Odiou? Paris Hilton opina sobre livro de Britney Spears

0
387

Paris Hilton e Britney Spears

Paris Hilton e Britney Spears / Reprodução / Instagram /@parishilton

Paris Hilton ainda não leu o novo livro de memórias da amiga Britney Spears, “The Woman in Me”, que chegará às lojas dia 24 de outubro, mas a empresária está confiante que o livro seja uma ferramenta importante para a cantora seguir adiante, depois de libertar-se de uma tutela de 13 anos.

Em entrevista à revista “People”, Paris confessou que está “orgulhosa” de Britney, por escrever sua biografia:

“Eu sei o quão difícil pode ser escrever um livro de memórias porque você realmente tem que mergulhar e pensar em tantos momentos da sua vida nos quais tenho certeza que você nem quer pensar”, comentou Hilton.

Paris Hilton afirmou que escrever “Paris: The Memoir” foi muito libertador para ela, em muitos sentidos, e por isso acredita que Spears poderia sentir a mesma coisa.

“É realmente uma experiência de cura… escrever meu livro mudou minha vida de muitas maneiras. Então, realmente espero que ela sinta o mesmo com isso, de como ela é uma mulher forte”, afirmou a DJ.

“The Woman in Me” traça a vida e a carreira de Britney, incluindo seus 13 anos de tutela, e leva esse título, inspirado em seu hit de 2001 “I’m Not a Girl, Not Yet a Woman”.

Audiolivro

Britney disse recentemente a seus seguidores no Instagram: “Ok, pessoal, meu livro será lançado muito, muito em breve. Eu trabalhei duro nesse livro, fiz muita terapia para terminar este livro, então é melhor vocês gostarem. E se você não gostar, tudo bem também.”

Foi anunciado recentemente que a atriz Michelle Williams narrará a versão em audiolivro do livro de memórias, e Britney só vai narrar a introdução.

A cantora de 41 anos disse: “Este livro foi um trabalho de amor e de todas as emoções que o acompanham. Reviver tudo foi excitante, comovente e emocionante, para dizer o mínimo. Por essas razões, eu lerei apenas uma pequena parte do meu audiolivro. Estou muito grata à incrível Michelle Williams por ler o resto.”

A Mulher em Mim

O novo livro de memórias de Britney Spears, “The Woman in Me”, será lançado em 24 de outubro, e segundo uma fonte próxima da família, o pai da cantora, Jamie Spears, não está nem um pouco preocupado com o conteúdo da publicação, e muito menos tem interesse em ler, já que sabe exatamente o que ela tem a dizer, depois de criticá-lo tanto no tribunal como nas redes sociais.

Britney chegou a dizer que gostaria que o pai passasse o resto de sua vida na prisão.

Enquanto alguns familiares de Britney, como seu irmão Bryan Spears, já externou que se não fosse seu pai e a tutela, hoje a cantora não estaria aqui, porém também tem quem esteja do lado da intérprete, assegurando que a tutela foi abusiva.

Atualmente, Jamie Spears está enfrentando sérios problemas de saúde, e tudo o que ele não quer é se chatear com as coisas que a cantora tem a dizer no livro que chegará às lojas dia 24 de outubro.

O empresário, que lidou com o alcoolismo quando Britney era pequena, já assumiu que foi um pai ausente enquanto ela e o irmão estavam crescendo, porém, foi Jamie quem se mudou para Los Angeles para ajudá-la e permaneceu por 13 anos como seu conservador.

(O Fuxico)