre a responsabilidade, atribuições e direitos de diretores técnicos, diretores clínicos e chefias de serviço em ambientes médicos. As novas regras entram em vigor a partir de 24 de abril deste ano.

O Conselho ainda lembra o decreto 20.931 assegura que “Nenhum estabelecimento de hospitalização ou de assistência médica pública ou privada poderá funcionar, em qualquer ponto do território nacional, sem ter um diretor técnico e principal responsável, habilitado para o exercício da medicina nos termos do regulamento sanitário federal”.


Após intervenção da Prefeitura, eclusa da Barragem de Sobradinho volta a atender turistas dia de domingo

por Adriana Rodrigues 22 de Março de 2017 às 18:00
categoria: Regional

Com a ideia de valorizar e incentivar o turismo na região, a Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte, entrou em contato com a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), que administra o reservatório de Sobradinho, solicitando que a eclusa da Barragem voltasse a funcionar aos domingos, já que desde fevereiro só estava funcionando até os sábados.

De acordo com a secretária Maria Elena, o fluxo de turistas é maior aos fins de semana e muitos estavam indo embora sem conhecer uma das belezas da nossa região: “Um dos passeios mais procurados é o de barco pelo Rio São Francisco. O ponto mais alto deste passeio é quando chega a eclusa da barragem de Sobradinho, por isso, para valorizar a nossa região e em respeito ao turista, solicitei o retorno dessa atividade aos domingos também”, explicou.

De acordo com Rogério Rocha, empresário do segmento de turismo, o serviço estava indisponível aos domingos desde fevereiro quando ocorreu um problema nos portões da eclusa do reservatório de Sobradinho. Ele informou ainda que com o retorno do passeio aos fins de semana, o turismo ficará mais aquecido na região. 


São João de Petrolina terá mais de 30 dias de festa e nova nomenclatura

por Redação Nossa Voz 22 de Março de 2017 às 12:35
categoria: Cotidiano

Depois do sucesso que foi o carnaval de Petrolina, o prefeito Miguel Coelho (PSB) promete fazer ainda melhor no São João da cidade. As mudanças começam pela nomenclatura do evento, que, a partir de agora, passa a ser 'São João de Petrolina'. Segundo o prefeito, a ideia é “vender o nome da cidade como o melhor São João do Nordeste.

No início do mês, o chefe do executivo municipal esteve em Brasília em busca de recursos para ações estratégicas - em diversas áreas - para Petrolina. Uma das pautas do encontro foi o investimento para o São João da cidade.

O gestor conseguiu o apoio do Ministro do Turismo, Marx Beltrão, para a descentralização da festa, levando animação também para os bairros de Petrolina. Segundo ele, a prefeitura deve receber um repasse de 500 mil reais para a realização de mais de 30 dias de festa. “Vamos repetir a receita de casa que deu certo [ referindo-se ao Carnaval de Petrolina] porque a nossa ideia é trazer turistas para cá e competir com grandes cidades como Caruaru, Campina Grande.

Em entrevista à redação do Nossa Voz, a Secretária de Cultura, Maria Elena, disse que a prefeitura manterá um formato com a valorização de artistas locais, como utilizado no carnaval deste ano, a gestora da pasta garantiu que serão contratadas bandas conhecidas nacionalmente, mas que os artistas da região terão espaço na programação do primeiro são joão da nova gestão. “A gente tem que pensar que é um dos maiores eventos de Petrolina e que terão grandes atrações, mas jamais o prefeito vai se distanciar do modelo [contratação de artistas da casa] que ele empreendeu e que deu certo”, explicou a secretária.


Vigilância Sanitária apreende mais de 170 kg de carne em Petrolina

por Simone Marques 22 de Março de 2017 às 12:25
categoria: Saúde

Uma operação da Agência Municipal de Vigilância Sanitária de Petrolina, Sertão de Pernambuco, apreendeu mais de 170 quilos de carnes em supermercados e frigoríficos da cidade. As vistorias, que continuam durante toda esta semana, foram realizadas em pontos de comercialização e a distribuição de carnes e pescados.

Foram recolhidos, ao todo, 47,5 kg de linguiça bovina apimentada; 44,6 kg de linguiça caseira de frango; 22,3 kg de linguiça caseira de pernil; 3,1 kg de peito de frango com embalagem aberta e 60 kg de frango temperado. Entre as irregularidades observadas na blitz estão a falta de registro do produto, a temperatura inadequada para conservação e falta de higiene sanitária.

Em um estabelecimento localizado no bairro Pedro Raimundo, Zona Norte de Petrolina, os produtos eram vendidos de forma clandestina por não possuírem o registro e estarem inadequados para venda. Além da apreensão, os estabelecimentos irregulares foram autuados e multados.

A Vigilância Sanitária orienta os consumidores a verificarem o selo de inspeção municipal, estadual ou federal. Irregularidades podem ser denunciadas pelo telefone (87) 3864-2738 ou à Ouvidoria, pelo telefone 156.


Ministério Público investiga possível omissão do Governo de Pernambuco na área de segurança

por Simone Marques 22 de Março de 2017 às 12:22
categoria: Violência

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) abriu inquérito civil para investigar possível omissão do Governo do Estado na área da segurança pública. Segundo a apuração preliminar, a falta de efetivo suficiente da Polícia Militar nas ruas pode ter influência direta no aumento da violência. O promotor de Justiça Westei Conde, da Promotoria de Defesa dos Direitos Humanos, está a frente das investigações.

Na decisão sobre a abertura do inquérito, o promotor destacou a preocupação com o aumento do número de homicídios em Pernambuco, que apresentou recorde nos últimos meses, segundo estatísticas da Secretaria de Defesa Social (SDS). Somente nos dois primeiros meses deste ano, foram registrados 977 assassinatos no Estado.

Westei Conde vai investigar a possível omissão e/ou insuficiência, por parte do Governo Estadual, de medidas para recomposição do efetivo da Polícia Militar para suprir o atual déficit.

“No decorrer da década, apesar do crescimento populacional, não houve recomposição suficiente do efetivo da PMPE, diminuindo a proporção de policial militar por habitantes em Pernambuco”, pontuou.

Atualmente, há 18.850 PMs no Estado. Para sanar o déficit de policiais nas ruas, o Governo de Pernambuco criou o Programa de Jornada Extra (PJEs). Nos dias de folga, os PMs podem, voluntariamente, se inscrever para trabalhar e ganhar pelas horas extras. (Este programa também está sob investigação – clique e entenda)

Mas, segundo o promotor, o programa é apenas uma medida “paliativa”. Ele destaca, por exemplo, que nos meses de janeiro e fevereiro houve uma baixa adesão da categoria (devido à operação padrão iniciada no ano passado) e que isso pode se repetir nos próximos meses. “Há um inegável impacto negativo na segurança pública decorrente do decréscimo de efetivo policial militar nas ruas.”

Ofícios serão encaminhados à secretarias de Defesa Social, Administração e Planejamento de Gestão, além do Comando Geral da PM, com pedido de esclarecimentos.

A previsão do Governo do Estado é de que até o final deste semestre, 1,5 mil novos policiais militares reforcem as ruas. Eles estão em fase de treinamento, após aprovação em todas as etapas do concurso público. (Com informações do JConline)


Nem 1% do que foi descoberto pela PF foi mostrado, diz delator da Carne Fraca

por Simone Marques 22 de Março de 2017 às 12:21
categoria: Polêmica



O fiscal agropecuário federal Daniel Gouveia Teixeira, responsável por denúncias que levaram à Operação Carne Fraca, afirmou que há uma série de irregularidades ainda não reveladas pela Polícia Federal (PF). Em entrevista à Rádio Eldorado nesta quarta-feira (22), Teixeira ressaltou que o pagamento de propina é frequente no processo de fiscalização da carne. "Não foi mostrado nem 1% do que foi descoberto pela Polícia Federal", disse.

O servidor do Ministério da Agricultura, que foi transferido de função desde o início das investigações, atribui as falhas à ingerência decorrente de indicações políticas. "É a interferência de políticos para tirar e colocar fiscais mais rigorosos em locais que não atrapalhassem interesses das empresas", relatou. 

Teixeira também revelou que havia denúncias relacionadas ao setor engavetadas há cerca de dez anos. "A PF conseguiu fazer em dois anos o que o Ministério da Agricultura não fez em dez", garante.

Apesar de denunciar o envolvimento de colegas e frigoríficos nos casos de corrupção, o fiscal tranquiliza a população em relação ao consumo da carne produzida no País. "Não é motivo de pânico. A população tem de conhecer o produto, verificar se é fiscalizado. 90% dos meus colegas são pessoas honestas e qualificadas que trabalham para garantir a qualidade dos produtos."

Irregularidades ao longo de vários governos

Teixeira ainda afirmou que as irregularidades foram registradas ao longo de vários governos, ao menos desde o mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e que não houve mudança após o PMDB assumir o Planalto. O delator disse não ter conhecimento de qualquer associação ou formação de cartel por parte dos frigoríficos que pagavam propina a servidores federais Ele criticou ainda as tentativas de minimizar a importância da Operação Carne Fraca.

O funcionário representa a categoria como delegado sindical, mas garante não ser filiado a nenhum partido político. Ele recebe segurança da Polícia Federal e de outros órgãos de segurança do Paraná desde o início da operação, há dois anos e meio. (Com informações do JConline)


Atendimento deve ser melhorado com reformulação na administração da Celpe, diz gestor

por Redação Nossa Voz 22 de Março de 2017 às 11:58
categoria: Cotidiano

O Gestor da Celpe de Petrolina, Evandro Simões, esteve no estúdio do Nossa Voz na manhã desta quarta-feira, dia 22, onde respondeu aos questionamentos dos ouvintes. A nossa redação tem recebido inúmeras denúncias de falta de energia na região e muitos ouvintes têm reclamado da falta de comprometimento da Celpe com a prestação de serviços pela falta de solução do problema.

Recém-chegado à gestão, Evandro esclareceu que está sendo realizada uma reformulação no modelo de administração da companhia. “A Celpe está fazendo uma reformulação no modelo de gestão para aproximar o poder de decisão do cliente e tornar mais ágil o atendimento a estes. Nós temos compromisso com o nosso cliente, temos que dar as devidas soluções”, explicou.

Sobre as denúncias de falta de energia na cidade, ele disse que está pontuando cada caso e estão sendo tomadas providências com soluções técnicas definitivas. “A melhoria é perceptível em Petrolina, mas claro que temos que melhorar, principalmente em áreas em que os problemas sejam mais antigos”, disse.

Recentemente, a Celpe anunciou o reforço na rede elétrica de Petrolina para um melhoramento na qualidade do serviço, com um investimento de r$ 166 milhões na construção de novas subestações, por exemplo. O gestor afirmou que o investimento está no reforço do sistema para tratar problemas de maior porte com mais agilidade.


Projeto que regulamenta reconhecimento das pedreiras artesanal gera troca de farpas na Casa Plínio Amorim

por Simone Marques 22 de Março de 2017 às 09:52
categoria: Política

Mesmo com parecer favorável do jurídico, vereadores da situação pediram mais tempo para analisar PL que trata do reconhecimento das pedreiras artesanal e autores do projeto chegaram a dizer que a decisão é manobra. 

O projeto de Lei nº 078/16, idealizado pelos vereadores Ronaldo Cancão (PTB) e Gabriel Menezes (PSL), que autoriza o poder executivo a reconhecer no âmbito do município de Petrolina os servidores de Pedreira artesanal, da produção de paralelepípedo e meio-fio, teve parecer favorável das comissões e do jurídico da Casa Plínio Amorim.

Em meio a muita polêmica e dúvida acerca da constitucionalidade do projeto, a mesa diretora finalmente resolveu colocar em pauta, já que a matéria está na casa desde 2016. 

O projeto foi aprovado por 22 votos em primeira votação. Os vereadores da situação votaram a favor do interstício. Ou seja, o projeto será votado em segunda votação só na próxima terça-feira.

Um dos autores do projeto, Ronaldo Cancão não gostou nada ao perceber que o seu projeto não seria aprovado de imediato e soltou o verbo. "É com tristeza que eu vejo meia dúzia de vereadores tentarem fazer manobra pra o projeto não entrar em pauta. Isso é vergonhoso, o ex-prefeito Fernando Bezerra foi um homem que teve o maior carinho pelo Serrote Pelado, um homem de coração largo, boa fé construiu 27 residências populares lá no pelado para tirar o estado de pobreza naquela comunidade, e o que o vereador Ronaldo Cancão quer levar é dignidade para quem precisa ser reconhecido".  

     

Já o vereador Ruy Wanderley disse que tem algumas dúvidas em relação ao pedido de interstício e seria para avaliar um pouco mais o projeto.

"Existe uma interpretação de ilegalidade ou não e regimental a gente poder deixar esse projeto para ser discutido e votado em segunda votação na próxima semana. Existe ainda uma dúvida em relação a legalidade e para que a gente possa votar mais consciente do que estamos votando deixa pra votar na próxima sessão. E a dúvida é se nós vereadores poderíamos legalizar o que eles estão querendo, nós votamos favorável sim, mas deixamos para discutir e votar esse projeto na próxima sessão sem problema algum".

Outro vereador que se mostrou chateado com os colegas foi Gabriel Menezes (PSL), o parlamentar ficou revoltado com a atitude de alguns vereadores da bancada de situação. Ele afirma que foi uma manobra e que não acredita que o projeto possa ser aprovado."O que a gente está discutindo aqui é a regulamentação, é o reconhecimento da profissão dos quebradores de pedra, uma atividade milenar. Então isso é inadmissível, foi manobra sim, me constrange no mínimo a presença desses emissários do prefeito Miguel Coelho nas nossas sessões ordinárias que atrapalha muito. Não é dessa forma que Petrolina imaginou a sua nova legislatura".

Gabriel ainda lamentou que esteja desesperançoso de que o projeto de lei ainda seja aprovado na próxima terça-feira."Aqueles que rasgaram a própria palavra de terça-feira passada até hoje, poderão fazer o mesmo daqui pra quinta-feira. Qual a dificuldade de você dizer uma coisa, voltar atrás e dizer novamente e voltar atrás pela segunda vez? Essa presença dos assessores e secretários do prefeito na sessão puxando vereadores pelo braço tem sem dúvidas alguma causado prejuízos enormes a nossa população", lamentou.  

     


MPPE e DETRAN promovem encontros regionais sobre Transporte Público Escolar

por Simone Marques 22 de Março de 2017 às 09:20
categoria: Regional

Para sensibilizar a efetiva fiscalização da prestação do serviço de Transporte Público Escolar (TPE) e a implantação da Legislação Pública Municipal e do Sistema de Mobilidade Urbana, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE) vão realizar encontros regionais sobre a temática. Os dois primeiros serão realizados, no dia 22 de março, em Salgueiro, na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e, no dia 23, em Petrolina, no SEST-SENAT.

Serão debatidos os temas: legislação de Trânsito (Código de Trânsito Brasileiro, Portarias e Resoluções) e procedimentos para a vistoria semestral, ambos pelo DETRAN; e atuação do MPPE na fiscalização da oferta do serviço, bem como a importância sobre a implantação da legislação municipal regulamentando o Sistema de Mobilidade Urbana, especialmente sobre o TPE, pelo MPPE.

Os Encontros se destinam aos promotores de Justiça, servidores do MPPE, funcionários do DETRAN, representantes da Secretaria Municipal e Estadual da Educação, coordenadores das Ciretrans, representantes das Câmaras de Vereadores, comandos dos Batalhões Municipais e conselheiros tutelares. Para cada evento, estão sendo disponibilizadas 100 vagas, a ser preenchidas por ordem de inscrição, a qual deverá ser realizada pelo envio de e-mail para caopij@mppe.mp.br.

Em Salgueiro, o I Encontro Regional abrangerá também os municípios de Araripina, Bodocó, Granito, Exu, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Santa Cruz, Santa Filomena, Parnamirim, Serrita, Cedro, Terra Nova, Trindade e Verdejante. Já o II Encontro, em Petrolina, os de Afrânio, Dormentes, Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Lagoa Grande.

Estão previstos ainda encontros em Caruaru, Arcoverde, Palmares, Garanhuns, Macaparana e Surubim, ainda a se confirmar datas e locais.

Mais informações entrar em contato com o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Infância e Juventude (Caop Infância e Juventude) do MPPE, pelo (81) 3182.7419 ou pelo e-mail caopij@mppe.mp.br.

Panorama do transporte escolar em Pernambuco - De acordo o DETRAN-PE, atualmente o Estado dispõe de 1.809 veículos de transporte escolar devidamente cadastrado, vistoriado e aprovado pelo Órgão, atendendo todas as exigências de segurança estabelecida na legislação atual. Já o Sindicato do Transporte Escolar de Pernambuco – Sintespe, estima que existe o dobro desse número atundo em Pernambuco de forma irregular, sem garantir a segurança adequada para os transportados.

 


Encontro discute melhorias para o atendimento odontológico oferecido nas unidades básicas de saúde de Petrolina

por Simone Marques 22 de Março de 2017 às 09:16
categoria: Saúde

 Nesta terça-feira (21), o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, juntamente com a diretora de saúde bucal do município, Roberta Teixeira Araújo, recebeu os integrantes da diretoria do Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco (CRO-PE) e da Associação Brasileira de Odontologia (ABO). O objetivo do encontro foi firmar parcerias visando oferecer a população um atendimento odontológico com maior qualidade.

O presidente do conselho, Dr. Alfredo Gaspar Júnior, ressaltou a importância da atuação do órgão e da visita ao município. “Essa é a primeira viagem da nova diretoria. Fizemos questão de vir a Petrolina para saber as condições da saúde bucal e conversar com a representante da área na Secretaria de Saúde. Estamos colocando o conselho a disposição para ajudar no que for preciso para as melhorias nas condições de saúde bucal da população de Petrolina. A nossa função é fiscalizar e com isso garantir um atendimento e um serviço de qualidade”, frisou.

Segundo a diretora de saúde bucal do município, Roberta Teixeira Araújo, é importante que o município trabalhe em parceria com o órgão fiscalizador. “A primeira demanda que já passamos para o conselho é a questão da regularização da unidade do bairro Cohab VI que foi interditada na gestão passada. Já estamos resgatando, através deles, o relatório dessa interdição. Vamos pegar todos esses dados, regularizar e colocar a unidade em funcionamento”, destacou.

A diretora ressaltou ainda, a contribuição que esse trabalho em conjunto pode trazer para os profissionais que atuam no município. “O CRO sempre promove cursos para os profissionais e é muito importante contarmos com dentistas cada vez mais capacitados. A gente tem informações que na gestão anterior os profissionais não eram liberados para esses eventos. Então, vamos tentar resgatar essa parte de humanização e capacitação. Outro ponto importante é a garantia que todos os nossos profissionais estejam inscritos no CRO, para que ninguém atue de forma irregular”, concluiu.(Ascom)