Navio é abandonado com 16 mil animais a bordo na Austrália após ameaças de ataque

0
152


Foto: Reuters/ABC
Um navio que transportava 16 mil animais da Austrália para Israel foi abandonado próximo à costa australiana após ameaça de ataques de uma milícia. O caso provocou protestos de ativistas pela defesa da vida animal, que exigem que os animais sejam desembarcados devido ao forte calor na região. 

O cargueiro MV Bahijah deixou o porto de Freemantle no dia 5 de janeiro em direção ao Oriente Médio, em uma viagem pelo Mar Vermelho. No entanto, a escalada da violência na rota marítima fez com que o navio fosse desviado e abandonado próximo ao porto australiano de Kwinana.

Os animais, 14 mil ovelhas e 2 mil bovinos, agora vivem um impasse enquanto as autoridades locais decidem o destino da embarcação. Caso sejam desembarcados na Austrália, os animais deverão ser submetidos a quarentena de 40 dias, de acordo com as regras de biossegurança do país. 

O governo também avalia a possibilidade do navio retomar a viagem à Israel contornando a costa da África, em um trajeto de um mês de duração, evitando o Mar Vermelho, informou a Reuters.

Em comunicado, o Departamento de Agricultura, Pesca e Florestas da Austrália informou que um veterinário contratado pelo exportador está embarcado no navio e monitora o bem-estar dos animais. “Todos os relatórios até o momento indicam não haver sinais de quaisquer problemas significativos de saúde ou bem-estar com o gado a bordo”, afirmou um porta-voz.

(Terra)