asdasdasdasd

Após ação do MP-BA, Postos de Saúde de Juazeiro voltarão a funcionar em horário normal a partir de julho

por Mônia Ramos 22 de Junho de 2017 às 06:42
categoria: Saúde

Os Postos de Saúde de Juazeiro (BA) voltarão a funcionar em horário normal a partir do dia 3 de julho, com regime de 40 horas semanais. A mudança ocorrerá após o Ministério Público estadual (MP-BA) ajuizar uma ação civil pública contra o município e conseguir decisão liminar favorável aos pedidos apresentados à Justiça.

As Unidades Básicas de Saúde de Juazeiro passaram a atender em horário diferenciado (das 7h às 14h) no mês de novembro de 2016, quando a prefeitura disse que a medida era para conter gastos, além de ser um pedido dos próprios servidores do setor.

A partir do dia 3 de julho, o horário de funcionamento dos postos será das 7h30 às 12h, pela manhã e das 13h30 às 17h no turno da tarde. A Secretaria de Saúde ainda reforçou que a orientação é a mesma para todos os profissionais que compõem as equipes de saúde da família.

 


Petrolina supera meta da Campanha Nacional de vacinação contra a influenza

por Mônia Ramos 12 de Junho de 2017 às 10:23
categoria: Saúde

Ao contrário de muitos municípios, Petrolina superou a meta da Campanha Nacional de vacinação contra a influenza, mais conhecida como a vacina da gripe, encerrada na última sexta-feira (09). Durante o período, 93,82% do público alvo recebeu a vacina. A meta do Ministério da Saúde era de 90%. O resultado foi divulgado neste final de semana.

De acordo com a coordenadora do Programa Municipal de Imunização (PMI), Alexsandra Santos, o resultado foi muito satisfatório. Segundo ela, alguns grupos chegaram aos 99% da cobertura vacinal, a exemplo dos trabalhadores da saúde e puérperas. “Além da conscientização da importância da vacina, nossa equipe intensificou esse trabalho indo até o público alvo”, destacou.

A campanha teve o público-alvo formado pelas crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, idosos maiores de 60 anos, indivíduos de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (comorbidades) e professores das redes pública e privada. (Divulgação)


Pernambuco recebe 12 toneladas de medicamentos e insumos

por Redação Nossa Voz 1 de Junho de 2017 às 08:39
categoria: Saúde

Por solicitação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e com atuação decisiva do Governador Paulo Câmara, o Ministério da Saúde (MS) autorizou a entrega de 24 kits de medicamentos e insumos – cerca de 12 toneladas – para Pernambuco, beneficiando  36 mil pessoas afetadas pelas enchentes e alagamentos dos últimos dias. A remessa deve chegar até a manhã desta quinta-feira (1°/06) ao Estado. A decisão foi pactuada durante videoconferência, na manhã desta quarta-feira (31.05), entre as secretárias executivas da SES de Coordenação Geral, Ana Callou, e de Vigilância em Saúde, Luciana Albuquerque, e técnicos do Ministério da Saúde.

Cada kit enviado pelo MS tem capacidade para atender 1,5 mil pessoas por um mês e contém 48 itens, sendo 30 medicamentos, tais como antibióticos, analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios, analgésicos, corticoides, vermífugos, entre outros. Há, ainda, 18 insumos, como esparadrapos, seringas, luvas e hipoclorito de sódio.

A secretária executiva de Coordenação Geral, Ana Callou, reforça a preocupação do Estado com a garantia da assistência às vítimas das chuvas. "Estamos com equipes trabalhando diuturnamente nos municípios afetados, fazendo o diagnóstico situacional e tratando diretamente com os municípios para atualizar a situação de cada um. Essa iniciativa se enquadra nos esforços estabelecidos pelo Governador Paulo Câmara, que instalou o Gabinete de Crise, unificando as ações do Governo do Estado para reestruturar as áreas afetadas", ressalta a secretária executiva.

Já nesta quinta-feira, a SES inicia a distribuição dos kits do Ministério da Saúde para os municípios de Água Preta, Amaraji, Barra de Guabiraba, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortês, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Maraial, Palmares, Primavera, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém e Tamandaré.

HOSPITAL DE CAMPANHA – Para reforçar a assistência na Mata Sul, já que muitos serviços municipais foram atingidos pelas enchentes, o Governo de Pernambuco já solicitou ao Ministério da Defesa a instalação de um Hospital de Campanha em Rio Formoso, uma das cidades que teve as unidades de saúde mais afetadas pelas chuvas. De acordo com o Exército, a montagem do equipamento terá início também nesta quinta-feira (1°/06), em um terreno localizado no km 57 da PE-60. O espaço terá sala de triagem; sala de nebulização; sala vermelha; posto de enfermagem e leitos de observação.


Pernambuco convoca 974 profissionais para reforçar hospitais estaduais

por Redação Nossa Voz 1 de Junho de 2017 às 08:34
categoria: Saúde

O fortalecimento da rede estadual de saúde tem sido uma prioridade do Governo do Estado que, desde 2015, tem reforçado as escalas de profissionais dos hospitais e unidades de saúde na Região Metropolitana do Recife (RMR) e Interior. Nesta quarta-feira (31.05), o governador Paulo Câmara autorizou e assinou a convocação de mais 974 aprovados em concursos da Secretaria Estadual de Saúde (SES) para reforçar as unidades da rede. O chamamento foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (01/06). Nos próximos dias, os profissionais convocados serão chamados, por meio de telegrama, para perícia, posse e posterior lotação. Após a posse, terão 30 dias para iniciar as atividades nos respectivos serviços de lotação.

Esta é a terceira convocação de profissionais de saúde para a rede estadual só no ano de 2017. Juntas, elas somam um total de 2.081 convocados. Desde o início da gestão, em janeiro de 2015, são 5.481 novos profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e demais áreas de saúde. “Garantir o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, em Pernambuco, é uma prioridade do governador Paulo Câmara. Nos últimos anos, temos trabalhado para que todas as unidades de saúde sejam fortalecidas e mantenham as escalas de plantão completas e prontas para atender os pernambucanos”, comenta o secretário estadual de Saúde, Iran Costa.

Dos 974 convocados, 233 são médicos das especialidades de cardiologia, cirurgia geral, cirurgia vascular, clínica médica, terapia intensiva, pediatria, psiquiatria, otorrinolaringologia, pneumologia, tocoginecologia e traumato-ortopedia. Ainda foram chamados 741 profissionais das áreas de assistência social, biomedicina, enfermagem assistencial, enfermagem intensivista, farmácia, fisioterapia respiratória, nutrição, psicologia, cirurgia odontológica, técnico de enfermagem, técnico de radiologia e técnico de imobilização.

Esses profissionais serão encaminhados para os hospitais da Restauração, Barão de Lucena, Otávio de Freitas, Getúlio Vargas, Agamenon Magalhães, Ulysses Pernambucano, Geral de Areias e Correia Picanço, no Recife; Hospital da Mirueira, em Paulista; Alcides Codeceira, em Igarassu; e Hospital e Polínica Jaboatão Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. No Interior, serão contemplados os hospitais José Fernandes Salsa, em Limoeiro; Regional do Agreste, em Caruaru; Dom Moura, em Garanhuns; Inácio de Sá, em Salgueiro; Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira; Professor Agamenon Magalhães, em Serra Talhada;  e Belarmino Correia, em Goiana. A Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE), o Centro de Assistência Toxicológica de Pernambuco (Ceatox-PE) e a sede da XII Gerência Regional de Saúde (Geres), em Goiana, também receberão novos profissionais.

Realizado em 2014, o concurso para profissionais de saúde de diversas áreas, promovido pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), que teria seu prazo expirado em 2016, foi prorrogado até dezembro 2018. Além disso, um novo certame para médicos e demais categorias está sendo planejado e tem previsão de lançamento para o segundo semestre deste ano, já que diversas especialidades já não possuem profissionais para convocação.


Mulher alega falha médica no HU e diz que pai está com órgãos da barriga expostos

por Redação Nossa Voz 30 de Maio de 2017 às 09:51
categoria: Saúde

 

Atenção: imagens fortes abaixo!

 

Manoel Cícero dos Santos, de 68 anos, deu entrada no Hospital Universitário no dia 25 de abril para fazer uma cirurgia na vesícula. Desde então, o paciente permanece na unidade e já passou por diversos outros procedimentos cirúrgicos. Segundo a filha dele, Sirlene Constantino, houve uma falha médica na primeira intervenção, resultando na perfuração do intestino de Manoel.

Ela ainda conta que um dia depois, o pai foi submetido a mais uma cirurgia, dessa vez para fazer o reparo no intestino do homem. “Eles falam que houve uma perfuração e deixam a gente em “banho-maria”. Eles dizem que o que aconteceu com ele, pode acontecer com qualquer um”, desabafou Sirlene.

Desde então, segundo a filha, o quadro de Manoel foi agravado, sendo transferido para a Unidade de Tratamento Intenso (UTI). Ela explica que o pai passou por mais três cirurgias, sendo que a barriga do pai, agora, está aberta, pois a pele não tem completado o processo de cicatrização, deixando expostos alguns órgãos da barriga. Depois, foi inserida uma "bolsa" na barriga do homem para auxiliar no processo. Na noite de ontem, dia 29, o homem teve uma hemorragia e voltou para o bloco cirúrgico, onde ela disse permanecer até a manhã de hoje.

Sirlene disse estar mais indignada pela falta de informações. “O médico que fez a cirurgia nunca nos procurou. Quem nos passa as informações é um enfermeiro”, explicou. A redação do Nossa Voz entrou em contato com a Assessoria de Comunicação do Hospital Universitário e aguarda posicionamento da instituição.


Médico de Petrolina explica como tipo de Câncer pode está relacionado ao HPV

por Redação Nossa Voz 30 de Maio de 2017 às 09:16
categoria: Saúde

O perfil das pessoas que desenvolvem o câncer de orofaringe - que compreende a amídala, base da língua, parte da faringe e palato mole – mudou. Antes, ele era mais comum em idosos e, na maioria das vezes, relacionado ao uso frequente do tabaco. Porém, atualmente, um outro fator está relacionado à doença, principalmente entre a população mais jovem: o HPV (Papiloma Vírus), espécie de vírus que infecta pele e mucosas.

“Esses tumores estavam relacionados ao uso de alcóol e cigarro, mas hoje em dia a população brasileira mudou. As pessoas estão bebendo e fumando menos e a doença (também) está associada ao vírus do HPV, que é o mesmo do colo do útero”, explicou o médico cirúrgico de Cabeça e Pescoço, Fábio Oliveira. Ele acrescenta que a transmissão pode ocorrer através do sexo oral, quando o HPV se aloja e, com o passar do tempo, promove mutações celulares que levarão ao desenvolvimento do câncer.

Os números são alarmantes: o HPV, que no passado ficava na casa de 15% dos casos, hoje chega ate 60%. A probabilidade do aumento de contaminações é assustadora. Estima-se 15 mil novos casos em 2020 somente nos Estados Unidos. As maneiras de contágio podem estar associadas a outros fatores uso compartilhado de talheres e copos, contato com a saliva de alguém contaminado com o vírus HPV.

O especialista alerta para alguns dos sintomas que podem ser indicativos de que alguma coisa não vai bem. “ É preciso estar atentos a caroços na área da cabeça e pescoço que não somem com até 15 dias do aparecimento. Todas essas feridas que não saram é um alerta para procurar um médico”, enfatizou Oliveira. Descobrir precocemente o câncer de orofaringe possibilita ao paciente maiores chances de cura. De acordo com o cirurgião, existem várias formas de tratamento - que vão desde a cirurgia, seguido de quimioterapia e radioterapia, ou quimioterapia e radioterapia isoladas.

Gabriela Canário,

com informações Ascom


Depressão na infância e adolescência é tema de palestra em escola de Petrolina

por Simone Marques 25 de Maio de 2017 às 12:00
categoria: Saúde

Muitos estudiosos classificam a depressão como o mal do século.  Segundo estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS), 5,8% ou 11,5 milhões de brasileiros sofrem de depressão.

Preocupados com esses números e o avanço da doença entre crianças e adolescentes, os professores e colaborardes da Escola Municipal Mãe Vitória, localizada no Bairro Henrique Leite, participaram de uma palestra sobre o tema. A médica Maria do Amparo foi a responsável pela formação.

 No encontro foram abordados os sintomas, como proceder e ajudar os estudantes.  De acordo com Madalena Rodrigues, tutora escola da unidade, o objetivo foi alertar sobre sintomas e causas que identificam a depressão na infância e adolescência. Segundo Madalena, após a capacitação, os profissionais de educação estão mais sensíveis aos sinais e podem colaborar com os alunos que sofrem com a depressão.

A tutora ressaltou que a atenção com o tema é importante, pois o suicídio está entre as principais causas de morte na adolescência. “A preocupação da gestão escolar é muito pertinente, pois, de acordo com o Centro de Estudos sobre Tecnologias da Informação e Comunicação, um em cada dez jovens brasileiros de 11 a 17 anos acessa conteúdos na internet que falam sobre formas de se ferir. Já um em cada 20 procura conteúdos sobre suicídio e a proximidade de nossos alunos com as ferramentas tecnológicas sem uma orientação pedagógica ou familiar é grande. Estamos atentos a essa situação e dispostos a ajuda. A iniciativa da escola é bastante louvável e vamos ter, com certeza, em outras unidades”, comentou.

 


Pernambuco vacina cães e gatos contra raiva

por Simone Marques 25 de Maio de 2017 às 12:00
categoria: Saúde

Os municípios pernambucanos, com exceção do Recife, realizam, no próximo sábado (27.05), o dia D da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica Canina e Felina. Mais de 7 mil postos de vacinação serão montados nas cidades do Estado, com funcionamento das 8 às 17h. No caso específico do Recife, a vacinação será realizada no dia 10 de junho. A meta no Estado é imunizar cerca de 1,2 milhão de caninos e felinos, sendo 875 mil cães e 376 mil gatos. 

Com o mote Quem cuida, vacina!, a Campanha tem o objetivo de controlar a circulação do vírus da raiva canina e felina, prevenindo a raiva humana. O  último caso da doença em humanos, transmitido por cão, em Pernambuco, foi no ano de 2006. Já nos animais, foram registrados quatro casos no ano passado (1 em Paudalho, 2 em Araripina e 1 em Bodocó) - todos em caninos. 

 

A raiva é uma doença viral e infecciosa, transmitida por mamíferos. Para isso, ao todo, serão disponibilizadas 1,5 milhão de doses, com o objetivo de imunizar, pelo menos, 80% da população canina e felina do Estado. A transmissão da raiva se dá pela penetração do vírus contido na saliva do animal infectado, principalmente pela mordedura, arranhadura e lambedura de mucosas. O vírus penetra no organismo, multiplica-se e atinge o sistema nervoso periférico e, posteriormente, o sistema nervoso central. O coordenador estadual do Programa de Controle da Raiva, da SES, Francisco Duarte, ressalta que a melhor forma de prevenção é vacinação. Quem não conseguir vacinar seu animal no dia D da Campanha deve procurar a secretaria de saúde do seu município, no setor de zoonoses.

 

Ao ser agredida por um animal, a pessoa deve lavar imediatamente o ferimento com água e sabão, e procurar com urgência o Posto de Saúde mais próximo. Cães raivosos apresentam sintomas como: agressividade (atacando pessoas e objetos) ou tristeza (procurando lugares escuros), salivação excessiva, dificuldade para engolir, latido rouco e paralisia das patas traseiras. Nos humanos, a doença ataca o sistema nervoso central, levando à morte. O período de incubação é extremamente variável, desde dias até anos, com uma média de 45 dias, no homem, e de 10 dias a 2 meses, no cão.

 

O tratamento profilático anti-rábico também é recomendado para toda agressão por espécie silvestre (morcegos, raposa/cachorro do mato e sagüis). O soro e a vacina para esse tratamento estão disponibilizados na rede do SUS, gratuitamente. A vacina anti-rábica canina também é gratuita. O único meio de prevenir a ocorrência da doença em áreas urbanas é por meio da vacinação anual de cães e gatos. 

Vacina na Capital - A Campanha de Vacinação antirrábica animal 2017 no Recife terá início no dia 10 de junho, com a expectativa de imunizar mais de 200 mil cães e gatos. A população do município poderá levar seus animais a um dos 450 postos de vacinação distribuídos pela cidade, no horário das 8h às 17h. Estarão envolvidos mais de mil profissionais entre médicos veterinários, agentes de saúde ambiental e voluntários.

 


UPAE/IMIP de Petrolina dá início à 3ª SIPAT

por Simone Marques 24 de Maio de 2017 às 16:48
categoria: Saúde

A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) deu início ontem (23) à 3ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes, que este ano traz como tema "Seja esperto, segurança é o certo". Serão três dias de evento, encerrando nesta quinta-feira (25), que trazem na programação muitas palestras e momentos de reflexão sobre saúde, segurança do trabalhador e cidadania.

A SIPAT é uma realização da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e tem como foco o público interno, incluindo funcionários e colaboradores. As palestras têm início sempre às 14h e está sendo realizada uma escala entre os setores, de modo que todos possam participar.

A abertura foi feita pela coordenadora da UPAE e presidente da CIPA, Ana Beatriz Mota Aguiar, e os primeiros temas debatidos foram Saúde Mental no Trabalho, com a psicóloga da UPAE Tatiany Torres, e Prevenção e Combate a Sinistro, com o tenente Almery do Corpo de Bombeiro.

"Espero que todos possam aproveitar o evento, que é sempre formatado em cima das nossas demandas. A nossa expectativa é a melhor possível e desejamos que os conteúdos possam agregar ao nosso dia a dia de trabalho e à vida", destacou Ana Beatriz em sua fala.

Nesta quarta-feira acontece uma palestra sobre AIDS e uma aula de ginástica laboral, com foco na qualidade de vida e saúde física no trabalho. Encerrando o evento, a comissão da SIPAT preparou uma palestra sobre prevenção e segurança no trânsito, com um representante da Polícia Rodoviária Federal, e uma roda de diálogo sobre reforma trabalhista e previdência social, com um enviado do INSS.


Centro de Controle de Zoonoses inicia vacinação contra raiva em cães e gatos

por Karine Paixão 19 de Maio de 2017 às 16:44
categoria: Saúde



 

A Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina (SMS), através do Centro de Controle e Zoonoses (CCZ), iniciou nesta sexta-feira (19), na zona rural, a campanha de vacinação contra raiva em cães e gatos.

 

De acordo com a pasta, a expectativa é que sejam vacinados aproximadamente 80% da população canina, hoje estimada em 40.522 animais e 100% dos felinos, com 6.586. Animais a partir dos três meses de idade já podem receber a dose.

 

O dia D será no próximo dia 27, na zona urbana, das 8h às 17h, e contará com pontos de vacinação nos bairros: Vila Eduardo; Jose e Maria; São Gonçalo; Cohab Massangano; Atrás da Banca e Centro.(Ascom)