Concurso Nacional Unificado: que documentos de identificação serão aceitos? E quais não serão?

0
96

Identidade original, passaporte e carteira de trabalho poderão ser usados para acessar o local das provas. Cópia do RG não será aceita, mesmo se estiver autenticada

Os candidatos que vão concorrer a uma vaga do Concurso Nacional Unificado (CNU) precisam estar atentos aos documentos de identificação exigidos para acesso aos locais de prova. A organização do certame definiu uma lista de documentos aceitos, “garantindo a segurança e a identificação correta dos participantes”.

Será solicitada a apresentação de um documento de identificação com foto, o qual deve ser original. Cópias ou autenticações não serão aceitas. Entre os documentos válidos estão:

  • Carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros;
  • Carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional, como Ordens e Conselhos;
  • Cartão de identidade do trabalhador;
  • Passaporte brasileiro;
  • Certificado de reservista ou dispensa de incorporação (com foto);
  • Carteiras funcionais do Ministério Público;
  • Carteiras funcionais expedidas por órgão público, que, por lei federal, tenham valor como identidade;
  • Carteira de trabalho;
  • CNH (Carteira Nacional de Habilitação), desde que seja o modelo com foto aprovado pelo artigo 159 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997
  • Documentos digitais, com foto e assinatura, como e-Título, CNH digital e RG digital, apresentados nos respectivos aplicativos oficiais.

Não serão aceitos como documentos de identificação para acesso à prova:

  • Cópia do documento de identidade, mesmo que autenticada, ou protocolo do documento de identidade;
  • Certidões de nascimento;
  • CPF (Cadastro de Pessoa Física);
  • Título do eleitor (impresso ou sem foto);
  • Carteiras de motorista no modelo sem foto;
  • Carteiras de estudante;
  • Carteiras funcionais sem valor de identidade;
  • RANI (Registro Administrativo de Nascimento Indígena);
  • Documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados.

Horários das provas do Concurso Nacional Unificado

De manhã, os portões serão abertos às 7h30 e fecharão às 8h30. A prova deverá ser feita entre 9h e 11h30.

  • Ensino Superior (blocos 1 a 7): 20 questões objetivas (múltipla escolha) sobre conhecimentos gerais e uma questão dissertativa de conhecimento específico.
  • Ensino Médio (bloco 8): 20 questões objetivas (múltipla escolha) sobre conhecimentos gerais e redação.

De tarde, os portões serão abertos às 13h e fecharão às 14h. A prova deverá ser feita entre 14h30 e 18h.

  • Ensino Superior (blocos 1 a 7): 50 questões objetivas (múltipla escolha) sobre conhecimentos específicos, sendo uma prova diferente para cada bloco temático.
  • Ensino Médio (bloco 8): 40 questões objetivas (múltipla escolha).

O que levar e o que não levar para o Concurso Nacional Unificado

Cartão de Confirmação – Se não levar impresso, o candidato deverá acessar o aplicativo no momento da identificação que acontecerá na entrada da sua sala. O aplicativo pode ser usado mesmo sem internet e é importante que já tenha sido baixado, antes de sair de casa. Não serão aceitas fotografias do documento, mesmo que estejam na galeria do telefone.

Caneta preta transparente – Não serão fornecidas canetas e não será permitido se comunicar durante as provas. Por isso, é recomendado que os candidatos levem mais de uma caneta reserva.

Acessórios – É recomendado o uso de roupas e sapatos confortáveis no dia da prova. Por outro lado, não será permitido o uso de relógio de qualquer natureza. É proibido também o uso de óculos escuros ou de quaisquer acessórios de chapelaria tais como chapéu, boné, gorro ou protetores auriculares.

Alimentação – É permitido levar alimentos e água no dia da prova. As embalagens dos alimentos devem estar lacradas e as garrafas de água precisam ser transparentes.

Eletrônicos – O candidato será eliminado se for constatado, durante as provas, o porte ou o uso de aparelhos sonoros, fonográficos, de comunicação ou de registro, eletrônicos ou não, tais como: agendas eletrônicas, gravadores, pendrive, fones de ouvido, livros, anotações, chaves com alarme, celulares ou similares.

Para ajudar, a Fundação Cesgranrio fornecerá aos candidatos envelopes porta-objetos para a guarda de materiais, bem como do telefone celular. Os envelopes deverão ser lacrados e guardados embaixo da carteira. Mas os aparelhos ainda precisarão estar desligados. Lembre-se de desativar eventuais alarmes!

Atenção!

Para reforçar a segurança do Concurso Nacional, os candidatos não poderão levar o caderno de provas, após nenhum dos turnos, para casa.

O tempo mínimo de permanência nos locais de provas em ambos os turnos é de duas horas. Caso termine antes do tempo, aproveite para revisar as questões. Se sair antes, o candidato será eliminado do concurso.

(O Globo)