Como funciona a cobrança pelo compartilhamento de senhas na Netflix

0
327

Assinante extra terá os mesmos benefícios do titular da conta, mas recurso só funciona nos planos padrão e premium. Além disso, não é possível adicionar várias pessoas; entenda.


Entenda como funciona a cobrança pelo compartilhamento de senhas na Netflix — Foto: Patrick T. FALLON / AFP

Entenda como funciona a cobrança pelo compartilhamento de senhas na Netflix — Foto: Patrick T. FALLON / AFP

A Netflix confirmou que, a partir deste mês, passará a cobrar usuários do Brasil que compartilham suas senhas da plataforma de streaming com outras pessoas. A taxa aplicada pela empresa é de R$ 12,90 por mês.

O recurso, que tem como objetivo conter o prejuízo que a Netflix tem com essa prática, foi lançado em março de 2022 no Chile, na Costa Rica e no Peru.

Em julho do mesmo ano, a companhia expandiu a regra para Argentina, República Dominicana, Honduras, El Salvador e Guatemala. Entenda, a seguir, como vai funcionar no Brasil:

📺 Ainda posso compartilhar conta/senha?

Sim, mas a empresa afirma que o titular só pode compartilhar sua senha com as pessoas que moram na mesma residência.

Para administrar quem usa o seu login dentro da sua casa, basta definir uma “residência Netflix”. Trata-se de uma funcionalidade que reúne todos os dispositivos conectados ao Wi-Fi no local principal em que você assiste ao streaming.

“A residência Netflix pode ser definida usando uma TV. Todos os outros aparelhos que usam sua conta Netflix na mesma conexão com a internet que essa TV farão automaticamente parte da sua residência Netflix”, explica.

💸 Como é a cobrança extra no Brasil?

Usuários que assinam o plano padrão ou premium podem compartilhar suas contas com terceiros e terão que desembolsar R$ 12,90 mensais. E há algumas regras:

  • só o titular da conta pode solicitar um ponto extra para compartilhar sua senha;
  • o terceiro só pode ativar seu acesso no mesmo país em que a conta foi criada;
  • 🚨 importante: assinantes do plano básico, de R$18,90 com anúncios, não podem adicionar uma conta extra.
https://33380151235a3b94f7f190932c89501c.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-40/html/container.html

🔢 Quantos assinantes extras eu posso ter?

  • Plano padrão: 1 assinante extra;
  • Plano premium: até 2 assinantes extras.

“Não é possível adicionar assinantes extras a planos com anúncios, a pacotes de parceiros nem a contas faturadas por terceiros”, explica.

🔎 E como funciona para o assinante extra?

A plataforma explica que o assinante extra terá seu próprio perfil, conta e senha, ou seja, tudo separado da “residência Netflix” (veja na imagem abaixo)Além disso…

  • o assinante extra tem a mesma qualidade de vídeo do título;
  • ele pode baixar filmes e séries, mas só em um aparelho de cada vez;
  • poderá usar o serviço em casa e durante viagens em outros aparelhos conectados à internet;
  • o assinante extra não pode criar perfis adicionais.
https://33380151235a3b94f7f190932c89501c.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-40/html/container.html
Como vai funcionar para o assinante extra — Foto: Reprodução/Netflix

Como vai funcionar para o assinante extra — Foto: Reprodução/Netflix

⏩ E como funciona a transferência de perfil?

Se a pessoa que usa a sua senha não quiser ser um assinante extra, a Netflix explica que uma alternativa é fazer a transferência de perfil. Nas configurações, é só solicitar a migração e esse terceiro terá uma “nova conta” sem perder:

  • recomendações;
  • histórico de visualização;
  • o “Minha lista”;
  • jogos salvos;
  • e outras configurações.

“As informações de pagamento não são transferidas para a nova conta ao se transferir um perfil. A pessoa que fizer a transferência terá que adicionar uma forma de pagamento à nova conta”, explica.

😭 Por que a Netflix fez isso?

Em abril de 2022, a Netflix reportou uma perda de 200 mil assinantes entre janeiro e março daquele ano. Segundo a Bloomberg, em balanços trimestrais, foi a primeira vez que a gigante do streaming registrou resultado negativo nesse quesito desde 2011.

Na época, a Netflix destacou o aumento da competição no segmento e apontou que tem perdido oportunidades de elevar o número de pagantes por conta de senhas compartilhadas.

A empresa estima que 100 milhões de usuários desfrutam de senhas compartilhadas em todo o mundo.