Família inicia em Petrolina campanha para trazer corpo de estudante morta na Bolívia

0
817

 

Foto: Leonardo Monteiro/arquivo pessoal

A família da estudante Camila Monteiro, que faleceu no último domingo (14) em Cochabamba, na Bolívia, após tropeçar e cair, batendo violentamente o rosto na calçada, iniciou uma campanha virtual para arrecadar fundos com o intuito de trasladar o corpo para Petrolina.

Desde o dia da fatalidade, o corpo de Camila encontra-se na cidade boliviana porque é necessário cumprir todos os trâmites oficiais para ser transferido. Por esta razão, os familiares da estudante iniciaram a campanha, já que não dispõem dos recursos necessários neste momento.

Quem quiser ajudar, pode fazer uma doação de qualquer valor para a chave Pix (CPF) 052.096.344-00 em nome de Leonardo de Sá Monteiro (irmão de Camila).

(Carlos Britto)