| Última edição: 20/01/22 - 09:19

Home Televisão BBB22 BBB22: Na piscina, Douglas Silva conversa sobre testes para “Cidade de Deus”

BBB22: Na piscina, Douglas Silva conversa sobre testes para “Cidade de Deus”

Compartilhe:

O ator contou detalhes sobre como foram os testes até a entrada ao elenco do filme

(Foto: TV Globo)

Durante um bate papo na borda da piscina do BBB22, Douglas Silva contou sobre como foi o processo até chegar ao papel de Zé Pequeno na fase infantil, também conhecido como Dadinho, em “Cidade de Deus“, filme lançado em 2002 que se tornou o único longa-metragem brasileiro a obter 4 indicações ao Oscar.

Do lado de fora da piscina, Pedro, Paulo e Luciano acompanham a conversa. (Foto: Globoplay)

Trabalhando desde os 8 anos na comunidade onde vivia, o ator contou que começou o curso de teatro num projeto social da Escola Municipal Souza Carneiro, que atendia pessoas de diferentes favelas do Rio de Janeiro. Depois de 1 ano estudando, a professora começou a procurar testes para o jovem. Foi quando surgiu a procura para atores que não fossem famosos para o filme.

“Muita gente que estava dentro do filme falava: ‘Quem são esses caras aí? Ah, acho que pegaram eles dentro da favela, treinaram eles e jogaram’. Não, eram atores que não tinham feitos peças grandes, não estavam na TV, mas vinham de projetos como o meu”, comentou Douglas.

O ator contou que a produção não pode ir na escola onde o projeto acontecia para fazer o teste, e pediu para que os interessados fossem para outro lugar, onde teria mais gente para gravar. “No dia cancelou a filmagem do teste. Ai a professora falou pra turma inteira do imprevisto, deu o endereço e tal. No final, ela me chamou e falou: ‘Douglas, não deixa de ir’ e isso ficou martelando na minha cabeça”, contou para os outros brothers.

Quando chegou em casa, o ator falou com sua mãe, que disse que não teria como o levar, por conta dos seus dois empregos. Ele, então, ainda pediu para ir junto, mas não recebeu a liberação. “Minha mãe decidiu ir comigo e como a gente não tinha telefone em casa, ela foi até a casa da minha tia pra ligar para as patroas dela para ver se conseguia liberar para ir comigo”, contou.

Luciano perguntou para o ator se ele tinha ideia, na época, do que era um teste de elenco. “Não exatamente, já tinha feito alguns, mas não tinha ideia do peso de fazer um filme”. Pedro, então, complementou: “Não só um filme, mas não imaginava que seria um filme f*da, que depois seria indicado para o Oscar e afins”.

Douglas contou que, depois de todo o esforço, conseguiu passar no teste para a oficina do filme e disputou as vagas com mais de 2.000 pessoas. No fim, ele conseguiu o papel para interpretar Zé Pequeno na sua fase como criança, também conhecido como Dadinho.

Fonte: Portal Popline