Patrícia Ramos fala pela primeira vez após agressão do ex-marido

0
902

Patrícia Ramos – Reprodução/Globo

Patrícia Ramos esteve presente no Encontro desta sexta-feira (10), onde falou, pela primeira vez publicamente, sobre o caso em que foi agredida pelo ex-marido, o empresário Diogo Vitório.

“Desde o namoro, eu já vivia um relacionamento extremamente abusivo. Eu já sabia que estava nessa situação, mas eu acreditava muito nessa mudança. Fui deixando o tempo passar e casei acreditando nessas promessas de mudanças”.

Vale lembrar que, no dia 31 de outubro, Patrícia Ramos apresentou uma notícia crime contra seu ex-marido, onde dizia ter sido vítima de “estelionato sentimental, violência doméstica nas formas física, moral, psicológica e patrimonial, estelionato com falsidade ideológica, furto mediante fraude e perseguição”.

Na época, Patrícia contou que já queria denunciá-lo no início dos crimes, mas foi desencorajada por um amigo.

“Eu procurei um amigo e ele me desencorajou a fazer a denúncia. Ele dizia que ia passar, que era um momento de raiva, que ele ia mudar. E acabou que isso não aconteceu, infelizmente”, disse.

A apresentadora contou que o relacionamento chegou ao fim definitivamente no começo de 2022, quando foi agredida mais uma vez.

“Desde o ano passado, depois da minha festa de aniversário, a gente teve uma briga e ele me agrediu de novo. Ali eu decidi. Eu ainda não tinha coragem de pegar as minhas coisas e ir embora, mas eu já tinha no meu coração que tinha acabado”, contou Patrícia.

Porém, após o fim do relacionamento, Patrícia queria assinar o divórcio, mas o ex-marido dificultou e acabou fazendo uma “chantagem financeira”.

“Ele não queria assinar o papel, a separação. Ele ficava me perseguindo, me rondando. Até que ele começou a pedir dinheiro para assinar o divórcio. Foi uma chantagem financeira. Ele abriu uma conta no meu nome sem eu saber. Ele ficava com meu dinheiro. E quando eu descobri isso foi um dos motivos que fizeram eu ter força para denunciar”, contou.

Até o momento, Diogo Vitório não se pronunciou sobre as falas de Patrícia no Encontro, mas, assim que Patrícia Ramos contou sobre a denúncia, ele se pronunciou.

“Diante das recentes denúncias veiculadas na mídia, a assessoria jurídica do empresário Diogo Vitório informa que todos os detalhes serão esclarecidos em tempo oportuno. Desde já, no entanto, reitera que está à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos. Por fim, seguimos confiando na justiça e temos a certeza que a verdade logo aparecerá”, disse o comunicado.

Veja o comunicado dos advogados de Patrícia Ramos!

A informação foi confirmada em um comunicado à imprensa. Leia abaixo:

“O escritório Souza e Rangel, representante de Patrícia Ramos neste processo, informa que na data de ontem (30) foi apresentada notícia crime em desfavor de seu ex-cônjuge, pelos crimes de estelionato sentimental, violência doméstica nas formas física, moral, psicológica e patrimonial, estelionato com falsidade ideológica, furto mediante fraude e perseguição (stalking). Foi requerido pelos advogados, mediante provas apresentadas e risco eminente, o pedido de medida protetiva, apreciado e deferido no plantão judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Também expedido imediatamente um ofício que intima o ex-cônjuge desta decisão, a fim de que não se aproxime de Patrícia Ramos e seus familiares, bem como faça contato por qualquer outro meio de comunicação.”

Comunicado
Reprodução

(O Fuxico)