asdasdasdasd

Cheques de qualquer valor serão compensados em um dia útil a partir de amanhã

por Redação Nossa Voz 16 de Abril de 2018 às 10:04
categoria: Economia

A partir de amanhã (16), cheques de qualquer valor passarão a serem compensados em um dia útil. Hoje, os cheques de até R$ 299,99 demoram dois dias úteis para “cair” na conta das pessoas físicas, empresas, ou favorecidos. O novo prazo para a compensação nos cheques segue determinação da circular 3.859, publicada pelo Banco Central em novembro do ano passado.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a alteração no prazo foi possível após implementação da compensação por imagem, em 2011. O processo por imagem reduziu o tempo e os gastos com transporte, eliminando as trocas físicas que antes eram feitas.

Outro fator que contribuiu para a redução no prazo de compensação, segundo os bancos, foi queda no número de cheques liquidados no país. Em 2017, foram compensados 494 milhões de cheques, 85% menos que o registrado 1995, quando foram compensados 3,3 bilhões de cheques.

Mudanças em relação ao cheque especial também vão ocorrer, mas a partir de 1º de julho. Pelas novas regras, as instituições financeiras terão de oferecer ao consumidor uma alternativa mais barata para parcelamento do saldo devedor do cheque especial.

Quando o consumidor “entrar” no cheque especial, o banco deverá comunicá-lo imediatamente, por meio de alerta, sobre a contratação do produto e que se trata de uma modalidade de crédito de uso temporário.

Segundo a Febraban, o valor do limite de crédito do cheque especial deverá ser informado nos extratos de forma clara de modo a não ser confundido com valores mantidos em depósito pelo consumidor na conta-corrente.

Fonte: Agência Brasil


Salário mínimo deve ser de R$ 1.002 em 2019

por Adriana Rodrigues 13 de Abril de 2018 às 08:58
categoria: Economia

Segundo o Ministério do Planejamento, que se pronunciou nesta quinta-feira (12), durante apresentação do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias do ano que vem, o governo propôs salário mínimo de R$ 1.002 em 2019. O valor significaria um aumento de R$ 48 em relação ao salário mínimo atual, de R$ 954, passando, pela primeira vez, de R$ 1.000.

O ministério também projetou salário mínimo de R$ 1.076 para 2020 e de R$ 1.153 em 2021. Os valores são estimativas e ainda precisam ser aprovados.

O salário mínimo é reajustado com base na inflação do ano anterior, levando em conta o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), mais o aumento do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes (no caso, 2017).

Caso aprovado, o valor de R$ 1.002 para o mínimo de 2019 representará um aumento de 5,03%. Em 2018, a correção foi de 1,81% – o salário passou de R$ 937 em 2017 para R$ 954.

Em março, o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) calculou que o salário mínimo ideal para sustentar uma família de quatro pessoas deveria ser de R$ 3.706,44. O valor é 3,89 vezes o salário atualmente em vigor.


Conta de água vai ficar mais cara em Pernambuco a partir de maio

por Adriana Rodrigues 12 de Abril de 2018 às 17:46
categoria: Economia

A conta de água dos pernambucanos ficará 2,78% mais cara a partir do próximo dia 12 de maio. Isso por que a Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) autorizou nesta quinta-feira (12) o reajuste provisório das tarifas da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). De acordo com publicação no Diário Oficial do Estado, “os eventos da etapa final da Revisão

Tarifária Ordinária de 2018″  ficarão até então suspensos, mas serão retomados ainda este ano, gerando uma novo reajuste das tarifas.

Com o reajuste, o consumidor que pagava R$ 100 passará a pagar R$ 102,78, por exemplo. O reajuste, conforme a Arpe,  acompanha a variação do IPCA acumulada no período de 1º de fevereiro de 2017 a 28 de fevereiro de 2018, no valor de 3,18%, e a variação do IGP-M acumulada no mesmo período, no valor negativo de -0,0382%.

“O reajuste provisório é uma situação excepcional mesmo. Para que a empresa não tenha prejuízo, estamos autorizando o valor que compensa a inflação e iremos compensar isso quando os estudos técnicos forem apresentados ainda este ano. Quando o valor for definido, o reajuste anunciado agora será abatido”, explica a coordenadora de tarifas da Arpe, Angela Freitas.

Outros reajustes

No ano passado, a Compesa havia reajustado  em 7,88% a conta de água, no dia 20 de março; mesma data do reajuste anunciado em 2016, que foi de 10,69%.

Este ano a apresentação dos estudos técnicos para revisão tarifária, que deveria ser realizada no último dia 26 de março, foi adiada por conta da “dificuldade da Compesa em apresentar alguns itens de custo como os investimentos feitos pela companhia”. (JC Online)


Super Mix Itinerante gerou R$ 850 mil em negócios em Serra Talhada e Petrolina

por Adriana Rodrigues 12 de Abril de 2018 às 08:11
categoria: Economia

A versão itinerante da Super Mix passou por Serra Talhada, segunda cidade do Sertão pernambucano a receber a feira na última terça-feira (10), e deixou uma ótima experiência para os mais de 60 empresários que compareceram ao evento. Com a parada na Capital do Xaxado e anteriormente em Petrolina, a caravana da feira gerou cerca R$ 850 mil em negócios para as cidades. Promovido pela Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (Aspa) e a Associação Pernambucana de Supermercados (Apes), o evento levou uma amostra da 13ª da feira de negócios para o interior do Estado.

As empresas petrolinenses Cadan, Compare e San Francisco, a caruaruense Vitamassa, além da Mauricéa, Ondunorte, Remix, M. Dias Branco, Metal Design, Grupo Arclimatização e VR Software participaram da Super Mix Itinerante em Serra Talhada. “O saldo da nossa passagem por Serra Talhada foi extremamente positivo. Fomos muito bem recebidos e houve um interesse muito grande dos empresários pela Super Mix. Nossa expectativa é que mais negócios sejam gerados a cada cidade visitada”, salienta da coordenadora da feira, Paula Valéria.

O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Serra Talhada, Marcus Godoy, destacou a parceria com a organização da Super Mix. “A feira foi muito positiva, com participação de grandes empresários nas rodadas de negócios e tendo a oportunidade de conhecer as novas tendências do mercado e novos produtos. Isso é ótimo para a cidade e também para toda a região”, comemora. Além da CDL, o Sindilojas e o Sebrae também apoiaram o evento.

A próxima parada da Super Mix Itinerante será em Salgueiro, nesta quinta-feira (12). A programação contará com a palestra sobre a importância de saber calcular os impostos para a formação de preço no mercado varejista, ministrada pelo diretor da empresa caruaruense Team Contabilidade Assessoria, Adilson Araújo, e também com minifeira e rodada de negócios. Em maio, será a vez de Caruaru e Surubim receberem a caravana, nos dias 17 e 24, respectivamente. Carpina e Palmares também serão visitados pela caravana.

A 13ª edição da Feira de Negócios Super Mix acontecerá de 21 a 23 de agosto, no Centro de Convenções de Pernambuco, no Recife. Trata-se da maior feira setorial do Norte/Nordeste e a terceira maior do Brasil.


Trabalhador do Vale do São Francisco gastou mais de 30% do salário com cesta básica no mês de março, aponta pesquisa

por Adriana Rodrigues 11 de Abril de 2018 às 08:34
categoria: Economia

O custo com alimentação levou um trabalhador do Vale do São Francisco, que recebe mensalmente R$954, investir 30,09% dos seus rendimentos na cesta básica, durante o mês de março. Os dados foram levantados pelo Índice de Cesta Básica (ICB), pesquisa realizada pelo curso de economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina – Facape. Isto significa que após a aquisição da cesta básica de alimentos, restaram R$ 659,45 para gastar com as demais despesas (moradia, transporte, vestuário, saúde e higiene e serviços pessoais).

No acúmulo dos últimos doze anos, a cidade de Petrolina-PE apresentou uma deflação de 7, 51%, retomando o curso iniciado desde 2017, cujos preços dos alimentos tenderam a reduzir ao longo do ano.

A pesquisa também averiguou que o tomate foi o grande vilão do custo da cesta básica nos últimos meses, embora o item tenha retornado seu preço médio na última avaliação.  O feijão ajudou, em março, a reduzir os custos da cesta básica. Em ambas as situações, o aumento da oferta dos produtos fez com que ocorresse um abatimento dos preços no mercado.  De acordo, com os cálculos a nível nacional do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos DIEESE foi identificada uma redução dos 12 das 20 capitais pesquisadas.


Preço da gasolina cai em 17 estados e no Distrito Federal

por Adriana Rodrigues 27 de Março de 2018 às 14:25
categoria: Economia

 

Uma boa notícia para o bolso do motorista brasileiro: o preço médio da gasolina caiu em 17 estados e no Distrito Federal. No recorte regional, os preços caíram em quatro das cinco regiões brasileiras. Além disso, a média nacional também teve redução.

Queda em 17 estados

Os estados onde o valor médio do combustível teve queda foram: Alagoas, Amapá, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Queda da média nacional e nas regiões

Entre a semana dos dias 11 a 17 de março e a semana dos dias 18 a 24 de março, a média nacional de preço da gasolina teve queda de 0,07% e passou de R$ 4,205 para R$ 4,198 o litro. Já no recorte regional, o preço do litro no Centro-Oeste teve queda de R$ 4,285 para R$ 4,266; no Nordeste, de R$ 4,159 para R$ 4,150; no Sudeste, de R$ 4,216 para R$ 4,211; e no Sul, de R$ 4,144 para R$ 4,135. A única região brasileira com aumento médio foi a região Norte, onde o valor passou de R$ 4,289 para R$ 4,292.


Inflação de fevereiro é o menor para o mês desde 2000, mostra IBGE

por Adriana Rodrigues 9 de Março de 2018 às 16:00
categoria: Economia

A inflação de 0,32% medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em fevereiro foi a mais baixa para o mês desde o ano 2000, quando estava em 0,13%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Inflação de janeiro sobe 0,29%, revela IBGE

Como resultado, a taxa acumulada em 12 meses voltou a desacelerar, passando de 2,86% em janeiro para 2,84% em fevereiro, o patamar mais baixo desde novembro do ano passado, quando ficou em 2,80%.

A taxa em 12 meses alcançada em fevereiro foi a mais baixa para o mês em toda a série histórica do IPCA.

2017

Em fevereiro do ano passado, o IPCA tinha ficado em 0,33%.


Agência do Empreendedor de Petrolina participa de evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

por Adriana Rodrigues 8 de Março de 2018 às 12:34
categoria: Economia

Uma parceria entre a Prefeitura de Petrolina e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), pretende lembrar a importância das conquistas femininas e reconhecer o papel da mulher empreendedora como protagonista do desenvolvimento econômico brasileiro. Nesta quinta-feira (08), na Praça da Juventude, no bairro João de Deus, a partir das 8h, acontecerá a 8ª Edição do Dia da Transformação, evento social em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

 A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, através da Agência Municipal do Empreendedor (AGE), mais uma vez marca presença levando atendimento empresarial e orientações sobre as linhas de crédito da AGE para as empreendedoras formais e informais e o público em geral. Também serão oferecidos serviços gratuitos de beleza, saúde, atendimento psicossocial e jurídico, atrações culturais e sorteios de brindes.

 O diretor-presidente da AGE, Sebastião Amorim, falou da importância do evento e reforçou o convite as mulheres.  “Estamos irmanados mais uma vez neste projeto que busca informar, valorizar e elevar a autoestima das mulheres. Nesta quinta, teremos a oportunidade de orientar e desenvolver ações no sentido de possibilitar alternativas de negócios para as mulheres que pensam em empreender”, disse Sebastião.


Petrobras anuncia quedas de 0,97% no preço da gasolina e de 0 18% no diesel

por Adriana Rodrigues 2 de Março de 2018 às 12:22
categoria: Economia

A Petrobras anuncia que, com o reajuste que entrará em vigor na sábado (3) o preço médio do litro da gasolina A sem tributos nas refinarias será de R$ 1,59480, queda de 0,97% em relação à média atual, de R$ 1,6105. O valor médio nacional do litro do diesel A cairá 0,18%, para R$ 1,7463 ante o preço de R$ 1,7495 atual. 

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho de 2017. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.


De onde vem o orçamento para "o Renova Casa"? Questionam vereadores

por Adriana Rodrigues 1 de Março de 2018 às 13:53
categoria: Economia

Na tarde desta quinta-feira (01), os vereadores da Câmara de Petrolina, colocaram para apreciação o projeto de lei que autoriza o executivo criar o “Renova Casa”. O programa prevê que cerca de 500 famílias de Petrolina sejam beneficiadas, neste ano, com reforma de moradias conforme já tinha adiantado o prefeito Miguel Coelho a imprensa.

A matéria foi colocada em pauta com uma emenda aditiva da vereadora Cristina Costa (PT), pedindo que o município dê ampla publicidade da relação de contemplados no programa, enviando a Câmara Municipal de Petrolina.

Ronaldo Cancão (PTB), ressaltou a importância do projeto, e mesmo sendo alidado do governo, não se furtou de fazer duras observações a cerca da matéria, o que gerou várias especulações, na Casa. Ele surpreendeu a todos quando disse “que não ficará aprovando projeto do executivo sem saber de onde vem o orçamento’'.

A prefeitura alega, que serão utilizados recursos próprios para realização das reformas, mas, Cristina Costa (PT) e Paulo Valgueiro (MDB), argumentam que esses recursos não estão incluídos na LOA (Lei Orçamentaria Anual), PPA, (Plano Plurianual) também aprovados pela Casa.

Apesar das dúvidas e indagações, os parlamentares aprovaram o projeto acompanhado da emenda de Cristina Costa, por vinte votos a zero em primeira votação e em segunda votação por vinte e dois votos a zero.

Após a aprovação na Câmara de Vereadores, a lei será agora regulamentada e a Secretaria-Executiva de Habitação abrirá o cadastramento para as famílias interessadas.

O programa

O programa destinará até R$ 5 mil por família beneficiada. Com esse recurso, o proprietário do imóvel poderá fazer reformas nas instalações elétricas, sanitárias, hidráulicas, telhado, troca de esquadrias, pintura entre outros serviços.

O programa é exclusivo para famílias com renda de no máximo três salários-mínimos. Além disso, para receber o benefício, é preciso ser proprietário ou ter documento que comprove a posse do imóvel; e ser residente em Petrolina por cinco anos. O Renova Casa também não permite a participação de beneficiários de programas habitacionais como o Minha Casa Minha Vida.

Prioridades 

Exclusivo para a população de baixa renda, o programa Renova Casa ainda terá uma ordem de prioridade. Famílias com pessoas com deficiência física ou intelectual serão consideradas casos mais urgentes. Além desse público, terão prioridade as pessoas com microcefalia.