Deusa da Saúde: cabeça de estátua mitológica com mais de 2 mil anos é encontrada na Turquia

0
72

 Foto: Celal Şimşek

Um grupo de pesquisadores do Comitê de Arqueologia e Escavação de Loadikya da Universidade Pamukkale desenterrou a cabeça de uma estátua gigante de Hígia, conhecida como a Deusa da Saúde e da Limpeza na mitologia grega, na Cidade Antiga de Loadikya, em Denizli. A peça é datada de cerca de 2.100 anos atrás e, segundo o jornal turco Milliyet, a descoberta foi revelada ao público nesta sexta-feira nas redes sociais do líder da escavação, Celal Şimşek.

“O encontro do sol e nós com Hígia após 2.100 anos em Laodicéia”, escreveu o professor Celal Şimşek em um post no Facebook.

Frequentemente retratada em esculturas e relevos como uma jovem portando uma cobra em uma mão, e um recipiente em outra, Hygieia, ou Hígia, na mitologia grega e romana, era filha de Asclépio, o Deus da Medicina, com Epione, Deusa associada ao alívio da dor.

Deusa da Saúde: Cabeça de estátua mitológica com mais de 2 mil anos é encontrada na Turquia — Foto: Reprodução
Deusa da Saúde: Cabeça de estátua mitológica com mais de 2 mil anos é encontrada na Turquia — Foto: Reprodução

Algumas linhas de pesquisa afirmam que o nome Hígia influenciou, inclusive, a linguagem moderna, particularmente no campo da saúde. Termos como “higiene” e “higienista” poderiam derivar diretamente de seu nome.

Deusa da Saúde: Cabeça de estátua mitológica com mais de 2 mil anos é encontrada na Turquia — Foto: Celal Şimşek
Deusa da Saúde: Cabeça de estátua mitológica com mais de 2 mil anos é encontrada na Turquia — Foto: Celal Şimşek

(O Globo)