De Ochoa a Santos: Corinthians recebe enxurrada de ofertas e vasculha mercado por goleiro

0
397

Foto: Divulgação/Salernitana

Clube ainda monitora as opções antes de avançar no mercado para suprir a ausência de Cássio e a iminente saída de Carlos Miguel; janela vai abrir em 10 de julho

Por Bruno Cassucci, Emilio Botta e José Edgar de Matos — São Paulo


Ochoa defendeu pênalti de Lewandowski, da Polônia, na Copa de 2022

A saída de Cássio e a iminente transferência de Carlos Miguel para o Nottingham Forrest, da Inglaterra, obrigam o Corinthians a procurar um novo goleiro. Por mais que Matheus Donelli tenha acertado renovação contratual, o clube vasculha o mercado em busca de um reforço para a posição.

Desde a ida de Cássio para o Cruzeiro e a divulgação de notícias sobre a provável saída de Carlos Miguel, o Corinthians foi procurado por diversos agentes e recebeu uma enxurrada de ofertas de goleiros do Brasil e do exterior para serem analisados.

O clube também estuda outros nomes internamente por conta própria. Ainda não há um alvo definido até por se tratar de uma posição que necessita de avaliação mais específica, como a dos preparadores de goleiros.

Santos trabalhou com António Oliveira no Athletico-PR — Foto: Matheus Sebenello/Neo Photo

Santos trabalhou com António Oliveira no Athletico-PR — Foto: Matheus Sebenello/Neo Photo

A ideia é buscar um nome que chegue com capacidade e estofo para ser titular. Neste sentido, atletas mais experientes têm sido analisados, como o goleiro Santos, medalhista de ouro olímpico em Tóquio-2020.

Aos 34 anos, o ex-jogador do Flamengo, atualmente reserva no Fortaleza, trabalhou com António Oliveira no Athletico-PR em 2021 e é bem avaliado pelo português e sua comissão técnica.

O futuro de Carlos Miguel deve ser longe do Timão? GE Corinthians esclarece a situação

O veterano tem contrato até o fim de 2026, mas o fato de não estar jogando pode facilitar a liberação.

Ainda no grupo dos mais experientes, foi oferecido ao Corinthians o mexicano Guillermo Ochoa, de 38 anos e com cinco Copas do Mundo no currículo. O vínculo dele com a Salernitana, da Itália, acaba no fim deste mês e ele já pode assinar um pré-contrato com outro clube.

Ochoa disputou cinco Copas do Mundo com o México — Foto: Pilar Olivares/Reuters

Ochoa disputou cinco Copas do Mundo com o México — Foto: Pilar Olivares/Reuters

Outro estrangeiro sugerido ao Timão foi o argentino Esteban Andrada, de 33 anos e titular do Monterrey, do México.

O Corinthians também observa nomes mais jovens para a posição. Adriel, goleiro do Bahia de 23 anos, também foi oferecido ao clube. Na temporada, atuou em nove partidas pelo Baiano.

Outro a entrar na pauta foi Hugo Souza. Aos 25 anos, mesma idade de Carlos Miguel, o ex-atleta do Flamengo atuou como titular durante grande parte da temporada do Chaves, em Portugal.

Hugo Souza trabalhou com o diretor executivo do Corinthians, Fabinho Soldado, no rubro-negro carioca.

Ainda não há avanço considerável sobre a opção para o gol corintiano. Vale lembrar que o Corinthians só poderá contratar um goleiro após 10 de julho, quando abre a janela de transferências do Brasil.

Carlos Miguel está em Goiânia e pode atuar nos dois próximos jogos (Atlético-GO e São Paulo), o que daria mais tempo para a diretoria corintiana definir o alvo para o mercado.

Além de Carlos Miguel, António Oliveira conta com Matheus Donelli, que prorrogou contrato até o meio de 2028, e Felipe Longo, atleta da seleção sub-20 e presente com a delegação em Goiânia para o duelo desta terça, às 19h (de Brasília), contra o Atlético-GO.

(GE)