Jogador parabeniza goleiro por defesa, toca com a mão na bola e origina pênalti bizarro na Copa do Nordeste

0
68

Yann Baldez, do Maranhão, vibrou com defesa de Moisés e bateu na bola com a mão. Árbitro Bruno Nogueira Prado não titubeou para marcar a penalidade para o ABC no fim do jogo


O Maranhão vencia o ABC por 2 a 1 até que, aos 49 minutos do segundo tempo, o árbitro Bruno Nogueira Prado assinalou pênalti a favor do Alvinegro. Na jogada, Walfrido, do ABC, foi travado por Anderson Cearense em finalização defendida pelo goleiro Moisés, mas não houve o choque para que a infração fosse marcada.

Após o término da partida, vídeos compartilhados nas redes sociais mostram a origem da marcação do pênalti: o lateral Yann Baldez, do Maranhão, tocou com a mão na bola ao parabenizar o goleiro Moisés que estava chão, abraçando a bola (veja abaixo).

No vídeo publicado pelo perfil Tube Alvinegro, ainda é possível ver a reação de espanto do goleiro Moisés após o tapa na bola dado por Yann. Foi nesse momento que o pênalti foi assinalado, gerando também a reação da torcida do ABC, que ficou sem entender inicialmente o que havia acontecido em campo.

Em outra imagem da transmissão do canal Nosso Futebol é possível ver o árbitro apontando para Yann para explicar a infração.

Yann toca na bola ao parabenizar Moisés e gera pênalti para o ABC — Foto: Reprodução/Tube Alvinegro

Envolvido na jogada, Walfrido ainda comentou ao sair do campo:

– No lance, o cara foi agradecer ao goleiro e pegou com a mão na bola, e o juiz marcou – disse à 96 FM.

Na cobrança do pênalti, Moisés ainda defendeu o chute de Parraguez, mas o atacante chileno marcou no rebote e empatou o jogo em 2 a 2.

(GE)