Aos 73 anos, morre Palhinha, ídolo de Cruzeiro, Corinthians e Atlético

0
213

O ex-jogador estava internado em um hospital de Belo Horizonte para tratar uma infecção

Palhinha foi importante na conquista da Libertadores de 1976 pelo Cruzeiro

Palhinha foi importante na conquista da Libertadores de 1976 pelo Cruzeiro

DIVULGAÇÃO CRUZEIRO

Morreu na manhã desta segunda-feira (17), aos 73 anos, o ex-jogador Wanderley Eustáquio de Oliveira, o Palhinha. Ele foi ídolo no Cruzeiro, Corinthians e Atlético-MG e teve ainda passagens por Santos, Vasco e América-MG. O ex-atacante estava internado em um hospital de Belo Horizonte para o tratamento de uma infecção. 

Segundo Tatiana Sanches, filha de Palhinha, o ex-jogador estava internado desde o sábado (15) devido a complicações de saúde ligadas a uma prótese que o esportista usava.

O Atlético-MG prestou homenagem ao ex-jogador.

Palhinha faz parte da história da conquista da Libertadores de 1976 pelo Cruzeiro. Ao marcar 13 gols, em dez partidas, foi o artilheiro da competição. Teve uma passagem de quase dez ano pelo clube mineiro e conquistou oito campeonatos estaduais. 

No Corinthians, chegou em 1977 por 1 milhão de dólares, na época a compra mais cara da história do clube. Ele fez parte da histórica conquista do Campeonato Paulista daquele ano, que marcou o fim de um jejum de títulos de 23 anos do Timão. O centrovante marcou um gol no primeiro jogo da final contra a Ponte Preta. 

No Parque São Jorge, conquistou ainda o estadual de 1979. 

Em 1980, retornou a Minas Gerais, desta vez para defender o Atlético-MG. Ficou no Galo até 1982, conquistou o Mineiro de 1980 e, no mesmo ano, foi vice-campeão do Brasileiro, formando o ataque ao lado dos ídolos atleticanos Reinaldo, Éder e Pedrinho. 

Teve rápida passagem pelo Santos em 1982, depois jogou no Vasco até 1984 e encerrou a carreira em 1985, defendendo o América-MG. Na seleção brasileira, atuou em 16 partidas e marcou seis gols. 

Palhinha virou treinador, e sua carreira no comando de equipes foi até 1995, com passagens por América-MG, Atlético, Corinthians, Cruzeiro; ele encerrou a jornada no Vila Nova de Goiás. 

(R7 Esporte)