asdasdasdasd

Prefeitura de Petrolina define nova carga horária para professores readaptados

por Redação Nossa Voz 13 de Setembro de 2017 às 16:53
categoria: Educação

Uma antiga luta dos professores readaptados e do sindicato dos servidores foi atendida pela gestão municipal.  A prefeitura publicou a instrução normativa 11/2017 corrigindo as cargas horárias dos professores na situação de readaptação. O anúncio foi feito em reunião com os servidores, nesta terça-feira (12), no auditório do Igeprev.

De acordo com a Lei que estava vigente desde o ano de 2015, os servidores readaptados teriam que desempenhar suas atividades em apoio pedagógico ou auxiliando nas funções administrativas das escolas com carga horária de 8h por dia. Com a nova normativa, os professores que estão nessa situação passarão a trabalhar 06 h diárias para quem tem 200 h; 04 h para 100 h; e 05h para 150 h.

"Era uma reivindicação antiga, justa e que a gestão atual decidiu atender. Com isso, demonstramos mais uma vez nosso compromisso para valorizar os servidores, em especial os profissionais da educação”, frisou Miguel Coelho, prefeito de Petrolina, presente no evento.

Para o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina (Sindsemp), Walber Lins, a antiga regra estava prejudicando os trabalhadores, pois eles não tinham tempo para prosseguir com o tratamento médico.  “Várias reuniões aconteceram entre a gestão e sindicato, até chegar a essa Instrução Normativa que, com certeza, só beneficia o servidor”, pontua. “Esta é uma luta do sindicato desde a gestão anterior, na qual não foi possível reverter esse quadro de injustiça”, completou o dirigente sindical.

Além de explanar as questões da normativa, o encontro foi a oportunidade da Secretaria de Educação ouvir a demanda dos professores readaptados. “Foi um momento de escuta, de atenção. Os professores estavam abafados, precisando ser ouvidos. Muitos falaram, choraram e pontuaram as suas questões”, comentou Maéve Melo, secretária de Educação do município.

Cuidando do Mestre

No encontro, a gestão apresentou o ‘Cuidando do Mestre‘. Em parceria com a Univasf, através do Núcleo de Pesquisa de Infâncias e Educação, o projeto visa promover ações em favor à saúde dos professores.  Uma equipe multiprofissional com estagiários dos cursos de medicina, psicologia, enfermagem, educação física e ciências sociais, através da supervisão de alguns professores desses cursos vão oferecer atividades e orientações. Durante a reunião, os presentes participaram de dinâmicas e fizeram ginásticas laborais.

Segundo Clara Souza, tutora do programa, o trabalho do Núcleo será focado nos aspectos de autoestima, psicológico e emocional e no cuidado com o corpo e alimentação.  O trabalho será coordenado pelo doutor em psicologia e professor da Univasf, Marcelo Ribeiro.

O primeiro grupo a ser atendido serão os professores readaptados.  O programa será lançado, oficialmente, ainda este mês, dentro das comemorações do aniversário de Petrolina.


Aulão temático para a prova do Enem e do vestibular com inscrição aberta em Petrolina

por Redação Nossa Voz 12 de Setembro de 2017 às 08:03
categoria: Educação

Com o propósito de preparar os feras para a prova do Enem e do vestibular, que acontece em novembro, o Sesc Petrolina está com inscrição aberta para aulão temático. A partir desta quarta-feira (13/09) até o dia 26 de setembro, a iniciativa levará aos participantes conhecimentos de português, inglês, história, geografia, biologia, química, física, matemática e literatura, abordando questões atuais.

Entre os assuntos que serão discutidos estão: democracia e movimentos sociais na conquista de direitos, desequilíbrios ambientais, eletricidade, técnicas de leitura e interpretação textual, além língua portuguesa e literatura. As aulas terão início sempre às 19h e os interessados em participar podem se inscrever no Ponto de Atendimento da Unidade, localizado na Rua Pacífico da Luz, nº618, no Centro. Para fazer o cadastro é preciso doar 1kg de alimento não perecível, que será destino ao Banco de Alimentos do Sesc.

Serviço:

Aulão para o Enem

Local: Sesc Petrolina - Rua Pacífico da Luz, nº618

Preço: 1kg de alimento não perecível

13/09/17

Tema: Democracia e movimentos sociais na conquista de direitos      

Língua Portuguesa / História / Geografia                        

15/09/17

Tema: Desequilíbrios Ambientais

Biologia/ Química

18/09/17

Tema: Eletricidade

Física

22/09/17

Tema: Técnicas de Leitura e Interpretação Textual: Skimming and Scanning

Inglês

25/09/17

Tema: Desvendando os mistérios da prova de matemática no Enem

Matemática

26/09/17

Tema: Língua e Literatura: das cartas ao texto publicitário

Literatura e Língua Portuguesa


MEC libera R$ 1 bilhão para universidades e institutos federais

por Redação Nossa Voz 6 de Setembro de 2017 às 17:45
categoria: Educação

O ministro da Educação, Mendonça Filho, autorizou, nesta quarta-feira, 6, a liberação de R$ 1 bilhão para universidades e institutos federais em todo o País. O valor corresponde ao repasse financeiro para as instituições e ao aumento de cinco pontos percentuais no limite para empenho do orçamento para custeio e para investimento. “Estamos cumprindo rigorosamente com o compromisso assumido com as universidades e institutos federais, que têm tido por parte do MEC toda a atenção no sentido de garantir custeio, investimento e retomar obras paralisadas”, afirmou o ministro Mendonça Filho, destacando que o MEC já liberou este ano R$ 5.138,4 milhões para as universidades federais em limite para empenho do orçamento, sendo R$ 4.551,6 bilhões para atendimento de despesas de custeio e R$ 586,8 milhões para as despesas de investimento, incluindo fonte própria (R$ 488,1 milhões).

Do R$ 1 bilhão liberado hoje, R$ 558,69 milhões são referentes a recursos financeiros discricionários e R$ 449,6 milhões a uma liberação de limite para empenho do orçamento equivalente a um acréscimo, em relação aos valores já liberados, de 5 pontos percentuais em custeio e 5 pontos percentuais em investimento para cada uma das instituições federais.

Ao todo, as universidades federais receberão R$ 718 milhões, dos quais R$ 406 milhões em recursos financeiros discricionários, o que corresponde a 100% do valor liquidado até o momento, e o restante corresponde a R$ 312 milhões de limite para empenho do orçamento, sendo R$ 255 milhões para custeio e R$ 57 milhões para investimento.

A liberação de limite para empenho do orçamento de cinco pontos percentuais para custeio e para investimento aumenta de 75% para 80% o limite de liberado para as universidades e institutos.

Já os institutos federais, do R$ 1 bilhão liberado hoje, serão contemplados com R$ 290,3 milhões. Desse total, R$ 152,2 milhões de recursos financeiros discricionários e R$ 137,6 milhões a mais de limite para empenho do orçamento. Este último corresponde a R$ 110,6 milhões para custeio e R$ 27 milhões para investimento. O orçamento liberado para os institutos apenas este ano corresponderá, portanto, a R$ 1.951,4 milhões, sendo R$ 1.810,6 milhões de custeio, R$ 140,8 milhões de investimento, incluindo fonte própria (R$ 42,5 milhões).

Desde o início do ano de 2017, o MEC já repassou para as instituições federais de ensino R$ 5,27 bilhões em recursos financeiros e R$ 7,1 bilhões de limite para empenho do orçamento, ambos discricionários.

Histórico – A atual gestão assumiu o MEC em maio de 2016, com corte no orçamento da Educação de R$ 6,4 bilhões, e conseguiu retomar R$ 4,7 bilhões, o que garantiu a normalização dos empenhos, da regularização dos repasses financeiros e da retomada de obras em universidades e institutos federais do país. “Conseguimos concluir o ano passado com 100% do orçamento de custeio liberado, o que não acontecia há dois anos. Nosso compromisso é continuar assegurando um bom funcionamento para as universidades e institutos federais do país", afirmou Mendonça Filho. O MEC já informou a Andifes que o orçamento de custeio para as universidades federais está assegurado em 100% do que foi previsto na Lei Orçamentária Anual de 2017.


F Sertão-PE abre seleção do Programa de Mobilidade Estudantil para estudantes de Juazeiro e Petrolina

por Mônia Ramos 26 de Agosto de 2017 às 12:00
categoria: Educação

O Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) lançou, nesta quinta-feira (24), o edital nº 48/2017, referente ao processo seletivo para o Programa de Mobilidade Estudantil. As vagas são destinadas a estudantes regularmente matriculados, no semestre 2017.1 ou 2017.2, em cursos de graduação da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). As inscrições para as disciplinas dos cursos do IF Sertão-PE devem ser realizadas ente os dias 28 de agosto e 11 de setembro, na Instituição de Ensino Superior (IES) de origem do discente.

Os interessados devem ter concluído pelo menos 20% da carga horária do seu curso de graduação, excluídos o estágio curricular e atividades complementares, e devem não ter participado anteriormente deste mesmo programa de mobilidade por três vezes, consecutivas ou alternadas, independente das IES nas quais tenha ocorrido a mobilidade. Além disso, deve estar apto a iniciar as atividades acadêmicas da mobilidade no segundo semestre letivo de 2017 do IF Sertão-PE, e não exceder o limite semestral de carga horária de matrícula em disciplinas, previsto no regimento de sua IES de origem, devendo ser considerada a matrícula na IES de origem e a pretensão de disciplinas a serem cursadas no Instituto.

No ato da inscrição, os interessados precisam apresentar formulário de inscrição e de qualificação no processo seletivo de mobilidade acadêmica, devidamente preenchido e assinado, cópia dos documentos de identidade, CPF e do comprovante de residência atualizado, histórico escolar atualizado, emitido pela IES de origem, comprovante de matrícula no 2º semestre de 2016 ou 1º semestre de 2017 e as ementas e conteúdos programáticos das disciplinas que pretenda cursar durante a mobilidade.

Os pedidos de inscrição serão analisados pela IES de origem e em seguida a documentação dos candidatos será encaminhada para o IF Sertão-PE, conforme estabelece o edital. O resultado deverá ser divulgado a partir do dia 4 de outubro e as matrículas presenciais serão realizadas nos dias 9 e 10 de outubro. (Divulgação)


MEC autoriza instalação de campus da Univasf em Salgueiro

por Redação Nossa Voz 25 de Agosto de 2017 às 09:32
categoria: Educação



O ministro da Educação, Mendonça Filho, autoriza, nesta sexta-feira, 25, a instalação do campus Salgueiro da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). A cerimônia acontece no auditório do Salgueiro Plaza Hotel. Em entrevista ao Nossa Voz, por telefone, o ministro lembrou da luta de um outro político pela chegada da Universidade à Bahia e Pernambuco.

“Pernambuco estava na expectativa dessa expansão. Salgueiro sempre foi uma cidade estratégica e relevante para que se pudesse receber esse tipo de investimento. A Univasf foi criada pelo ex-deputado Osvaldo Coelho que ontem faria aniversário se fosse vivo. Sempre tive admiração por ele por tudo o que ele fez por Pernambuco e pelo Brasil”, destacou Mendonça Filho.

Inicialmente, o campus vai oferecer os cursos de Engenharia de Produção e Ciências da Computação, na unidade de Salgueiro. “Vamos expandir cada vez mais para que Pernambuco continue crescendo através da educação. Vamos disponibilizar recursos para avançar na implantação. Liberemos 13 milhões de reais proporcionando essa grande conquista para Pernambuco. É um marco histórico”, destacou o Ministro. Serão 40 vagas para cada curso e duração de 4 anos e meio, totalizando 360 estudantes.

Previamente, espera-se a construção de prédios com salas de aula e laboratórios. Ao todo, são 3.100m², capaz de atender com folga alunos, professores e funcionários do Campus Salgueiro. A Univasf conta com 27 cursos de graduação presencial em funcionamento e o 28º vai começar no 2º semestre de 2017. São seis campi: Petrolina-PE, Ciências Agrárias-PE, Juazeiro-BA, Senhor do Bonfim-BA, Paulo Afonso-BA, São Raimundo Nonato -PI.


IF Sertão-PE abre seleção do Programa de Mobilidade Estudantil para Juazeiro e Petrolina

por Redação Nossa Voz 25 de Agosto de 2017 às 08:04
categoria: Educação

O Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) lançou, nesta quinta-feira (24), o edital nº 48/2017, referente ao processo seletivo para o Programa de Mobilidade Estudantil. As vagas são destinadas a estudantes regularmente matriculados, no semestre 2017.1 ou 2017.2, em cursos de graduação da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). As inscrições para as disciplinas dos cursos do IF Sertão-PE devem ser realizadas ente os dias 28 de agosto e 11 de setembro, na Instituição de Ensino Superior (IES) de origem do discente.

Os interessados devem ter concluído pelo menos 20% da carga horária do seu curso de graduação, excluídos o estágio curricular e atividades complementares, e devem não ter participado anteriormente deste mesmo programa de mobilidade por três vezes, consecutivas ou alternadas, independente das IES nas quais tenha ocorrido a mobilidade. Além disso, deve estar apto a iniciar as atividades acadêmicas da mobilidade no segundo semestre letivo de 2017 do IF Sertão-PE, e não exceder o limite semestral de carga horária de matrícula em disciplinas, previsto no regimento de sua IES de origem, devendo ser considerada a matrícula na IES de origem e a pretensão de disciplinas a serem cursadas no Instituto.

No ato da inscrição, os interessados precisam apresentar formulário de inscrição e de qualificação no processo seletivo de mobilidade acadêmica, devidamente preenchido e assinado, cópia dos documentos de identidade, CPF e do comprovante de residência atualizado, histórico escolar atualizado, emitido pela IES de origem, comprovante de matrícula no 2º semestre de 2016 ou 1º semestre de 2017 e as ementas e conteúdos programáticos das disciplinas que pretenda cursar durante a mobilidade. 

Os pedidos de inscrição serão analisados pela IES de origem e em seguida a documentação dos candidatos será encaminhada para o IF Sertão-PE, conforme estabelece o edital. O resultado deverá ser divulgado a partir do dia 4 de outubro e as matrículas presenciais serão realizadas nos dias 9 e 10 de outubro. 


Alunos com deficiência recebem equipamentos para melhorar a aprendizagem em Juazeiro

por Redação Nossa Voz 25 de Agosto de 2017 às 08:03
categoria: Educação

Durante as comemorações da Semana Nacional das Pessoas com Deficiência Intelectual e Múltipla, nas escolas da Rede Municipal de Ensino de Juazeiro, a secretária de Educação e Juventude – SEDUC, Lucinete Alves, entregou nesta quinta-feira (24), dois capacetes com ponteira (ferramenta de tecnologia assistiva), que vai facilitar na digitação e escrita durante as atividades escolares dos alunos da Escola Maria Franca Pires, José Abraão de Freitas, de 8 anos, que tem paralisia cerebral e Ana Vitória, de 6 anos, que não possui os membros superiores e inferiores.

A professora de Atendimento Educacional Especializado – AEE, Claudete de Oliveira falou sobre o trabalho realizado com Abraão e Vitória, e a importância dos equipamentos para melhorar o desempenho e a aprendizagem. "Nosso trabalho é um desafio diário, mas muito gratificante, porque percebemos os avanços que os alunos conseguem obter com o atendimento especializado, oferecido nas escolas municipais. O capacete vai contribuir muito com as atividades que desenvolvemos com os dois alunos que foram beneficiados. Com Abraão, por exemplo, a gente tinha muita dificuldade de compreender o que ele queria, mas desenvolvemos atividades especificas, a escola adquiriu um sintetizador de voz, e hoje estamos tendo resultados significativos em sala de aula", comemorou a professora.

"O desenvolvimento de Abraão é visível, depois que ele entrou na escola está mais sociável, adora brincar com os amigos, no momento das atividades escolares ele fica muito satisfeito e entusiasmado. Estou feliz e agradecida pelos resultados positivos e o trabalho pedagógico da equipe da escola com o meu filho. Quero agradecer a SEDUC pelo equipamento, e tenho certeza que ele vai melhorar ainda mais", disse a mãe do aluno, Regina Neves.

A secretária Lucinete agradeceu e parabenizou aos professores, a equipe do NAPSI, e aos pais dos alunos pelo trabalho realizado em conjunto com a escola. "Juazeiro desde 2009 iniciou um trabalho de fortalecimento da Educação Inclusiva, e já conseguimos muitos avanços. Hoje atendemos quase 500 alunos com deficiência na rede municipal, com 44 salas de recursos, 57 professores e 50 auxiliares de AEE, que trabalham diretamente com os alunos autistas, cadeirantes e com deficiências múltiplas. Vamos continuar trabalhando para que a Educação do nosso município avance ainda mais", afirmou.

Com o objetivo de ressaltar a importância de entender e discutir conceitos, ideias, sugestões para a melhoria da qualidade de vida e inclusão das pessoas com deficiência, as escolas Tancredo Neves, Haydee Fonseca, a Aprígio Duarte entre outras, também estão com uma extensa programação nesta semana, com exibição de vídeos sobre o tema, apresentações teatrais, de dança, trabalhos textuais e audiovisuais, além de outras atividades.

Estavam presentes no evento, a vereadora Tia Célia, a gerente do NAPSI, Luzinete Helena Santos, os pais dos alunos, as superintendentes e assessoras da SEDUC.


FATI possibilita reintegração de pessoas da terceira idade à educação

por Redação Nossa Voz 23 de Agosto de 2017 às 08:38
categoria: Educação

A velhice ainda é vista como um problema social e, por isso, é preciso procurar novas vias para a reintegração dessas pessoas na sociedade através. Assim, a educação se apresenta como um transformador social. Mas a tarefa não é tão simples. “É desafiador”, diz a doutora em educação Thereza Cristina.

Acreditando na possibilidade de o idoso ser aprendiz, abrem-se inúmeras oportunidades de aprendizagens para ele, desde cursos de graduação até cursos livres, como a faculdade aberta a terceira idade (FATI), um projeto de extensão, para pessoas a partir de 50 anos que desejam voltar a estudar em Petrolina.

Thereza Cristina, que é coordenadora do projeto, disse que a procura em Petrolina tem sido satisfatória e que “esse público se sente maravilhado porque as vezes só falta a oportunidade e isso possibilita uma satisfação para o universo acadêmico e para essas pessoas”, explicou. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas das 9h às 11h e das 15h às 18h, no bloco da pós-graduação da Facape e seguem até o dia 30 de agosto.

Para realizar a inscrição, os interessados devem ter disponibilidade de tempo para os horários das aulas, ter, no mínimo, 50 anos de idade e possuir formação escolar em nível fundamental completo ou equivalente. Na matrícula, o aluno deve apresentar carteira de identidade original, comprovante de residência e a ficha de inscrição devidamente preenchida.

Ao todo, são 230 vagas para os cursos de inclusão digital; noções de direito; administração/empreendedorismo; noções de saúde; inglês I e II e conversação; a literatura, o cinema e a música nas memórias individuais e coletivas da terceira idade; noções de espanhol I e conversação; e finanças pessoais para a melhor idade.

Inscrições para Monitores

A Fati é fruto de uma parceria entre a Facape, a Universidade de Pernambuco (UPE) e o Instituto Federal do Sertão de Pernambuco (IF Sertão). Os estudantes dessas instituições podem participar como monitores. Há vagas para alunos dos cursos de Ciência da Computação, Gestão da Tecnologia da Informação (GTI), Direito, Ciências Contábeis, Serviço Social, Administração, Pedagogia, Letras, Música e para estudantes dos cursos de saúde.

A inscrição de monitores segue até o dia 30 de agosto, das 9h às 12h, nas dependências da coordenação de extensão e cultura da upe e das 15h às 18h, no bloco de pós-graduação da Facape. Os discentes devem apresentar cópias do currículo, histórico escolar e documento de identificação.


Professores da Uneb podem entrar em greve por tempo indeterminado

por Mônia Ramos 16 de Agosto de 2017 às 16:46
categoria: Educação

Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) podem deflagrar greve por tempo indeterminado. Uma assembleia marcada para acontecer nesta quinta-feira (17), às 14h, no auditório da instituição em Salvador, discutirá sobre o indicativo de greve da categoria, o que significa o primeiro passo para a deflagração do movimento paredista. Entre as reivindicações estão recomposição salarial, reajuste linear, direito trabalhistas e melhores condições de trabalho.

De acordo com o Sindicato dos Docentes da Uneb (Aduneb), como de costume, todos os professores filiados ao sindicato, que se deslocarem dos campi do Interior para a assembleia docente na Capital, terão os custos das passagens terrestres reembolsados. Para tanto é necessário apenas avisar a Aduneb com 24 horas de antecedência à realização da atividade, pelo e-mail aduneb@aduneb.com.br. A diretoria do sindicato informou ainda que a assembleia não poderá ser transmitida por videoconferência aos campi do Interior, pois o sinal disponibilizado pela Uneb já será utilizado em outra atividade da universidade.

A Aduneb também disse que, desde 19 de dezembro do ano passado, o Movimento Docente das Universidades Estaduais da Bahia (Ueba) tenta iniciar a negociação da pauta de reivindicações. “Apesar de receber os professores, os representantes de Rui Costa dizem ‘não’ como resposta e afirmam não estarem autorizados a negociar”, ressalta o sindicato. Com a palavra, o Governo da Bahia. (Divulgação)

 


Dia do Estudante é comemorado em Petrolina com oficinas, jogos e muita música

por Redação Nossa Voz 14 de Agosto de 2017 às 08:32
categoria: Educação

Ser estudante é ser levado, atirado e irreverente. Mas, ser estudante também é ser comprometido, aplicado e responsável. São inúmeras as definições quando o propósito é falar deste ser humano que todos gostam de ser. Para comemorar a data dedicada ao estudante (11 de agosto), o Plenus Colégio e Curso programou um dia inteiro de atrações.

Seja na unidade da Orla, do Centro ou no Pré-vestibular, a ordem foi uma só: ninguém precisa vir de farda e vamos trocar os livros e cadernos pela festa e a animação. E foi assim no turno da manhã com as crianças do Plenus Junior, que encerraram a Semana dos Pais no ritmo das brincadeiras, jogos e distribuição de brindes.

Durante a tarde, a animação continuou com os alunos do Ensino Médio cantando e dançando ao som de uma banda composta de estudantes e professores. E por falar nos mestres, estes se encarregaram de todo o receptivo e recreação, não deixando faltar sorrisos e abraços para cada um dos homenageados do dia.

Segundo a Diretora Pedagógica do Plenus, Silvia Santos, o Dia do Estudante é comemorado em 11 de agosto por ser a mesma data em que foram instituídos os dois primeiros cursos de ciências jurídicas e sociais do Brasil, por Dom Pedro I, no século XIX. “Estudar é exercitar a memória para adquirir conhecimentos e descobrir mundos diferentes. E o estudante é aquele ser especial que ao projetar sonhos, se aproxima do seu verdadeiro eu e dos outros”, concluiu.