Como funcionam as máquinas de oxigênio usadas por Rei Charles III e Neymar para tratar da saúde?

0
83

O monarca usa a tenda de oxigênio, enquanto o jogador utiliza a câmara hiperbárica; ambas têm diferenças e devem ser utilizadas com a presença de um profissional

Rei Charles III dorme em uma tenda de oxigênio. A informação foi revelada no livro “Minha mãe e eu” da biógrafa real Ingrid Seward, lançado no início deste ano. O monarca utiliza o equipamento como forma de amenizar os problemas de sinusite que ele enfrenta há vários anos.

“A fadiga ou o excesso de sono não são desculpas aceitáveis para faltar a um compromisso de trabalho, e ele nunca fica na cama em um domingo de manhã, mesmo que não esteja se sentindo bem”, acrescenta a biógrafa.

Usado normalmente em recém-nascidos ou bebês com problemas respiratórios ou quando se deseja aumentar a concentração de oxigênio com umidificação. O equipamento nada mais é do que uma caixa de acrílico ou de plástico com abertura para o pescoço e encaixada na cabeça do paciente, com o objetivo de aumentar a concentração de oxigênio em torno da cabeça da criança e consequentemente oferecer uma maior concentração de oxigênio inspirado. Devendo sempre permitir a saída de CO2 expirado.

Apesar de ser usado comumente em bebês e recém-nascidos, o equipamento também pode ser usado em adultos.

O produto, porém, tem algumas desvantagens, como por exemplo. O risco de infecção devido a constante umidade e condensação dos gases, principalmente quando é usado por longos períodos.

Câmara hiperbárica X tenda de oxigênio

Em meados do ano passado, o jogador de futebol brasileiro, Neymar, postou uma foto dentro de uma câmara hiperbárica para o tratamento de uma lesão.

Trata-se de um equipamento que oferece ao paciente um fluxo de 100% de oxigênio, comparado a apenas 21% quando respiramos o ar atmosférico, proporcionando diversos benefícios para a saúde. Isso faz com que o usuário da câmara consiga respirar mais oxigênio do que o normal.

A captação aumentada de oxigênio nos pulmões é transmitida para os tecidos do corpo por meio da circulação sanguínea. O aumento de oxigênio disponível otimiza o processo de produção de energia. Com mais energia o corpo se recupera e funciona melhor.

Apesar das duas técnicas utilizarem a oxigenoterapia, há algumas diferenças entre elas. Como por exemplo, enquanto a tenda de oxigênio é uma espécie de capacete, a câmara hiperbárica é um túnel onde o corpo inteiro fica dentro da máquina. O equipamento utilizado por Neymar também é contraindicado para grávidas, pessoas com glaucoma, claustrofóbicas e com problemas respiratórios, que é o caso do Rei Charles III.

Em ambos os casos é necessário a utilização do equipamento com a presença de um profissional e fazer uma avaliação médica antes de fazer o uso da técnica para saber suas verdadeiras condições e se é realmente necessário. Um médico irá avaliar a necessidade e determinará o número, a frequência e duração de cada sessão.

(O Globo)