Doença de Crohn: conheça os sintomas da condição que levou à internação de Evaristo Costa

0
180

Jornalista precisou receber atendimento médico após apresentar fortes dores abdominais, diarreia, febre e perda de peso devido à síndrome gastrointestinal crônica

Por Thalis Araújo com Agência O Globo17/01/24 às 13H14 atualizado em 17/01/24 às 16H19Evaristo Costa – Foto: Reprodução CNN

Após ser internado numa UTI de um hospital do Reino Unido, o jornalista Evaristo Costa recebeu alta médica na manhã desta quarta-feira (17). Ele publicou nas redes sociais que não conseguiu se livrar da infecção, mas que ela foi controlada, de acordo com os últimos exames. Evaristo seguirá ingerindo antibióticos via oral, de casa.

A post shared by Evaristo Costa (@evaristocostaoficial) A doença de Crohn é uma síndrome gastrointestinal crônica que, em geral, atinge o intestino delgado e o cólon, mas pode afetar outras partes do trato gastrointestinal. Considerada grave e fator de risco para o câncer de intestino, ela não manifesta uma razão específica para o desenvolvimento de seu quadro.

Essa doença pode acometer pessoas de qualquer idade, mas tem maior incidência no período entre os 20 e os 30 anos.

Quais os sintomas da doença de Crohn?
Os sintomas da doença de Crohn são parecidos com o de condições que afetam o trato gastrointestinal. Por isso, é necessário procurar um médico, que realizará os exames necessários para formar o diagnóstico. Os principais sintomas são:

  • Diarreia crônica;
  • Dor abdominal;
  • Perda de peso;
  • Febre;
  • Sangramento retal;
  • Fístulas (pequenos canais que conectam indevidamente partes do intestino).

Além disso, em alguns casos, a doença de Crohn pode apresentar sintomas que não estão ligados ao trato gastrointestinal, como:

  • Artrite;
  • Aftas;
  • Olhos inflamados, vermelhos, feridos e sensíveis à luz;
  • Desenvolvolvimento de erupções cutâneas ou doenças fúngicas dolorosas e avermelhadas nas pernas.

A doença de Crohn não tem cura definitiva. O tratamento tem como objetivo conter a inflamação, devido ao risco de desenvolvimento de condições gastrointestinais mais graves.